Sem garantias, Estado vai emprestar 145 milhões aos lesados do BES

O Estado vai emprestar 145 milhões de euros ao fundo de recuperação de créditos para os lesados do Banco Espírito Santo (BES), mas ainda não se conhecem as garantias exigidas pelo Governo.

O Estado deverá emprestar 145 milhões de euros ao fundo de recuperação de créditos para os lesados do Banco Espírito Santo (BES). No entanto, até agora, desconhecem-se as condições e garantias do financiamento exigidas pelo Governo à sociedade gestora, avança, esta quarta-feira, o Jornal de Notícias.

Mas, embora estejam ainda por conhecer as condições e garantias desta operação, a expectativa do Governo é a de que o fundo Patris consiga recuperar o valor e, assim, reembolsar o Estado.

O fundo dispõe de um período de dez anos para conseguir o máximo dos 443,8 milhões de euros dos antigos clientes. Contudo, enquanto não os obtém, precisa de avançar com os reembolsos aos lesados.

Desta forma, até junho, o Estado irá cobrir o valor acordado entre as várias partes envolvidas no processo. Quem subscreveu esse plano irá receber 30% até junho e, posteriormente, mais 20% a 45% em duas novas tranches, nos próximos dois anos, consoante o valor investido seja abaixo ou acima de 500 mil euros, explica o jornal.

Caso todos os lesados adiram ao fundo, serão pagos, no total 287 milhões de euros, cerca de 66% do total inicialmente investido.

A proposta de subscrição para os lesados obterem as suas compensações está aberta até dia 12 de abril. Entre as garantias já conhecidas, está o pedido feito aos lesados que investiram em papel comercial do ESI e da Rioforte para que renunciem a qualquer tipo de reclamação, ação ou processo judicial contra o Novo Banco, Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e restantes acionistas e gestores.

Segundo João Freitas e Costa, administrador da Patris, citado pelo JN, estão identificadas “cerca de 150 entidades que poderão ser chamadas a assumir responsabilidades na recuperação desses créditos”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A questão dos lesados do BES já cheira mal. E mais mal ainda quando o Governo actua à revelia da generalidade dos contribuintes e ao contrário do que poderia, para não dizer deveria, ser a sua posição.
    Mas como a questão apenas diz respeito ao BES e a quem nele investiu, até se pode admitir que o Estado se abstenha de agir.
    O que não faz sentido é que quem não tinha dinheiro para investir no BES, tenha agora de contribuir para amenizar o problema daqueles que investiram.
    Quem arriscou sujeitou-se. É da praxe! E a ser assim, é caso para se admitir que tudo não passe de uma falsa questão. Mas se entende que foi burlado, que recorra aos tribunais, não àqueles que nada têm que ver com o assunto. Só faltava eu dizer que sou um lesado da Santa Casa da Misericórdia por ter jogado anos seguidos na lotaria sem nunca ter sido premiado!!!
    Os 145 milhões que o Estado vai emprestar, serão emprestados se voltar a recebe-los, com juros. Mas à partida tenho dúvidas que tal venha a acontecer. Se tal empréstimo não for liquidado, será mais que legítimo dizer-se que os contribuintes portugueses foram lesados pelos lesados do BES.

  2. Os milhões que dão para “salvar” os bancos, DAVA de bom agrado às PESSOAS LESADAS e não a esses parasitas económicos da sociedade.
    Ponham os olhos no que aconteceu na Islândia. CORAGEM precisa-se!

  3. Mau!
    Lesados do BES são todos os portugueses!!
    Agora tirar ainda mais aos portugueses para dar a uns “lesados” (que de lesados tem pouco), é roubar ao povo para dar a meia-duzia.

RESPONDER

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …

Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos …

"Votei num tipo chamado Trump". Presidente dos EUA votou antecipadamente na Florida

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, votou este sábado antecipadamente em West Palm Beach, na Florida, para as eleições presidenciais, juntando-se aos quase 55 milhões de americanos que também já o fizeram. Donald Trump …

Chegou o camião autónomo que não precisa de motorista para se deslocar

No ano passado foi lançado o T-pod, um protótipo de um camião elétrico autónomo e sem cabine. Agora, o seu fabricante, a empresa sueca Einride, revelou a última geração do veículo, que vai passar a …

"O medo não é a vacina". Centenas de pessoas contestam medidas do Governo em Lisboa

Centenas de pessoas contestaram este sábado as medidas impostas pelo Governo para mitigar os efeitos da pandemia de covid-19, com gritos pela “liberdade” e pela “verdade”, numa manifestação realizada na praça do Rossio, em Lisboa. A …

Os humanos estão a pôr em causa a alimentação dos animais predadores

Os animais predadores que vivem perto de humanos estão a obter metade dos alimentos supostos e isso pode ser muito prejudicial, referem investigadores americanos. De acordo com um novo estudo publicado no jornal Proceedings of the …

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …