Uma das ilhas mais remotas do mundo é o 4.º maior santuário de vida marinha

A pequena ilha vulcânica de Tristão da Cunha é uma colónia britânica localizada no meio do Oceano Atlântico entre o Brasil e a África do Sul. Conhecida como a “ilha habitada mais remota da Terra”, o território insular acaba de se tornar uma das maiores áreas marinhas protegidas (MPA) do mundo.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a ilha é o lar de uma comunidade de 250 pessoas, onde medidas de proteção total da fauna marinha estão a ser tomadas.

A pesca de arrasto pelo fundo, a mineração em alto mar e outras atividades de caça estão completamente proibidas em 389.752 quilómetros quadrados do seu território oceânico.

A ilha e as suas águas abrangem uma área que é três vezes o tamanho do Reino Unido, tornando-a o quarto maior santuário de vida selvagem do mundo e a maior zona de exclusão no Oceano Atlântico.

“A nossa vida em Tristão da Cunha sempre foi pautada pela nossa relação com o mar, e isso continua até hoje. A comunidade de Tristão está profundamente comprometida com a conservação: em terra, já declaramos o estatuto de proteção para mais da metade do nosso território”, disse James Glass, o ilhéu chefe de Tristão da Cunha.

“Mas o mar é o nosso recurso vital, para a nossa economia e, em última análise, para a nossa sobrevivência a longo prazo. É por isso que estamos a proteger totalmente 90% das nossas águas – e temos orgulho de poder desempenhar um papel fundamental na preservação da saúde dos oceanos”, continuou Glass.

Tristão da Cunha possui uma das mais ricas biodiversidades do mundo. As suas águas abrigam espécies importantes, como elefantes-marinhos e o tubarão-da-velha. O seu terreno é um ambiente importante para pássaros como os pinguins rockhopper, que são classificados como uma espécie vulnerável, e o albatroz-de-nariz-amarelo, que está em extinção.

Como é um território britânico, a conversão de Tristão da Cunha em área marinha protegida torna os guardiões do Reino Unido mais de 1% – ou cerca de 2,6 milhões de quilómetros quadrados – dos oceanos protegidos do mundo. É um passo significativo em direção à meta do Governo de proteger 30% dos oceanos do mundo até 2030.

A Royal Society for the Protection of Birds (RSPB), a maior instituição de caridade de preservação da natureza do Reino Unido, chamou a ilha de “jóia da coroa da proteção marinha do Reino Unido”.

“Tristão da Cunha é um lugar como nenhum outro”, disse Beccy Speight, presidente-executiva do RSPB. “Dezenas de milhões de aves marinhas voam acima das ondas, pinguins e focas amontoam-se nas praias, tubarões ameaçados reproduzem-se em alto mar e baleias misteriosas alimentam-se em desfiladeiros de águas profundas. A partir de hoje, podemos dizer que tudo isso está protegido”.

A mudança é resultado de uma parceria de décadas que envolve os Governos, bem como a RSPB e um consórcio internacional de parceiros, incluindo National Geographic e Blue Marine Foundation.

Porém, a mudança não satisfez todos, que apontam para a falta de proteção da vida selvagem do governo do Reino Unido no seu território. “Saudamos os esforços do Governo para conseguir que mais nações se inscrevam para proteger 30% dos seus mares”, disse Melissa Moore, chefe de política da Oceana UK. “No entanto, é ridículo apoiar a proteção no exterior, mas não nas águas do Reino Unido – também devem proteger todas as áreas marinhas protegidas do Reino Unido de atividades prejudiciais como a pesca de arrasto, assim como fará Tristão da Cunha.”

Tristão da Cunha foi descoberto pela primeira vez em 1506 pelo explorador português Tristão da Cunha. No século XIX, a ilha foi reivindicada pelos britânicos, que construíram lá uma guarnição para evitar tentativas de resgatar Napoleão Bonaparte, que estava preso na ilha de Santa Helena a 2.400 quilómetros de distância. Quando a guarnição foi removida, alguns soldados britânicos permaneceram e construíram uma comunidade.

Hoje, os seus 250 habitantes são, na sua maioria, cidadãos britânicos cujos ancestrais são originários da Escócia, América, Holanda e Itália, descendentes de ancestrais marítimos que fizeram o seu caminho até ao remoto pedaço de terra.

Agora, esta ilha distante também é um dos santuários ecológicos mais importantes da Terra. Como Beccy Spight disse: “Esta pequena comunidade é responsável por uma das maiores conquistas de conservação de 2020”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Feira do Livro do Porto partilha recandidatura de Moreira. "Foi erro de funcionária"

A câmara do Porto explicou que a partilha do ‘post’ sobre a recandidatura de Rui Moreira feita este domingo na página de Facebook da “Feira do Livro do Porto” se deveu a “erro de uma …

Emma, uma pequena rinoceronte, viajou para o Japão para encontrar o amor

Uma pequena rinoceronte branca de cinco anos viajou de Taiwan para o Japão. Tudo para encontrar o amor. Tal como muitos humanos, os planos de viagem de Emma acabaram por ter de ser adiados devido ao …

Países Baixos 3-2 Ucrânia | Futebol espectáculo em Amesterdão

Os Países Baixos, campeões em 1988, derrotaram hoje a Ucrânia, por 3-2, em jogo da primeira jornada do Grupo C do Euro2020 de futebol, disputado em Amesterdão. Os Países Baixos estiveram a ganhar por 2-0, com …

Esta pequena ilha nas Caraíbas já não tem restrições (e está a oferecer noites em hotéis)

A ilha de Curaçao está a suspender todas as restrições que foram implementadas no âmbito da pandemia de covid-19 e para comemorar está a oferecer estadias em hotéis para os turistas. Curaçao, um território holandês que …

10 estrangeiros do Benfica já jogaram em Europeus (duas estreias na mesma tarde)

Num espaço de seis horas, Seferović e Vertonghen juntaram-se à lista restrita. É um pouco extensa a lista de futebolistas portugueses que jogaram a fase final de um Europeu enquanto tinham contrato com o Benfica. Portugal participou …

"Clara desconexão". Empresas ganham milhões com o consumo de álcool por menores

Os jovens menores de idade consumiram 8,6% das bebidas alcoólicas vendidas em 2016, o que representa lucros de cerca de 17,5 mil milhões de dólares para as empresas. Os produtos das empresas AB Inbev, MillerCoors e …

Após 12 anos de Netanyahu no poder, Israel tem um novo primeiro-ministro

O Parlamento de Israel aprovou, este domingo, o Governo de coligação do novo primeiro-ministro Naftali Bennett, que sucede a Benjamin Netanyahu, que esteve no poder cerca de 12 anos. Dos 119 deputados presentes, de um Parlamento …

Áustria 3-1 Macedónia do Norte | Banco austríaco vale triunfo inédito

A Áustria estreou-se, este domingo, com um triunfo sobre a Macedónia do Norte, por 3-1, no Euro2020, no primeiro jogo do Grupo C da competição, disputado em Bucareste. Stefan Lainer (18 minutos), Michael Gregoritsch (78) e …

Facebook restringe conta de André Ventura

A rede social decidiu restringir, durante 24 horas, a conta do presidente e deputado único do Chega, após terem sido denunciadas duas publicações. De acordo com o Correio da Manhã, denúncias em duas publicações feitas por …

Com parecer desfavorável, arraial da IL juntou centenas (e fez mira a adversários)

A Iniciativa Liberal organizou, este sábado, apesar do parecer desfavorável das autoridades de saúde, um arraial comício, onde se juntaram centenas de pessoas, para dar "esperança" a Lisboa e mostrar que "não há impossíveis". No seu …