Estado chinês ganha quase 400 mil euros por dia na EDP

(dr) EDP

-

Em quatro anos, a China Three Gorges ganhou 576 milhões de euros em dividendos – uma média de 395 mil euros por dia. A EDP passou a ser um ativo tão interessante que no final de 2015 o Estado chinês investiu mais de 110 milhões de euros em ações da empresa.

No final de 2015 a República Popular da China, através do grupo estatal Guoxin International Investment, voltou a comprar ações da EDP. Com base no relatório e contas anual da elétrica portuguesa, publicado na íntegra na semana passada, o Expresso descreve que o Guoxin já detém 3,02% da EDP.

Somando-se aos 21,35% da China Three Gorges, no total o Estado chinês detém quase um quarto da elétrica, algo que fica explícito no relatório da empresa: “são imputáveis à República Popular da China 24,37% dos direitos de voto”.

O grupo China Three Gorges só poderá alterar a sua posição acionista a partir de 11 de maio, quando se completarem os quatro anos de bloqueio estabelecidos no acordo com o governo português (o grupo adquiriu formalmente as ações em 11 de maio de 2012).

É neste contexto que o Guoxin International Investment aumentou o seu peso, passando de 2% em 12 de novembro de 2015 para 3,02% em 31 de dezembro de 2015.

A aquisição de 1,02% no final de 2015 terá custado ao grupo chinês pelo menos 110 milhões de euros. O Expresso escreve que o Estado chinês terá investido na EDP cerca de três mil milhões de euros.

De acordo com o semanário, o grupo China Three Gorges ganhou 576 milhões de euros em dividendos em quatro anos, desde que venceu a privatização da elétrica portuguesa, em dezembro de 2011, numa média de 144 milhões por ano e de quase 400 mil euros por dia.

Nos últimos quatro anos, as ações na posse do grupo chinês desvalorizaram (281 milhões), mas mesmo que se subtraia essa desvalorização o grupo ganhou 295 milhões de euros. Segundo as contas do semanário, o grupo estará a ganhar com esse investimento um juro de cerca de 2,7% ao ano.

BCP detém 2,44%

Atualmente, o organismo que avalia as decisões estratégicas do conselho de administração executivo é composto por 21 membros, e o grupo China Three Gorges tem lá 5 membros: quatro chineses, além de ser representado por Eduardo Catroga, que preside o órgão.

O Expresso descreve que o segundo maior investidor da EDP é o grupo americano Capital Group, com quase 17%, seguido pelo grupo espanhol Oppidum, que detém um pouco mais de 7%, o fundo americano Blackrock, com 5%, a Senfora do governo do Abu Dhabi, com 4%, a argelina Sonatrach, com 2,38%, e a Qatar Investment Authority, com 2,27%.

O único acionista de referência português na EDP (com mais de 2%, o que permite estar representado no Conselho Geral e Superior) é o BCP, que detém 2,44% da EDP.

O presidente executivo da EDP, António Mexia, ganhou no ano passado quase seis mil euros por dia, e permanecerá pelo menos até ao final de 2017 à frente da empresa.

ZAP

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Viajante acho que andaste uns anos a viajar, foi para pagar os buracos deixados pela esquerda, mas não te preocupes que o dinheiro voltou e já se podem remodelar faqueiros na AR por largos milhares de Euros

  2. Cá esta a razão pela qual a presidenta da EDP ganha o que ganha… Está a dar muito lucro… Toca a aumentar mais a luz que os Portugueses ainda estão a pagar pouco…

    Claro que só se vende o que dá lucro… Mas o mais interessante é que o que dava prejuízo nas mãos do estado após venda vai sempre dar lucra… vai-se lá saber porquê!

  3. É só bons negócios para os bolsos dos políticos corruptos que dizem governar este país.
    vendem o que não é deles enchem os bolsos dos amigos…
    e depois cá estamos os “burros” a sustenta-los 🙁
    este país esta a ficar mais podre de quando era governado por um ditador.
    pelo menos nessas épocas as coisas eram feitas em prol da nação
    Agora vendem tudo o que foi construindo com o suor e sacrifícios dos nossos avós e pais, as sangue-sugas do capitalismo.

  4. Ora aqui está a resultado das politicas mafiosas da EU/troika/alta finança internacional!
    O Estado Português tinha que privatizar (entregar aos tubarões), pois não podia ter o monopólio, mas se for o estado chinês a mandar na electricidade em Portugal, já não há problema!
    Muito bom…
    Mais um exemplo das brilhantes politicas dessas escória/escumalha da troika/EU !!

  5. A incompetência vendeu o que não era deles de seguida alguém foi MAMAR quem paga é o contribuinte. Deus tenha pena dos portugueses pois tem de se alimentar e ainda dar de mamar aos PARASITAS que venderam e aos que compraram. Não passamos de cepos por causa de meia dúzia de inocentes que desgovernaram o país e ainda continuamos na mesma porcaria duma desgovernação total e de miséria na falta de saber e conhecimentos.

  6. Portugal no seu melhor !!!!!!!
    quando o governo acabar de vender o que o país tem, o que irão vender a seguir?
    o c..??
    so falta saber se o deles ou do Zé povinho….

  7. Bandidos.
    Lapidaram tudo o que era património rentável.
    Deviam ser todos julgados e presos para o resto da vida.
    Mas também penso que há algo de errado na nossa Constituição,
    Pois entendo que o património do País (que é de todo o POVO), não pode ou não deve estar à disposição de quem quer que seja.
    O nosso Portugal chegou a um patamar de vergonhosa perda de soberania por irresponsabilidade dos políticos.
    E, ainda tem a latosa de dizer que estiveram a servir o País.
    Que falem verdade e digam que se serviram do País, com a conivência crente.
    Quando alguém resolve vender património que é pertença de UM COLECTIVO, devia estar sujeito a referendo.

  8. Se os traidores deste país fossem julgados e condenados, de certeza, que não davam um produto, EDP, que era pertença dos portugueses. Ainda tenho fé que todos os bandidos que entraram nas jogadas, sejam condenados por traidores à pátria e ao povo português. O país há 40 anos que está na mão de bandidos… salvo algumas excepções.

RESPONDER

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …

Portugal tem há cinco dias os mesmos 43 recuperados. DGS e especialistas explicam porquê

Portugal regista, desde o passado dia 27 de abril, os mesmos 43 recuperados da Covid-19, segundo os boletins epidemiológicos diários da Direção-Geral da Saúde. Questionado pela agência Lusa sobre a estagnação no número de altas hospitalares …

Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou esta terça-feira homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu no passado dia 23 de março aos 86 …

À boleia da pandemia, Parlamento da Hungria reforça poderes de Viktor Orbán

O Parlamento húngaro aprovou, esta segunda-feira, uma série de medidas para fazer face à pandemia de covid-19, entre as quais um projeto de lei que permite o estado de emergência por tempo indeterminado. De acordo com …

Portugal deverá perder dois milhões de habitantes até 2080

A população residente em Portugal poderá baixar dos atuais 10,3 milhões de habitantes para 8,2 milhões em 2080, de acordo com projeções do Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira divulgadas. Os mesmos dados indicam, porém, …

Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19. "O Estado tem ferramentas …

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …