Homens e feijões têm a mesma origem? A estranha aversão de Pitágoras que pode ter ditado a sua morte

Pitágoras, o filósofo e matemático grego que deu nome a um teorema, tinha uma estranha aversão com feijões, chegando mesmo a proibir a sua comuna de os comer por considerar que estes tinham a mesma origem do Homem.

Lendas citadas pelo portal de Ciência IFL Science contam que o matemático antigo acreditava que quando alguém morre, a sua alma é transferida para um outro animal e terá sido por este motivo que Pitágoras terá deixado de comer carne.

Pitágoras acreditava também que humanos e feijões partilhavam a mesma origem e, por isso, resolveu levar a cabo um experiência para tentar provar a sua crença.



O matemático, conta o mesmo portal, pegou em alguns feijões e enterrou-os. Esperou algumas semanas até que crescessem e, depois, voltou a desenterrá-los e foi aí que percebeu que estes tinham algumas semelhanças com fetos humanos.

Partindo deste procedimento, Pitágoras extrapolou e concluiu que comer feijões seria quase como praticar canibalismo, proibindo todos os seguiam de comer este alimento – no seio da sua comuna, acreditava-se que o feijão poderia ter a alma dos mortos.

A aversão de Pitágoras por feijões e as regras que decretou depois do seu procedimento podem ter ditado a sua morte, segundo uma lenda. Ou talvez não, uma vez que outras lendas associam a sua morte a eventos em nada relacionados com a sua dieta alimentar.

Voltando aos feijões: uma das lendas reza que Kylon, filho de um nobre, tentou entrar na comunidade liderada por Pitágoras, mas mostrou pouca vontade em cumprir os procedimentos, acreditando que o seu estatuto lhe permitira contornar os anos de treino, silêncio e contemplação que eram necessários segundo as leis da comuna de Pitágoras.

Mas o filósofo não se deixou levar, recusando não só de forma categórica e entrada de Kylon na comunidade, como também lhe rejeitou uma audiência.

Sedento de vingança, Kylon juntou uma multidão para atacar Pitágoras e queimar os edifícios da comuna. O matemático conseguiu fugir à ira da multidão, escapando dos edifícios através de uma ponta humana formada pelos seus amigos.

Tragicamente, como nos habituaram as velhas lendas, o pior estava para vir: enquanto fugia, acabou por encontrar um campo de feijões, que se recusou a pisar e, por isso, foi encontrado pela multidão que o matou à facada.

Tal como mencionado anteriormente, não há consenso sobre a morte de Pitágoras. Pode ter morrido por causa dos feijões, mas pode também, segundo outros relatos antigos, se ter suicidado depois de os seus seguidores terem morrido no incêndio da comuna.

Há ainda quem acredite que morreu à fome enquanto se escondia da multidão.

De acordo com as lendas citadas pelo portal, a comunidade liderada por Pitágoras tinha ainda outras regras peculiares, que incluíam a proibição do uso de lãs e a obrigatoriedade de calçar a sandália direita antes da esquerda.

Sara Silva Alves, ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …