Criminoso vivia secretamente no armário de uma estudante

(h) Guilford County Sheriff

Andrew Swofford, foragido que se encontrava escondido no armário da estudante universitária americana Maddie

Uma estudante da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos (EUA), descobriu que um foragido da polícia, de 30 anos, estava a morar no armário do seu apartamento, depois de terem desaparecido objetos do seu quarto.

A estudante, identificada como Maddie, estava preocupada com a frequência com que ouvia ruídos estranhos no seu apartamento e com o desaparecimento, sem explicação, de algumas das suas camisas. O que não sabia é que o suposto “fantasma” era um homem de 30 anos, com registro criminal, que vivia no seu armário.

Quando voltava para o seu apartamento, localizado ao lado do ‘campus’ da universidade, ouvia frequentemente barulhos estranhos, sobre os quais a própria e as amigas faziam piadas, dizendo que os mesmos eram causados por fantasmas.

No entanto, na noite de 2 de fevereiro, Maddie ouviu o familiar barulho vindo do seu armário. A pensar que era um guaxinim, fechou a porta do armário e perguntou: “quem está aí?” Para seu espanto, alguém realmente respondeu, identificando-se como Drew.

Para seu espanto, ao abriu o armário, a estudante viu o homem, que vestia as suas roupas. O indivíduo tinha também uma mochila com objetos pessoais de Maddie.

Felizmente, o “fantasma” não foi violento nem agressivo com a estudante, que ligou imediatamente para o seu namorado, enquanto mantinha uma conversa com o estranho, para distraí-lo de um possível confronto.

“Ele experimentou o meu chapéu, foi à casa-de-banho e olhou-se ao espelho. Depois olhou para mim e disse: “és bonita, posso te dar um abraço?”. Mas nunca me tocou”, relatou, contando que, quando o namorado chegou, o homem fugiu. Porém, não passou muito tempo até ser capturado pela polícia, num posto de abastecimento local.

Identificado como Andrew Swofford, o homem era acusado de 14 acusações criminais, incluindo roubo de identidade, falta de comparência em tribunal, violação e entrada em residências, resistência às forças policiais e roubo. Além disso, já tinha sido detido no condado de Guilford, com uma fiança de 26 mil dólares (cerca de 23 mil euros).

O estranho incidente deixou Maddie e as suas colegas de quarto preocupadas com segurança dos alojamentos, principalmente porque esta não foi a primeira vez que desconhecidos entraram nos apartamentos dos estudantes.

Em dezembro, ao chegar à sua residência, Madie encontrou dois homens na sua sala de estar. O escritório responsável pelos apartamentos não apresentou uma queixa formal à polícia, embora tenha trocado as fechaduras das portas assim que os indivíduos abandonaram o local.

“Não me senti segura. Dormi com uma colega na sua cama”, contou a estudante. “Não consigo mais estar no apartamento. O armário cheira muito mal. Sempre que entro no meu quarto tenho uma sensação ruim. Estou pronta para sair”, frisou.

TP, ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Conservadores vencem com maioria absoluta. Boris promete Brexit a 31 de janeiro

O Partido Conservador garantiu, esta quinta-feira, a maioria absoluta e venceu oficialmente as eleições legislativas, apesar de a contagem dos votos continuar em curso. Para obter uma maioria absoluta, um partido precisa de vencer em 326 …

Estado é um dos clientes que podem ter de pagar para ter dinheiro nos bancos

Os bancos que não podem cobrar pelos depósitos de multinacionais ou empresas públicas, mas podem aplicar comissões apenas a instituições financeiras, como bancos ou seguradoras. Porém, de acordo com o jornal Público, há entidades do Estado …

Esgotaram as vacinas contra a gripe. Governo acusado de "esquecer" idosos

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) admitiu esta sexta-feira que houve uma rutura de stock da primeira tranche de vacinas contra a gripe. Em resposta a questões da Lusa na …

Vénus paleolítica com mais de 20.000 anos descoberta no norte de França

Uma Vénus do Paleolítico esculpida há 23 mil anos foi encontrada no campo arqueológico de Renancourt, perto de Amiens, no norte de França. A descoberta remonta a julho passado e foi agora anunciada em comunicado pelo …

Chumbados projetos de lei para proteger vítimas de violência doméstica

Reconhecimento das crianças em contexto de violência doméstica, declarações para memória futura das vítimas e criação de subsídio para quem é obrigado a abandonar o lar foram os temas em discussão. Os projetos de lei do …

Ferro repreende Ventura no Parlamento. Deputado pede audiência urgente a Marcelo

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, fez esta quinta-feira uma advertência ao deputado do Chega por utilizar com “demasiada facilidade” as palavras “vergonha” e “vergonhoso” nas suas intervenções no parlamento. André Ventura intervinha no …

Consumo moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro

Um novo estudo sugere que até mesmo o consumo leve ou moderado de álcool pode estar associado a um maior risco de cancro. No entanto, as conclusões não são consensuais na comunidade científica. Nem só o …

Fim da guerra comercial à vista. Estados Unidos e China chegam a acordo

Falta apenas a assinatura do presidente dos Estados Unidos para que o entendimento possa pôr um ponto final na guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. De acordo com a Bloomberg, os negociadores …

Recuperados seis dos oito corpos das vítimas de erupção de vulcão na Nova Zelândia

Uma equipa militar neozelandesa recuperou esta sexta-feira seis dos oito corpos dos turistas que permaneciam desaparecidos após a erupção, na segunda-feira, do vulcão Whakaari, numa ilha desabitada da Nova Zelândia. A operação, que envolveu oito membros …

Plantas também "gritam" quando estão sob stress

À semelhança do que acontece com o Homem, algumas plantas também podem "gritar" quando enfrentam situações de stress, como a falta de água ou o corte do seu caule, concluíram cientistas da Universidade de Tel …