Estudante cria carro autónomo com 600 euros

Um estudante da Universidade de Nebraska, utilizou um software aberto para desenvolver um sistema autónomo capaz de sentir obstruções na estrada e controlar os travões, aceleração e volante. Tudo isto foi integrado no seu Honda Civic por não mais do que 700 dólares – cerca de 662 euros.

De acordo com a MIT Technology Review, o software em questão foi desenvolvido pela startup Comma.ai, responsável por um projeto que se propôs desenvolver tecnologia de condução autónoma e no qual o estudante, Brevan Jorgenson, esteve envolvido como beta tester.

Jorgenson afirmou que o primeiro teste feito com o seu Honda data de janeiro deste ano. “Fiz o teste sozinho porque se algo corresse mal não ia querer que mais ninguém estivesse no carro. Resultou muito bem”, disse à MIT Technology Review.

Contudo, a Comma.ai abandonou o projeto depois de ter falhado o objetivo de desenvolver um sistema autónomo por menos de 999 dólares até ao fim de 2016. A tecnologia, chamada Comma One, desiludiu de imediato ao ser apenas compatível com dois modelos de carros à data do lançamento.

Apesar do insucesso, a Comma.ai deixou o software disponível ao público para download e renomeou-o como Comma Neo. A ideia por detrás disto foi a de dar ferramentas à pesquisa na área e aos hobbyists que a quisessem usar.

Foi assim que Jorgenson teve acesso ao software que permitiu instalar no seu carro um sistema autónomo.

Brevan Jorgenson / MIT Technology Review

O primeiro teste de Brevan Jorgenson com o seu Honda autónomo foi em janeiro deste ano.

O primeiro teste de Brevan Jorgenson com o seu Honda autónomo foi em janeiro deste ano.

O sistema Comma Neo foi construído pelo estudante através de um OnePlus 3, smartphone equipado com o software Openpilot – tornado disponível pela Comma.ai -, uma placa de circuito para ligar o dispositivo ao sistema eletrónico do carro e uma caixa impressa em 3D.

No entanto, este sistema continua limitado aos dois modelos com os quais era compatível desde o início – sendo um deles o Honda Civic, carro do jovem estudante universitário – e o 2016 Acura ILX.

Para além da Comma.ai, também a Neodriven – startup com sede em Los Angeles – se encontra a fornecer recursos para potenciais construtores de sistemas autónomos para carros. Esta empresa já lançou o dispositivo Neo pré-construído, compatível com o Openpilot da Comma.ai. O seu custo é de 1 495 dólares.

A plataforma educacional online Udacity disponibilizou igualmente um código utilizado no seu programa de pesquisa para carros autónomos e colocou os estudantes de um dos seus cursos a trabalhar no seu desenvolvimento.

PARTILHAR

RESPONDER

A maior parte dos produtos de maquilhagem está contaminada com superbactérias perigosas

Nove em cada 10 produtos cosméticos atualmente em uso estão contaminados com superbactérias potencialmente prejudiciais, incluindo E. coli e Staphylococci. Beauty blender, rímel e brilho labial são os produtos que contêm os mais altos níveis …

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …