Estudante cria carro autónomo com 600 euros

Um estudante da Universidade de Nebraska, utilizou um software aberto para desenvolver um sistema autónomo capaz de sentir obstruções na estrada e controlar os travões, aceleração e volante. Tudo isto foi integrado no seu Honda Civic por não mais do que 700 dólares – cerca de 662 euros.

De acordo com a MIT Technology Review, o software em questão foi desenvolvido pela startup Comma.ai, responsável por um projeto que se propôs desenvolver tecnologia de condução autónoma e no qual o estudante, Brevan Jorgenson, esteve envolvido como beta tester.

Jorgenson afirmou que o primeiro teste feito com o seu Honda data de janeiro deste ano. “Fiz o teste sozinho porque se algo corresse mal não ia querer que mais ninguém estivesse no carro. Resultou muito bem”, disse à MIT Technology Review.

Contudo, a Comma.ai abandonou o projeto depois de ter falhado o objetivo de desenvolver um sistema autónomo por menos de 999 dólares até ao fim de 2016. A tecnologia, chamada Comma One, desiludiu de imediato ao ser apenas compatível com dois modelos de carros à data do lançamento.

Apesar do insucesso, a Comma.ai deixou o software disponível ao público para download e renomeou-o como Comma Neo. A ideia por detrás disto foi a de dar ferramentas à pesquisa na área e aos hobbyists que a quisessem usar.

Foi assim que Jorgenson teve acesso ao software que permitiu instalar no seu carro um sistema autónomo.

Brevan Jorgenson / MIT Technology Review

O primeiro teste de Brevan Jorgenson com o seu Honda autónomo foi em janeiro deste ano.

O primeiro teste de Brevan Jorgenson com o seu Honda autónomo foi em janeiro deste ano.

O sistema Comma Neo foi construído pelo estudante através de um OnePlus 3, smartphone equipado com o software Openpilot – tornado disponível pela Comma.ai -, uma placa de circuito para ligar o dispositivo ao sistema eletrónico do carro e uma caixa impressa em 3D.

No entanto, este sistema continua limitado aos dois modelos com os quais era compatível desde o início – sendo um deles o Honda Civic, carro do jovem estudante universitário – e o 2016 Acura ILX.

Para além da Comma.ai, também a Neodriven – startup com sede em Los Angeles – se encontra a fornecer recursos para potenciais construtores de sistemas autónomos para carros. Esta empresa já lançou o dispositivo Neo pré-construído, compatível com o Openpilot da Comma.ai. O seu custo é de 1 495 dólares.

A plataforma educacional online Udacity disponibilizou igualmente um código utilizado no seu programa de pesquisa para carros autónomos e colocou os estudantes de um dos seus cursos a trabalhar no seu desenvolvimento.

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica renova com Ferro até 2024

O Benfica renovou o contrato com o jovem defesa-central até 2024, revelou, esta quinta-feira, o clube encarnado no seu site oficial. A renovação do contrato com Ferro já tinha sido tema na conferência de imprensa de …

Acordo para o Brexit garante milhões aos homens mais ricos do Reino Unido

Os três homens mais ricos do Reino Unido acabaram de ficar mais ricos apenas com o acordo entre o Governo de Boris Johnson e a União Europeia para o Brexit. O anúncio de acordo fez …

Funcionários da Groundforce julgados por furto de malas no Aeroporto de Lisboa

23 funcionários da Groundforce vão ser julgados por furto de centenas de objetos tirados de dentro de bagagens no Aeroporto de Lisboa. 23 funcionários da Groundforce, que trabalhavam no Aeroporto de Lisboa até 2016, vão ser …

Clássico entre Barcelona e Real Madrid adiado

As duas equipas espanholas têm de chegar a um acordo para uma nova data, até à próxima segunda-feira, para a realização do clássico da 10.ª jornada. O jogo FC Barcelona-Real Madrid, agendado para 26 de outubro, …

Dez escolas fechadas em Lisboa por protestos contra falta de funcionários

As 10 escolas do Agrupamento Vergílio Ferreira, em Lisboa, não abriram as portas, esta sexta-feira, devido a um protesto de trabalhadores não docentes, revoltados com a falta de pessoal. A paralisação irá prolongar-se durante toda …

"Casillas apoiou-me desde o momento em que cheguei", diz Marchesín

O guarda-redes argentino falou da sua adaptação ao novo clube, destacando que o seu antecessor, do qual não esconde a sua grande admiração, o apoiou desde que chegou ao FC Porto. Na semana passada, Agustín Marchesín …

Zoo de Paris apresenta Blob, uma estranha criatura amarela sem cérebro e com quase 720 sexos

O zoológico de Paris exibe desde esta quarta-feira um estranho organismo unicelular criado em laboratório: parece um fungo, mas interage como um animal. De acordo com a agência AFP, a estranha criatura, batizada de bolb (bolha), …

Apesar das críticas, Venezuela conquista um lugar no Conselho de Direitos Humanos da ONU

A Venezuela conquistou um assento no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, depois de uma votação, esta quinta-feira, na Assembleia Geral da ONU. O Brasil ficou com a outra vaga destinada aos países da …

Amália Rodrigues apoiou secretamente a causa antifascista

A fadista Amália Rodrigues, que chegou a ser acusada de estar ao serviço do Estado Novo, financiou presos políticos e apoiou a causa antifascista durante a ditadura, revela uma investigação publicada pela revista Visão Biografia. Numa …

FC Porto pode ser obrigado a criar equipa de futebol feminino

A UEFA deverá obrigar todas os emblemas que participem nas competições europeias a ter uma equipa de futebol feminino. O objetivo é promover o desporto e aumentar o número de jogadoras. O FC Porto pode vir …