Terreiro do Paço vai encher. São esperados 50 mil professores para manifestação em Lisboa

Miguel A. Lopes / Lusa

São esperados este sábado mais de 50 mil professores do básico e do secundário no Terreiro do Paço, em Lisboa, para entoarem cânticos e pregões contra o Governo, exigindo que seja considerado todo o tempo de serviço congelado.

Esta deverá ser a maior manifestação nacional de professores desde que o Governo de António Costa tomou posse. De acordo com a Fenprof, citada pelo Sol, na quinta-feita à noite eram mais de 200 os autocarros reservados pelos professores, em todo o país, para se deslocarem a Lisboa para a manifestação.

E, em ano de eleições legislativas, os protestos dos professores estão longe de estar no fim. Durante a manifestação, a plataforma de dez sindicatos anuncia uma nova vaga de protestos, estando no horizonte, pelo menos, uma nova manifestação nacional a 5 de outubro, um dia antes das legislativas.

Entre a lista de protestos, foi esta a opção mais votada pelos professores, recolhendo 91,4% dos votos de 32.974 professores que foram auscultados pelos sindicatos nas últimas semanas.

Quase todos os professores que foram ouvidos pelos sindicatos nas escolas (97%) dizem não querer abrir mão da contabilização dos nove anos, quatro meses e dois dias do tempo de serviço congelado.

Além da manifestação a 5 de outubro, os docentes podem ainda vir a marcar várias greves no final do ano letivo. Em cima da mesa estão greves de um dia durante várias semanas, greve às avaliações dos alunos (a partir de 6 de junho) ou aos exames e provas finais. Caso seja marcado algum destes protestos, o final do ano letivo irá atrasar.

Há mais de um ano e cinco meses que os professores têm vindo a travar com o Governo um braço-de-ferro por causa do tempo de serviço. Durante todo este período de negociações, a plataforma sindical tentou negociar com o Governo a contabilização total do tempo de serviço congelado, de forma gradual e faseada, até 2025. Esta solução está a ser aplicada na Madeira e que vai ser adotada nos Açores, a partir de setembro.

O Governo rejeitou sempre aplicar essa solução alegando falta de verbas para a medida que os ministérios da Educação e das Finanças dizem custar cerca de 600 milhões de euros. Por isso, no início deste mês, o Governo aprovou em Conselho de Ministros um decreto-lei que reconhece aos docentes apenas dois anos, nove meses e 18 dias.

No entanto, tanto o Bloco de Esquerda como o PCP já chamaram ao Parlamento o diploma do Governo para que seja alterado. Também o PSD já pediu apreciação parlamentar do diploma, mas os sociais democratas defendem uma solução mista para os professores – parte do tempo de serviço seria contabilizado para efeitos de progressão na carreira e os anos restantes seriam para efeitos de aposentação antecipada, sem penalizações. Esta é também a solução defendida pelo CDS.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não sabem que a Educação, a Saúde e a Segurança Social não são prioritárias para este governo e que os bancos, esses sim, estão em primeiríssimo lugar?

RESPONDER

"Os pássaros não são estúpidos". Secretário de Estado desvaloriza críticas a aeroporto do Montijo

Os ambientalistas têm alertado que dezenas de milhares de aves de médio e grande porte cruzam-se na zona de proteção especial do estuário do Tejo, junto ao local onde será construído o novo aeroporto do …

Acusado de racismo e sexismo, conselheiro político de Boris demite-se

Andrew Sabisky, conselheiro direto do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, demitiu-se esta segunda-feira, depois de ser acusado de racismo e sexismo pelo próprio Partido Conservador por causa de declarações suas no passado. Em causa estão declarações feitas …

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …