Espiões dos EUA e Israel irritados com revelações de Trump a russos

Russian Foreign Ministry Handout / EPA

O Presidente Donald Trump no encontro, realizado na Casa Branca, com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak

O Presidente Donald Trump no encontro, realizado na Casa Branca, com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, e o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak

Os EUA e Israel desvalorizam publicamente as alegações de que o Presidente norte-americano partilhou com russos informação sensível, obtida pela espionagem israelita, mas os espiões daqueles países estão frustrados e receosos com as repercussões para a sua parceria.

“Sei como as coisas funcionam nas informações israelitas”, afirmou Uri Bar-Joseph, professor na Universidade de Haifa, em Israel, que tem estudado e escrito sobre as operações de espionagem do Estado de Israel.

“Tenho alguns amigos com quem falo. Eles estão perturbados. Estão sinceramente frustrados e irritados”, disse.

Durante uma reunião na Casa Branca com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo e o embaixador russo nos EUA, na semana passada, Donald Trump partilhou informações sobre uma ameaça proveniente do Estado Islâmico, envolvendo computadores portáteis em aviões, segundo um dirigente sénior norte-americano, que falou sob anonimato, por não estar autorizado a falar sobre assuntos sensíveis.

Dirigentes dos EUA e de Israel procuraram acalmar a situação. O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, H. R. McMaster, disse à imprensa que as revelações de Trump foram “totalmente apropriadas”.

O chefe de Estado também confirmou, no Twitter, que partilhou informação com a Rússia sobre terrorismo e afirmou que, “como Presidente, tenho todo o direito de o fazer” e que só o fez porque quer que os russos “intensifiquem a luta contra o ISIS e o terrorismo”.

O ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, divulgou uma mensagem no Twitter, garantindo que estes dois aliados vão continuar a ter uma “profunda, significativa e inédita” relação de segurança.

Mas algumas das pessoas que passaram anos a defender esta relação preveem consequências destas revelações de Trump.

Trump fez “dois erros muito sérios”, disse o antigo diretor da Agência Central de Informações (CIA) John Brennan, na quinta-feira, durante um encontro de dirigentes financeiros, em Las Vegas.

“Partilhamos muita informação sensível sobre as operações de terrorismo planeadas contra os russos”, disse. “Mas partilhamo-la através dos canais das informações e certificamo-nos de que a linguagem do que se partilha não compromete, seja como for, os nossos sistemas de obtenção das informações. Trump não fez isto”, considerou.

Um antigo diretor da agência de espionagem israelita Mossad, Shabtai Shavit, disse à agência AP que o seu “sentimento é que quem quer que pertença a este clube profissional (círculos de espionagem) está muito irritado”.

Outro antigo diretor da Mossad, Danny Yatom, disse a uma estação radiofónica israelita que se as notícias são certas, Trump causou provavelmente “grandes estragos” à segurança dos EUA e de Israel.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Manuel Alegre e Agustina Bessa-Luís votados para o Nobel

A Academia de Ciências de Lisboa apontou Manuel Alegre e Agustina Bessa-Luís a possíveis candidatos para receberem o próximo Prémio Nobel da Literatura, após convite do Comité Nobel da Academia Sueca. Ainda faltam alguns meses para …

Sushi e peixe cru podem provocar “anisakiasis”

As infecções por parasitas intestinais estão a aumentar com a popularidade do sushi e os riscos do consumo de peixe cru ficaram novamente ilustrados com um caso insólito. O caso foi relatado pelo médico norte-americano Kenny Banh …

Casa dos Horrores: o pai das crianças já tinha raptado a companheira

O mundo ainda está em choque com a descoberta macabra feita pela polícia da Califórnia no passado domingo. Mas o horror vem de trás. O casal David e Louise Turpin é suspeito de manter os 13 …

Fisco espanhol acusa Shakira de fraude fiscal

O fisco espanhol pediu ao Ministério Público para acusar a cantora colombiana Shakira de fraude fiscal, que terá cometido entre 2011 e 2014, noticiou hoje o jornal espanhol La Vanguardia. A administração fiscal espanhola apresentou este …

A fórmula do plástico mais resistente do mundo continua perdida

Uma invenção revolucionária que poderia deixar o mundo mais seguro. Assim foi definido o starlite, material resistente ao fogo e a altas temperaturas, cuja fórmula permanece desconhecida - e poderá estar perdida. O material foi criado …

Não, ter plantas em casa não é prejudicial para a saúde

Desde sempre que a ideia de que ter plantas em casa é prejudicial para a saúde está enraizada na mente de todos - crença, no entanto, comprovadamente errada. A ideia surgiu pelo facto de, no processo …

Deco registou quatro queixas por dia sobre compras online em 2017

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, Deco, recebeu 1.642 reclamações sobre compras feita pela internet em 2017, numa média de quatro queixas por dia, número que sobe para 8.538 no caso da rede …

Vai passar pela Terra um "arranha-céus" a 122 mil quilómetros por hora

Um "asteróide potencialmente perigoso" dirige-se para a Terra a uma velocidade de mais de 122.000 quilómetros por hora, informou a agência espacial norte-americana NASA. O asteróide 2002 AJ129 vai aproximar-se da Terra no próximo dia 4 …

Adepto condenado por morte com very-light detido no Estádio da Luz

O homem condenado há 20 anos por causar uma morte com um very-light foi detido no sábado pela PSP no Estádio da Luz, onde estava proibido de entrar na sequência de uma condenação por posse …

Condutor bêbado adormeceu ao volante... e o seu Tesla parou sozinho

Talvez no futuro os automóveis autónomos consigam levar passageiros bêbedos até casa sem colocar outras pessoas em risco, mas por agora não se pode esperar que nem mesmo um Tesla faça isso. Já é muito …