Apenas 11 trabalhadores não rescindiram contrato com Estaleiros de Viana

ArmenioBeloPhotographer / Facebook

-

Apenas onze dos mais de 600 trabalhadores dos estaleiros navais de Viana não aceitaram rescindir os respetivos contratos no âmbito do plano social lançado pela administração, que terminou hoje, segundo números avançados à Lusa por fonte da empresa.

Assim, do total de 607 trabalhadores que estavam ao serviço em dezembro, e segundo a mesma fonte, 596 comunicaram a intenção de rescindir os contratos e 209 formalizaram entretanto os acordos para saída voluntária da empresa. Entre estes trabalhadores contam-se igualmente cinco dos sete elementos da comissão de trabalhadores, de acordo com a mesma fonte.

Os restantes acordos (387) serão rubricados nos próximos dias e a saída consumada até final do mês.

Até 31 de janeiro, na primeira versão do plano social proposto pela administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), com indemnizações globais de 30,1 milhões de euros, tinham aderido cerca de 150 trabalhadores.

Este plano, lançado pelo fecho da empresa e subconcessão ao grupo Martifer, foi entretanto revisto e a sua validade prolongada até às 16h de hoje, incorporando os contributos dos representantes sindicais, mandatados para o efeito pelos trabalhadores dos ENVC.

“Esta adesão demonstra que o plano social trabalhado em conjunto com os sindicatos era equilibrado e positivo. O consenso alcançado permite encarar o futuro social e laboral com confiança”, disse à Lusa, durante a tarde, fonte oficial do Ministério da Defesa Nacional, que conduziu as recentes negociações com os sindicatos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro mais moderado. "A minha preocupação sempre foi salvar vidas”

O Presidente brasileiro adotou um tom mais moderado naquele que foi o seu quarto discurso ao país sobre o novo coronavírus, mas voltou a insistir na importância de a população manter os empregos durante a …

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …

Governo quer desempregados e trabalhadores em lay-off a reforçar lares e hospitais

O Governo criou uma medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde com o objetivo de apoiar as entidades do setor social e solidário. De acordo com o ECO, o Governo …