Estaleiros de Viana regressam do Natal com menos 42 trabalhadores

ENVC

-

Menos de 570 trabalhadores regressam quinta-feira aos estaleiros de Viana, após a paragem de Natal, número que inclui as 42 saídas amigáveis dos últimos dias e que antecedem algumas dezenas que também já o aceitaram fazer.

Fonte da administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) explicou hoje à agência Lusa que já aderiram ao plano social para rescisão amigável dos contratos 42 trabalhadores, recebendo indemnizações superiores a três milhões de euros.

Algumas dezenas que também já aceitaram as indemnizações propostas deverão assinar os respetivos acordos de rescisão nos próximos dias, indicou a mesma fonte.

O anunciado encerramento dos ENVC prevê o despedimento dos 609 funcionários e a subconcessão dos terrenos, infraestruturas e equipamentos ao grupo Martifer.

Embora praticamente sem atividade, os trabalhadores regressam pelas 08:00 de quinta-feira os ENVC, depois da habitual paragem do período de Natal.

O dia ficará contudo marcado por várias reuniões setoriais agendadas para o período da manhã e a partir das 15:30 reúnem-se em plenário geral de trabalhadores, para analisar o momento da empresa e decidir eventuais formas de contestação ao encerramento.

Fonte sindical confirmou à agência Lusa que o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, estará presente, a partir das 11:00, nestas reuniões, que vão decorrer no interior dos ENVC até às 16:30.

A 13 de dezembro, quando participou naquela que foi a maior manifestação realizada em Viana do Castelo em defesa da viabilidade dos estaleiros, Arménio Carlos tinha garantido que os trabalhadores iriam apresentar-se ao serviço esta quinta-feira “para trabalhar”, apesar de prevista para dia 07 a subconcessão à West Sea (grupo Martifer).

“Vão ver que no dia 02 de janeiro lá estarão estas centenas de trabalhadores a entrarem tranquilamente, logo pela manhã, nos locais de trabalho, nos estaleiros, para trabalhar e para produzir. A reafirmar que não vão baixar os braços, que não querem subsídios, não querem indemnizações, querem trabalhar, caramba”, apontou Arménio Carlos.

Criticou ainda o ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, por tentar “aliciar” os trabalhadores com um plano de rescisões amigáveis que, além dos 42 que assinaram o acordo nos últimos dias, já foi aceite por mais algumas dezenas de outros funcionários, indicou fonte da empresa.

Arménio Carlos diz “respeitar” a opinião pessoal de cada trabalhador, mas sublinha que “a esmagadora maioria continua a defender os postos de trabalho”, pelo que o plano proposto “é um enormíssimo fracasso”.

O grupo Martifer anunciou que vai assumir em janeiro a subconcessão dos terrenos, infraestruturas e equipamentos dos ENVC, pagando ao Estado uma renda anual de 415 mil euros, até 2031, conforme concurso público internacional que venceu.

A nova empresa West Sea deverá recrutar 400 dos atuais 609 trabalhadores, que estão a ser convidados a aderir a um plano de rescisões amigáveis, que vai custar 30,1 milhões de euros e que prevê o acesso ao subsídio de desemprego e à reforma.

Em função da adesão a este plano, poderá ser lançado um despedimento coletivo na empresa.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …