EUA e China ratificam acordo de Paris para conter alterações climáticas

Wang Zhao / EPA

O presidente norte-americano Barack Obama cumprimenta o homólogo chinês Xi Jinping

O presidente norte-americano Barack Obama cumprimenta o homólogo chinês Xi Jinping

Os Estados Unidos e a China anunciaram este sábado a ratificação conjunta do acordo sobre o clima alcançado na cimeira de Paris (COP21) em dezembro.

A Assembleia Nacional Popular, o parlamento chinês, ratificou hoje o acordo alcançado na cimeira do clima de Paris do ano passado, um importante passo para que o pacto possa entrar em vigor.

Os deputados votaram a favor de adotar “a proposta de rever e ratificar o Acordo de Paris”, no final da sessão bimestral da Assembleia Nacional Popular, informou a agência oficial Xinhua.

O presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou que o tratado poderá ser visto pelas gerações futuras como “o momento em que finalmente decidimos salvar o planeta”. “Em última análise, vai marcar um ponto de viragem para o nosso planeta”, afirmou Obama, depois de ter sido anunciada a ratificação conjunta do tratado pelos Estados Unidos e pela China.

O Acordo de Paris é o primeiro pacto universal para combater as alterações climáticas e só entra em vigor após ser ratificado por pelo menos 55 países que somem no total 55% das emissões globais.

A ratificação do acordo por parte do Parlamento chinês era fundamental para conseguir esse objetivo, já que a China e os Estados Unidos são os dois países mais poluentes do mundo, somando cerca de 38% das emissões globais.

Destinado a substituir em 2020 o Protocolo de Quioto, o Acordo de Paris tem como objetivo manter o aumento da temperatura média mundial abaixo de 2 graus centígrados em relação aos níveis pré-industriais.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais folhas de papel assinadas para limpar o traseiro.
    Que bom seria se a preocupação fosse mesmo genuína. Enquanto os “mercados”, de gente rica e sem rosto, falarem mais alto, a questão do ambiente será sempre desvalorizada, por mais acordos que assinem. Só vão parar quando derem cabo do planeta.
    É curioso como, os presidentes das grandes potencias, só ligam a esta questão do ambiente quando estão de saída. É o “show off” para ficarem bem na fotografia pois, até ali, tiveram que “obedecer” a esta gentinha rica e de mau carácter que só pensa em dinheiro. Quando a bronca estalar, a culpa será de quem? Dos pobres claro está.

RESPONDER

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …