Sem garantias, Estado vai emprestar 145 milhões aos lesados do BES

O Estado vai emprestar 145 milhões de euros ao fundo de recuperação de créditos para os lesados do Banco Espírito Santo (BES), mas ainda não se conhecem as garantias exigidas pelo Governo.

O Estado deverá emprestar 145 milhões de euros ao fundo de recuperação de créditos para os lesados do Banco Espírito Santo (BES). No entanto, até agora, desconhecem-se as condições e garantias do financiamento exigidas pelo Governo à sociedade gestora, avança, esta quarta-feira, o Jornal de Notícias.

Mas, embora estejam ainda por conhecer as condições e garantias desta operação, a expectativa do Governo é a de que o fundo Patris consiga recuperar o valor e, assim, reembolsar o Estado.

O fundo dispõe de um período de dez anos para conseguir o máximo dos 443,8 milhões de euros dos antigos clientes. Contudo, enquanto não os obtém, precisa de avançar com os reembolsos aos lesados.

Desta forma, até junho, o Estado irá cobrir o valor acordado entre as várias partes envolvidas no processo. Quem subscreveu esse plano irá receber 30% até junho e, posteriormente, mais 20% a 45% em duas novas tranches, nos próximos dois anos, consoante o valor investido seja abaixo ou acima de 500 mil euros, explica o jornal.

Caso todos os lesados adiram ao fundo, serão pagos, no total 287 milhões de euros, cerca de 66% do total inicialmente investido.

A proposta de subscrição para os lesados obterem as suas compensações está aberta até dia 12 de abril. Entre as garantias já conhecidas, está o pedido feito aos lesados que investiram em papel comercial do ESI e da Rioforte para que renunciem a qualquer tipo de reclamação, ação ou processo judicial contra o Novo Banco, Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e restantes acionistas e gestores.

Segundo João Freitas e Costa, administrador da Patris, citado pelo JN, estão identificadas “cerca de 150 entidades que poderão ser chamadas a assumir responsabilidades na recuperação desses créditos”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A questão dos lesados do BES já cheira mal. E mais mal ainda quando o Governo actua à revelia da generalidade dos contribuintes e ao contrário do que poderia, para não dizer deveria, ser a sua posição.
    Mas como a questão apenas diz respeito ao BES e a quem nele investiu, até se pode admitir que o Estado se abstenha de agir.
    O que não faz sentido é que quem não tinha dinheiro para investir no BES, tenha agora de contribuir para amenizar o problema daqueles que investiram.
    Quem arriscou sujeitou-se. É da praxe! E a ser assim, é caso para se admitir que tudo não passe de uma falsa questão. Mas se entende que foi burlado, que recorra aos tribunais, não àqueles que nada têm que ver com o assunto. Só faltava eu dizer que sou um lesado da Santa Casa da Misericórdia por ter jogado anos seguidos na lotaria sem nunca ter sido premiado!!!
    Os 145 milhões que o Estado vai emprestar, serão emprestados se voltar a recebe-los, com juros. Mas à partida tenho dúvidas que tal venha a acontecer. Se tal empréstimo não for liquidado, será mais que legítimo dizer-se que os contribuintes portugueses foram lesados pelos lesados do BES.

  2. Os milhões que dão para “salvar” os bancos, DAVA de bom agrado às PESSOAS LESADAS e não a esses parasitas económicos da sociedade.
    Ponham os olhos no que aconteceu na Islândia. CORAGEM precisa-se!

  3. Mau!
    Lesados do BES são todos os portugueses!!
    Agora tirar ainda mais aos portugueses para dar a uns “lesados” (que de lesados tem pouco), é roubar ao povo para dar a meia-duzia.

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …