Estados Unidos podem tornar-se o epicentro da pandemia, avisa OMS

Os Estados Unidos correm o risco de se tornarem o epicentro da pandemia da covid-19, devido ao rápido aumento do número de infetados naquele país, particularmente na cidade de Nova Iorque, alertou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Estamos a assistir a uma disseminação muito rápida de casos nos EUA”, disse hoje Margaret Harris, porta-voz da OMS, numa conferência de Imprensa, em Genebra, no mesmo dia em que as autoridades norte-americanas revelaram que Nova Iorque está a ver o número de casos confirmados duplicar a cada três dias.

O mais recente balanço sobre a situação nos EUA, divulgado na madrugada de hoje pela OMS, mostra que o número de pessoas infetadas e de morte com a covid-19 duplicou nas últimas 24 horas, elevando o número total para 31.573 casos positivos e 402 vítimas mortais.

A aceleração de casos nos Estados Unidos pode ser explicada por uma melhor triagem (que demorou a ser feita) e pela elevada taxa de transmissões, antes da implementação das medidas de contenção agora em vigor.

“O contágio de cada indivíduo a duas ou três pessoas, demora entre três e cinco dias. O que estamos a observar agora foi o que sucedeu há três, quatro ou cinco dias, em vários países”, disse Margaret Harris, para explicar a tendência de crescimento dos mais recentes números.

“Nos Estados Unidos, há uma semana, havia muitas transmissões”, afirmou a porta-voz da OMS, dizendo ser expectável que o número de infetados naquele país continue a crescer nos próximos dias, tornando-o o epicentro da pandemia.

Na Itália, o país mais afetado a seguir à China, as autoridades já estão a registar um declínio nos números de casos de infeção diária com covid-19.

Nos Estados Unidos o estado de Nova Iorque é o mais afetado, com o número de casos a duplicar a cada três dias, informou hoje o governador, Andrew Cuomo. Este estado tem já mais de 25 mil casos confirmados, quase 10 vezes mais do que o número de casos na Califórnia, o segundo estado mais atingido pela pandemia, nos EUA.

Com uma taxa tão elevada de infeção, a pandemia pode atingir o seu nível mais alto dentro de 14 a 21 dias, mais cedo do que era esperado, tornando o combate à doença por parte dos serviços de saúde ainda mais difícil.

O governo estadual já pediu ao Governo federal um reforço de ventiladores (neste momento possuem apenas 10.000 unidades), para equipar os hospitais deste estado onde vivem quase 20 milhões de pessoas.

O estado da Florida viu o número de mortes com covid-19 aumentar para 18 e o número de infetados subir para quase mil, levando o governador, Ron DeSantis, a pedir ao Presidente Donald Trump para declarar estado de “grande desastre”.

O governador pede ao Governo federal reforço de equipamento médico, bem como fundos adicionais para ajudar a combater o desemprego, na iminência de uma profunda crise económica, alegando que os cerca de 200 milhões de euros alocados no plano de emergência não serão suficientes.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 386 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 17.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Como é que isso poderá ser possível? Com tanto material bélico que têm, não conseguem eliminar um ser que de tão pequenino até é invisível?

RESPONDER

Morreu Maria João Abreu. Atriz tinha 57 anos

Maria João Abreu morreu esta quinta-feira, após ter sofrido dois aneurismas. A atriz tinha apenas 57 anos. Maria João Abreu estava internada no Hospital Garcia de Orta, em Almada. A atriz, de 57 anos, foi submetida …

Um óbito e 436 novos casos registados nas últimas 24 horas

Esta quinta-feira, Portugal regista mais um óbito e 436 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

O "palheiro" de Vieira é agora um jardim (foi comprado pela Câmara de Vila Franca de Xira)

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, já não é dono do "palheiro" que foi entregue como aval pessoal no âmbito de empréstimos concedidos pelo Novo Banco. O dirigente vendeu o imóvel à Câmara de Vila …

Fim das moratórias. Banco de Fomento está a trabalhar com outros bancos

O Banco Português de Fomento está a trabalhar com vários stakeholders, nomeadamente os bancos, para ter o fim das moratórias em conta com a perspetiva para este e o próximo ano. Nos próximos tempos, o Banco …

Pessoas com 55 anos ou mais já podem agendar a vacina contra a covid-19

Depois dos maiores de 60 anos, chegou a vez da inscrição dos utentes com 55 anos ou mais. Estes cidadãos já podem agendar a toma da vacina contra a covid-19. O auto-agendamento para a vacina contra …

Primeiro-ministro israelita garante que o país usará "força crescente" contra Hamas

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, avisou na quarta-feira que Israel vai continuar a intensificar a força dos ataques retaliatórios contra as milícias palestinianas em Gaza e que vai visar vários comandantes da liderança militar do …

Melhorias nos edifícios e uma nova plataforma. PRR tem 45 milhões para ajudar pessoas com deficiência

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) tem 45 milhões de euros para acelerar as acessibilidades físicas para pessoas com deficiência ou incapacidades. Na terceira componente do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) disponibilizado pelo Governo, …

Siza Vieira diz que Governo está “disponível para colocar recursos públicos” na transição digital

Pedro Siza Vieira revelou estar "inteiramente disponível para colocar recursos públicos" ao serviço da transição digital e assegurou que o país "está preparado" para aproveitar fundos da UE. O ministro da Economia e da Transição Digital …

Partido de Macron impede candidata de concorrer a eleição por usar hijab

O partido do presidente francês Emmanuel Macron impediu uma mulher muçulmana de concorrer como candidata às eleições locais porque tirou uma fotografia para um panfleto de campanha usando um hijab na cabeça. Sara Zemmahi ficou famosa …

Coroa de D. Maria II arrematada por 1,3 milhões. Não vem para Portugal por falta de dinheiro

A tiara de diamantes e safiras da década de 1840, que pertenceu à rainha D. Maria II e suscitou interesse da direção do Palácio Nacional da Ajuda, foi arrematada em leilão da Christie’s por 1 …