Estado Islâmico decapitou pela primeira vez duas mulheres

O grupo terrorista Estado Islâmico decapitou, pela primeira vez, duas mulheres na Síria, acusadas de “feitiçaria”, afirmou hoje o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

“O autoproclamado grupo Estado Islâmico executou duas mulheres, decapitando-as, na província de Deir Ezzor, e esta é a primeira vez que o OSDH documentou mulheres a serem assassinadas desta forma pelo grupo”, afirmou o chefe do Observatório, Rami Abdel Rahman.

O OSDH informou que as execuções ocorreram no domingo e na segunda-feira passados e que as mulheres foram condenadas à morte, com os seus maridos, acusadas de “feitiçaria e magia”.

Segundo a agência noticiosa francesa AFP, o grupo autodominado Estado Islâmico (EI) é acusado de crimes contra a humanidade e “adquiriu uma reputação sinistra”, com as decapitações de homens, execuções massivas, apedrejamento de mulheres suspeitas de cometerem adultério e “mortes atrozes” infligidas aos homossexuais.

No entanto, esta é a primeira vez que o OSDH teve conhecimento da execução de mulheres por decapitação.

Depois da autoproclamação do “califado” nos territórios conquistados no sul do Iraque e na Síria, o EI executou até agora mais de 3.000 pessoas, incluindo 1.800 civis, dos quais 74 crianças, segundo o OSDH, que conta com uma vasta rede de ativistas, de informadores e de fontes médicas em toda a Síria, um país em guerra há mais de quatro anos.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …

Fauci fala de "sentimento libertador" após saída de Trump da Casa Branca

O infeciologista Anthony Fauci, o principal rosto da Casa Branca no combate à pandemia de covid-19, admitiu um sentimento "libertador" após a saída da administração de Donald Trump e afirmou que poderá agora falar sobre …

Parlamento Europeu pede lei que reconheça como "fundamental" direito a desligar

O Parlamento Europeu (PE) pediu na quinta-feira à Comissão Europeia que proponha uma lei que reconheça o "direito a desligar" como sendo "fundamental", permitindo assim que "quem trabalhe por meios digitais desligue os aparelhos fora …

Portugal entra na lista da Alemanha de países de "alta incidência"

A Alemanha incluiu Portugal no grupo de mais de 20 países e territórios considerados de “alta incidência” da pandemia de covid-19. Neste grupo, além de Portugal, estão Albânia, Andorra, Bolívia, Bósnia, Egito, Espanha, Emirados Árabes Unidos, …

Hungria compra vacina russa apesar de não estar autorizada na UE

O Governo húngaro anunciou esta sexta-feira que chegou a acordo para comprar "grandes quantidades" da vacina russa contra a covid-19 Sputnik V, embora esta ainda não tenha sido autorizada pelas autoridades de saúde europeias. O ministro …

Governo prepara apoio extraordinário para o desporto devido à covid-19

O Governo está a preparar um fundo de apoio extraordinário para ajudar o desporto a ultrapassar a crise provocada pela pandemia de Covid-19, revelou o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo …

Líderes europeus defendem que fronteiras devem continuar abertas

Os chefes dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE) reuniram-se em videoconferência, na quinta-feira, na qual concordaram que as fronteiras não devem ser fechadas, devendo evitar-se medidas que possam comprometer o mercado único e o …