Espiões dos EUA e Israel irritados com revelações de Trump a russos

Russian Foreign Ministry Handout / EPA

O Presidente Donald Trump no encontro, realizado na Casa Branca, com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak

O Presidente Donald Trump no encontro, realizado na Casa Branca, com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak

Os EUA e Israel desvalorizam publicamente as alegações de que o Presidente norte-americano partilhou com russos informação sensível, obtida pela espionagem israelita, mas os espiões daqueles países estão frustrados e receosos com as repercussões para a sua parceria.

“Sei como as coisas funcionam nas informações israelitas”, afirmou Uri Bar-Joseph, professor na Universidade de Haifa, em Israel, que tem estudado e escrito sobre as operações de espionagem do Estado de Israel.

“Tenho alguns amigos com quem falo. Eles estão perturbados. Estão sinceramente frustrados e irritados”, disse.

Durante uma reunião na Casa Branca com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo e o embaixador russo nos EUA, na semana passada, Donald Trump partilhou informações sobre uma ameaça proveniente do Estado Islâmico, envolvendo computadores portáteis em aviões, segundo um dirigente sénior norte-americano, que falou sob anonimato, por não estar autorizado a falar sobre assuntos sensíveis.

Dirigentes dos EUA e de Israel procuraram acalmar a situação. O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, H. R. McMaster, disse à imprensa que as revelações de Trump foram “totalmente apropriadas”.

O chefe de Estado também confirmou, no Twitter, que partilhou informação com a Rússia sobre terrorismo e afirmou que, “como Presidente, tenho todo o direito de o fazer” e que só o fez porque quer que os russos “intensifiquem a luta contra o ISIS e o terrorismo”.

O ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, divulgou uma mensagem no Twitter, garantindo que estes dois aliados vão continuar a ter uma “profunda, significativa e inédita” relação de segurança.

Mas algumas das pessoas que passaram anos a defender esta relação preveem consequências destas revelações de Trump.

Trump fez “dois erros muito sérios”, disse o antigo diretor da Agência Central de Informações (CIA) John Brennan, na quinta-feira, durante um encontro de dirigentes financeiros, em Las Vegas.

“Partilhamos muita informação sensível sobre as operações de terrorismo planeadas contra os russos”, disse. “Mas partilhamo-la através dos canais das informações e certificamo-nos de que a linguagem do que se partilha não compromete, seja como for, os nossos sistemas de obtenção das informações. Trump não fez isto”, considerou.

Um antigo diretor da agência de espionagem israelita Mossad, Shabtai Shavit, disse à agência AP que o seu “sentimento é que quem quer que pertença a este clube profissional (círculos de espionagem) está muito irritado”.

Outro antigo diretor da Mossad, Danny Yatom, disse a uma estação radiofónica israelita que se as notícias são certas, Trump causou provavelmente “grandes estragos” à segurança dos EUA e de Israel.

ZAP // Lusa

RESPONDER

-

EUA desenvolvem avião hipersónico secreto

O Pentágono planeia lançar um avião experimental hipersónico secreto que pode funcionar como um foguete, segundo informa o jornal britânico The Independent. A DARPA – Agência de Pesquisa de Projetos Avançados de Defesa, em parceria com …

-

Sindicato da ASAE ameaça pôr Ministério da Economia em tribunal

A Associação Sindical dos Funcionários da ASAE (ASFASAE), reunida no sábado em Lisboa, aprovou “intentar, no imediato”, uma ação judicial contra o Ministério da Economia para pedir indemnizações para os inspetores. A violação do princípio constitucional …

A nova camada de placas tectónicas foi descoberta abaixo de Tonga, no Pacífico

Placas tectónicas recém-descobertas podem explicar terremotos misteriosos no Pacífico

Dentro do manto terrestre, uma imensa camada rochosa que fica entre a crosta e o núcleo da Terra, há uma nova camada de placas tectónicas, diz um novo estudo da Universidade de Houston, no Texas. E …

-

Cientistas descobrem o que causa a queda do cabelo (e como o fazer crescer)

Investigadores da Universidade da Califórnia, em San Francisco, nos EUA, descobriram que as células T reguladoras, um tipo de célula imunológica geralmente associada ao controlo de inflamações, e que induz directamente as células estaminais na …

-

Mulher Maravilha: Sessão exclusiva para mulheres gera polémica

Uma sessão exclusiva para mulheres do filme Mulher Maravilha gerou controvérsia nas redes sociais. A iniciativa veio da parte do Alamo Drafthouse de Austin – cidade onde nasceu esta cadeia de cinemas e capital do estado …

-

Primeiro transplante de medula óssea em Portugal foi há 30 anos

O primeiro transplante de medula óssea foi feito há 30 anos no IPO de Lisboa a uma criança de seis anos e foi “um sucesso”. Cientificamente, a evolução nunca parou neste instituto, faltando agora capacidade …

-

Escola vai usar reconhecimento facial para apanhar alunos desatentos

A Escola Superior de Gestão de Paris vai adoptar um software chamado Nestor, que usa reconhecimento facial para detetar quando os alunos não estão a prestar atenção e inteligência artificial para melhorar as aulas. Numa primeira fase, …

Impressão de artista de um quasar e de uma galáxia vizinha em fusão

Astrónomos detetam galáxias de crescimento rápido que podem resolver puzzle cósmico

Astrónomos descobriram um novo tipo de galáxia no início do Universo, menos de mil milhões de anos após o Big Bang, que estão a formar estrelas a um ritmo cem vezes superior ao da nossa …

-

Médico holandês usou o próprio esperma para inseminar dezenas de mulheres

Jan Karbaat, um médico que morreu em abril, com 89 anos, inseminou em segredo durante décadas dezenas de mulheres que passaram pela sua clínica de fertilidade na Holanda. Em vez de usar o esperma de doadores …

O terrorista suicida de Manchester, Salman Abedi

Polícia de Manchester revela fotografias do terrorista na noite do atentado

A polícia britânica revelou imagens de câmaras de vigilância nas quais aparece o alegado autor do atentado terrorista de Manchester, Salman Abedi, informou o jornal Manchester Evening News. Segundo a polícia, as imagens foram registadas algumas horas …