A Estónia só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender

O Banco Central da Estónia, que completou em maio 100 anos desde a sua função, só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender, uma vez que o material não é suficientemente puro para ser comercializado nos mercados financeiros.

Mais do que uma peça à disposição da economia da Estónia, observa a Russia Today, este lingote é uma peça simbólica que pode até vir a enriquecer um museu.

Fabio Filipozzi, chefe do Departamento de Mercados Financeiros do Banco Central da Estónia, explicou num programa televisivo que o lingote pesa 11 quilogramas e tem 97 anos, ou seja, é três anos mais novo do que o próprio banco.

No total, a Estónia tem 256 quilogramas de ouro, mas todos estes – à exceção do lingote simbólico – estão armazenados no exterior, principalmente na cidade norte-americana de Nova Iorque. Esta é já uma prática antiga, que remonta aos anos anteriores à II Guerra Mundial, quando o Governo da Estónia decidiu guardar o ouro por razões de segurança.

As escassas reservas devem-se ao facto de o país, durante os anos e já depois de ter recuperado a independência da União Soviética, ter vendido parte da suas reservas, investindo depois 660 milhões de euros noutros ativos financeiros, como títulos e ações, precisou o responsável do Banco Central.

Na Europa, e segundo dados do portal especializado Trading Economics, o país báltico é o segundo país com menos reservas de ouro, sendo apenas ultrapassado por Malta. No topo da tabela está a Alemanha, seguida pela Itália, França, Rússia e Suíça. Portugal surge na oitava posição deste ranking, antes do Reino Unido, Espanha e Áustria.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo grego apresenta legislação mais restritiva do direito de asilo

O Governo grego enviou na terça-feira ao parlamento uma proposta de lei que endurece os procedimentos para concessão de asilo, reforça os poderes de detenção e acelera as deportações, noticiou a imprensa. A proposta, de 250 …

Libertadores. Jesus veta acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino

Escreve a imprensa brasileira que Jorge Jesus vetou o acesso de funcionários do Flamengo ao derradeiro treino que antecede o jogo com o Grémio para a Libertadores, que vai decidir um dos finalistas da competição. …

Caso do bebé sem rosto. Médico suspenso não viu que menina tinha duas vaginas, um rim e espinha bífida

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos suspendeu preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu, em Setúbal, com malformações graves. Entretanto, surgem novos dados sobre suspeitas atribuídas ao médico noutros …

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …