EUA anunciam ajuda de 16 mil milhões de dólares a agricultores prejudicados pela disputa comercial com a China

Michael Reynolds / EPA

A administração Trump disponibilizará 16 mil milhões de dólares (cerca de 14 mil milhões de euros) para manter os agricultores à tona durante a guerra comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China, anunciou na quinta-feira o secretário da Agricultura, Sonny Perdue.

A maior parte dessa ajuda, aproximadamente 14,5 mil milhões de dólares (aproximadamente 13 mil milhões de euros) irá diretamente para os agricultores, disse Sonny Perdue, citado pela NPR.

“Embora os próprios agricultores digam que preferem o comércio à ajuda, sem o comércio, precisarão de algum apoio”, afirmou, atribuindo a responsabilidade pelas perdas económicas aos fazendeiros na China, ao invés de atribuir às táticas comerciais “de linha dura” da própria administração Trump.

“Francamente, tudo isso teria sido irrelevante se a China tivesse atuado de maneira apropriada e justa em muitas das áreas em relação ao roubo de propriedade intelectual e às barreiras não-tarifárias que colocaram por muitos anos”, referiu.

Enquanto a ajuda vem de um fundo conhecido como Commodity Credit Corporation (CCC) – uma entidade federal fundada durante a Depressão, dedicada à estabilização da receita e dos preços agrícolas -, funcionários do governo Trump, incluindo Sonny Perdue, acreditam que a China pagará por esta ajuda ao setor agrícola.

“O presidente [Donald Trump] acredita que a receita tarifária será usada para apoiar este programa, que voltará e reabastecerá o CCC, como faz todos os anos”, acrescentou o secretário de Agricultura.

O plano também inclui esforços para vender produtos americanos em mais mercados fora da China. As autoridades indicaram que cerca de 100 milhões de dólares (cerca de 90 milhões de euros) serão direcionados para a diversificação do mercado.

A agricultura tem sido um dos setores mais atingidos pelo conflito comercial entre os EUA e a China. O anúncio de um novo alívio para os agricultores vem com o aumento dos receios sobre uma crise económica na área agrícola.

De acordo com Escritório Nacional de Pesquisa Económica, a linha dura de Trump no comércio com a China reduziu a receita dos EUA a uma taxa de cerca de 1,4 mil milhões de dólares (1,25 mil milhões de euros) por mês. Análises do Nova York Fed estimam que as novas tarifas custarão às famílias de classe média 831 dólares (745 euros) por ano.

No ano passado, o governo Trump forneceu 12 mil milhões de dólares (cerca de 11 mil milhões de euros) em ajuda aos agricultores para tentar compensar as suas perdas com a guerra comercial.

Os problemas económicos tiveram efeitos multiplicadores nos últimos meses. Alguns agricultores estão a lutar com as dívidas, fazendo com que os pedidos de insolvência aumentem drasticamente. Um outro golpe para o setor agrícola surgiu com os desastres naturais, que mataram o gado e destruíram colheitas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Muro, fake news e Obamacare. Trump anuncia oficialmente a recandidatura à Casa Branca

O Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a sua recandidatura à Casa Branca, num comício em Orlando, Flórida, e voltou a acusar os jornalistas de serem "fake news" e disse que o país tem a …

Platini saiu em liberdade depois de muitas horas de interrogatório

O antigo presidente da UEFA Michel Platini saiu esta quarta-feira em liberdade, depois de várias horas a ser ouvido, no âmbito da atribuição da organização do Mundial de futebol de 2022 ao Qatar. ”A custódia é …

Descoberta bactéria que pode ajudar a criar uma vacina para o stress. Estava escondida na terra

Cientistas isolaram um padrão molecular único que pode, um dia, permitir a criação de uma vacina para o stress. Este padrão estava escondida dentro de uma bactéria que vive na terra. O Mycobacterium vaccae é uma …

Cientistas descobrem uma família de partículas imortais

Desafiando as leis que regem o universo da Física, uma equipa de cientistas acaba de descobrir uma família de partículas (quasipartículas) que, em sistemas quânticos, é capaz de se desintegrar e voltar a renascer numa …

A Via Láctea pode já ter colidido com outra galáxia

Astrónomos predizem que a Via Láctea está em rota de colisão com a Andrómeda e teremos apenas uns milhares de milhões de anos para nos prepararmos para esse impacto. Por outro lado, a nossa galáxia pode …

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …