/

Estudantes só pagam 8,5 euros para entrar na Web Summit

1

Miguel A. Lopes / Lusa

Abertura da Web Summit, em Lisboa

Bilhetes para a Web Summit ultrapassam os mil euros para o público geral, mas a organização da cimeira vai disponibilizar seis mil bilhetes para estudantes a preço reduzido.

A organização da conferência global de tecnologia Web Summit anunciou esta quinta-feira que vai disponibilizar seis mil bilhetes de um dia de acesso ao evento para estudantes dos 17 aos 26 anos ao preço reduzido de 8,5 euros.

O evento, que decorrerá entre os dias 4 e 7 de novembro, apresenta como novidade para este ano a tradução em tempo real na ‘app’ das conferências, de inglês para português no palco central.

O Web Summit disponibiliza desde 2016 bilhetes a preço reduzido para estudantes que queiram assistir às conferências ao abrigo do programa Inspire, tendo já recebido 120 mil candidaturas.

Para conseguirem os bilhetes, os estudantes têm de se candidatar no site do Inspire e escolher logo qual o dia em que querem estar presentes.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave e os cofundadores Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, vai manter-se em Lisboa até 2028, depois de, em novembro do ano passado, ter ficado decidida a permanência da conferência em Portugal por mais 10 anos, após uma candidatura com sucesso da cidade de Lisboa.

  // Lusa

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE