Estado compra coleção de arte do BPN por 5 milhões de euros

António Cotrim / Lusa

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, anunciou esta segunda-feira que o Estado comprou a coleção de arte do ex-BPN por 5 milhões de euros. Esta irá ser fixada em Coimbra.

Em entrevista ao Observador, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, anunciou que o Estado acabou de comprar a coleção de arte do BPN por 5 milhões de euros. “O Estado acaba de comprar a coleção de arte do BPN por cinco milhões de euros, que irá para Coimbra“, revelou.

As 196 obras de arte estavam sem destino desde a nacionalização do antigo Banco Português de Negócios, em 2008. A coleção está avaliada entre 4,1 milhões de euros e 6,1 milhões de euros e estava, até agora, a ser gerida pela Parups e pela Parvalorem – empresas criadas para gerir os ativos e recuperar os créditos do BPN.

A coleção conta não só com obras de artistas nacionais, mas também internacionais, principalmente do século XX. Os relatórios e contas das empresas mostram que as 40 obras de artistas estrangeiros tinham um valor estimado de 1 milhão de euros. Por sua vez, as 156 obras portuguesas foram avaliadas, no mínimo, em cerca de 3 milhões de euros.

Paula Rego, Amadeo de Souza-Cardoso, Mário Cesariny, Rui Chafes, Eduardo Batarda e António Dacosta são alguns dos artistas nacionais que contam com obras neste acervo. Entre outros, estão ainda João Pedro Vale, Pedro Calapez, Carlos Calvet, Vasco Araújo, Joaquim Rodrigo, Ana Vidigal, Eduardo Nery, João Penalva, Fernando Calhau, João Vieira, Nadir Afonso, Eduardo Batarda, António Sena, José Pedro Croft, Nikias Skapinakis, João Penalva, Pedro Casqueiro, Jorge Martins e Carlos Calve.

A decisão de comprar a coleção surge após, em 2015, se ter divulgado publicamente a intenção de vender as obras em leilão. O dinheiro conseguido serviria para abater parte dos créditos do banco. Todavia, a medida acabou por não seguir em frente.

Nesse mesmo ano, a Secretaria de Estado da Cultura equacionou a compra de 46 obras de artistas portugueses, mas esta ideia também acabou por não avançar. Foi ainda desta acervo que derivou a polémica com a Coleção Miró, tendo-se considerado vendê-la no estrangeiro.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …