Estudante cria carro autónomo com 600 euros

Um estudante da Universidade de Nebraska, utilizou um software aberto para desenvolver um sistema autónomo capaz de sentir obstruções na estrada e controlar os travões, aceleração e volante. Tudo isto foi integrado no seu Honda Civic por não mais do que 700 dólares – cerca de 662 euros.

De acordo com a MIT Technology Review, o software em questão foi desenvolvido pela startup Comma.ai, responsável por um projeto que se propôs desenvolver tecnologia de condução autónoma e no qual o estudante, Brevan Jorgenson, esteve envolvido como beta tester.

Jorgenson afirmou que o primeiro teste feito com o seu Honda data de janeiro deste ano. “Fiz o teste sozinho porque se algo corresse mal não ia querer que mais ninguém estivesse no carro. Resultou muito bem”, disse à MIT Technology Review.

Contudo, a Comma.ai abandonou o projeto depois de ter falhado o objetivo de desenvolver um sistema autónomo por menos de 999 dólares até ao fim de 2016. A tecnologia, chamada Comma One, desiludiu de imediato ao ser apenas compatível com dois modelos de carros à data do lançamento.

Apesar do insucesso, a Comma.ai deixou o software disponível ao público para download e renomeou-o como Comma Neo. A ideia por detrás disto foi a de dar ferramentas à pesquisa na área e aos hobbyists que a quisessem usar.

Foi assim que Jorgenson teve acesso ao software que permitiu instalar no seu carro um sistema autónomo.

Brevan Jorgenson / MIT Technology Review

O primeiro teste de Brevan Jorgenson com o seu Honda autónomo foi em janeiro deste ano.

O primeiro teste de Brevan Jorgenson com o seu Honda autónomo foi em janeiro deste ano.

O sistema Comma Neo foi construído pelo estudante através de um OnePlus 3, smartphone equipado com o software Openpilot – tornado disponível pela Comma.ai -, uma placa de circuito para ligar o dispositivo ao sistema eletrónico do carro e uma caixa impressa em 3D.

No entanto, este sistema continua limitado aos dois modelos com os quais era compatível desde o início – sendo um deles o Honda Civic, carro do jovem estudante universitário – e o 2016 Acura ILX.

Para além da Comma.ai, também a Neodriven – startup com sede em Los Angeles – se encontra a fornecer recursos para potenciais construtores de sistemas autónomos para carros. Esta empresa já lançou o dispositivo Neo pré-construído, compatível com o Openpilot da Comma.ai. O seu custo é de 1 495 dólares.

A plataforma educacional online Udacity disponibilizou igualmente um código utilizado no seu programa de pesquisa para carros autónomos e colocou os estudantes de um dos seus cursos a trabalhar no seu desenvolvimento.

PARTILHAR

RESPONDER

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …

Britânico enviava dinheiro a residentes de uma cidade britânica. Era "um ato generoso de bondade"

Os habitantes de Frome, no Reino Unido, estão constantemente à espera do correio, depois de ter sido revelado que um homem misterioso estava a entregar dinheiro nas casas dos residentes locais. A polícia da cidade inglesa …