Espião israelita condenado a prisão perpétua nos EUA vai ser libertado

Tamar hayardeni / Wikimedia

Em habraico, "queremos Polard em casa"

Em habraico, “queremos Polard em casa”

O espião israelita Jonathan Pollard, condenado a prisão perpétua, será libertado nos Estados Unidos em novembro, depois de três décadas na prisão, informaram hoje fontes israelitas.

Fontes oficiais, citadas pelo serviço de notícias Ynet, que não as identifica, asseguraram que Pollard sairá da prisão este ano e negaram que a sua libertação, amplamente solicitada por Israel, suponha “uma compensação” norte-americana pelo pacto nuclear com o Irão, ao qual o governo israelita se opõe.

De acordo com as mesmas fontes, a libertação foi decidida há três semanas no âmbito de um procedimento judicial habitual de revisão da pena e sem que os governos israelita ou norte-americano se envolvessem de algum modo.

O deputado Nachman Shai, da União Sionista e presidente da comissão parlamentar para a libertação de Pollard, afirmou que o espião “não é uma carta política e relaciona-lo com o acordo com o Irão ou a libertação de presos árabes é ridículo, vergonhoso e humilhante”.

A ex-mulher de Pollard negou sábado ter recebido a confirmação oficial da sua libertação.

Na sexta-feira, uma fonte do Departamento de Justiça norte-americano confirmou à agência noticiosa EFE que, “em novembro de 2015, Pollard poderá optar pela liberdade condicional antecipada”, que supõe a libertação de um detido antes do fim da pena, sob certas condições.

Pollard, judeu norte-americano de 60 anos, que obteve a nacionalidade israelita quando estava já na prisão, foi detido em 1985 quando trabalhava como analista civil para a Marinha norte-americana, acusado de entregar documentos secretos aos serviços secretos israelitas, pelo que foi condenado a prisão perpétua em 1987.

Inicialmente, Israel negou que tivesse pago a Pollard pelas informações, mas, cerca de uma década depois, reconheceu que ele tinha sido seu espião.

A sentença de Pollard estipula que pode ser libertado 30 anos depois da detenção, desde que não haja objecções da Comissão de Liberdade Condicional.

O governo israelita reclama desde há anos um indulto a Pollard.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há mais de 100 mil crianças migrantes detidas nos EUA, garante a ONU

Mais de 100 mil crianças migrantes estarão atualmente em centros de detenção nos Estados Unidos (EUA), disse na segunda-feira um perito independente da Organização das Nações Unidas (ONU), esclarecendo que esta estimativa, que classificou como …

Milhares de manifestantes impedem abertura do parlamento do Líbano

Milhares de manifestantes bloquearam esta terça-feira os acessos ao parlamento do Líbano, obrigando a adiar novamente a análise de várias leis, como a que prevê uma amnistia a quem tem impostos em dívida, contestada por …

Huawei quer implementar 5G no Brasil

O Presidente do Brasil afirmou na segunda-feira que a gigante das telecomunicações chinesa Huawei pretende instalar a tecnologia de quinta geração (5G) no país, mas rejeitou que tenha sido feita uma proposta. O anúncio foi feito …

Benfica lança OPA para controlar SAD. Ações valorizam 70%

As ações da Benfica SAD estavam a valorizar 70%, para os 4,70 euros, um dia depois da Sport Lisboa e Benfica SGPS ter lançado uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre 28,067% do capital da …

Califórnia processa empresa por promover cigarros eletrónicos com sabores para atrair jovens

A Califórnia, nos Estados Unidos (EUA), abriu na segunda-feira um processo contra a Juul, marca líder de cigarros eletrónicos, acusando-a de desenvolver uma estratégia de marketing focada na conquista de menores de idade para adquirir …

Luis Enrique volta a assumir o comando da seleção espanhola

O treinador vai reassumir as funções de selecionador de futebol de Espanha, que deixou para acompanhar a doença da filha, que faleceu em agosto com um cancro ósseo. Luis Enrique, de 49 anos, regressa aos comandos …

Governo suspendeu 18 obras na ferrovia consideradas prioritárias

A Infraestruturas de Portugal (IP) adiou e/ou atrasou ou 18 obras do setor ferroviário que estavam contemplados no programa Ferrovia 2020 e eram consideradas prioritárias. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Suspeito do roubo das pistolas Glock implicou Direcção da PSP (mas nunca foi interrogado sobre isso)

O polícia que está acusado do roubo das pistolas Glock da PSP insinuou, em conversas telefónicas, que haveria chefias da Direcção Nacional desta força policial envolvidas na prática do crime. Apesar disso, nunca terá sido …

O Natal traz emoções fortes. Viva-as intensamente

Quando o tempo frio faz as suas primeiras aparições, quase imediatamente alguém afirma “não tarda nada estamos no Natal”. De facto, a quadra natalícia é o grande prémio de consolação do Inverno: o motivo pelo qual …

Estádio para os Jogos Olímpicos concluído antes da data prevista

O estádio Nacional Japonês, sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020, está concluído, a um mês da estreia oficial, informou esta terça-feira o organismo proprietário do complexo. De acordo com o Conselho de …