Espião israelita condenado a prisão perpétua nos EUA vai ser libertado

Tamar hayardeni / Wikimedia

Em habraico, "queremos Polard em casa"

Em habraico, “queremos Polard em casa”

O espião israelita Jonathan Pollard, condenado a prisão perpétua, será libertado nos Estados Unidos em novembro, depois de três décadas na prisão, informaram hoje fontes israelitas.

Fontes oficiais, citadas pelo serviço de notícias Ynet, que não as identifica, asseguraram que Pollard sairá da prisão este ano e negaram que a sua libertação, amplamente solicitada por Israel, suponha “uma compensação” norte-americana pelo pacto nuclear com o Irão, ao qual o governo israelita se opõe.

De acordo com as mesmas fontes, a libertação foi decidida há três semanas no âmbito de um procedimento judicial habitual de revisão da pena e sem que os governos israelita ou norte-americano se envolvessem de algum modo.

O deputado Nachman Shai, da União Sionista e presidente da comissão parlamentar para a libertação de Pollard, afirmou que o espião “não é uma carta política e relaciona-lo com o acordo com o Irão ou a libertação de presos árabes é ridículo, vergonhoso e humilhante”.

A ex-mulher de Pollard negou sábado ter recebido a confirmação oficial da sua libertação.

Na sexta-feira, uma fonte do Departamento de Justiça norte-americano confirmou à agência noticiosa EFE que, “em novembro de 2015, Pollard poderá optar pela liberdade condicional antecipada”, que supõe a libertação de um detido antes do fim da pena, sob certas condições.

Pollard, judeu norte-americano de 60 anos, que obteve a nacionalidade israelita quando estava já na prisão, foi detido em 1985 quando trabalhava como analista civil para a Marinha norte-americana, acusado de entregar documentos secretos aos serviços secretos israelitas, pelo que foi condenado a prisão perpétua em 1987.

Inicialmente, Israel negou que tivesse pago a Pollard pelas informações, mas, cerca de uma década depois, reconheceu que ele tinha sido seu espião.

A sentença de Pollard estipula que pode ser libertado 30 anos depois da detenção, desde que não haja objecções da Comissão de Liberdade Condicional.

O governo israelita reclama desde há anos um indulto a Pollard.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …

"Fracasso" no combate à covid-19. Diretora de Saúde de Israel demite-se

Siegal Sadetzki, diretora dos serviços públicos do Ministério da Saúde de Israel, denunciou o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação da covid-19 no país, apresentando a sua demissão. Uma responsável do Ministério da Saúde de …

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação, no âmbito do concurso externo imposto ao Estado pela União Europeia. Mais de 800 professores passaram a integrar os quadros do Ministério da Educação através …

Após saída do primeiro-ministro, Macron faz remodelação governamental e muda ministros-chave

O Presidente francês Emmanuel Macron aproveitou a mudança de primeiro-ministro para levar a cabo uma profunda remodelação do seu Governo. Anunciada na segunda-feira, a grande mudança é o novo ministro do Interior, Gérald Darmanin, até …

Marcelo promete ir todas as semanas ao Algarve para "puxar pelo turismo"

O Presidente da República disse esta segunda-feira, no Algarve, que é necessário “olhar para a frente e lutar” para o turismo na região superar as perdas causadas pela exclusão de Portugal do corredor aéreo com …

Portugal sabe a 27 de julho se entra nos corredores aéreos do Reino Unido

A reavaliação da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido, da qual Portugal foi excluído devido aos surtos de covid-19, vai ser feita a 27 de julho, revelou esta segunda-feira o …

Efacec. Estado não vai assumir a dívida de Isabel dos Santos aos bancos

O Conselho de Ministros português aprovou, na quinta-feira, a nacionalização de 71,73% do capital social da Efacec, pertencentes à empresária angolana Isabel dos Santos. Pedro Siza Vieira, ministro da Economia, defendeu esta terça-feira que o Estado …