Espanhol filma incendiários em ação

kylewith / Flickr

-

3 em cada 4 incêndios florestais têm origem criminosa

Grande parte dos incêndios florestais, em qualquer país do mundo, têm uma coisa em comum: mão criminosa – e este vídeo é a prova de que não é, necessariamente, apenas uma.

Os incêndios florestais não são só um problema para Portugal. Outros países, em que as temperaturas elevadas e os ventos fortes se fazem sentir, também são alvo de fogos.

Não é preciso ir muito longe. Aqui ao lado, em Espanha, um homem gravou o momento em que um grupo organizado ateou fogo a uma floresta em Arbo, na Galiza.

É possível perceber que é um grupo organizado devido à forma como os focos, do mesmo incêndio, vão surgindo: em poucos minutos aparecem cinco pequenas fogueiras, em linha reta e à mesma distância ao longo da lateral de uma montanha.

Esta é a prova de que um incêndio não tem apenas uma mão criminosa, pode ter várias.

35% dos incêndios florestais que fustigam o Alto Minho deflagraram à noite e “têm mão humana”, denunciou esta terça-feira Paulo Esteves, Comandante Operacional de Agrupamento Distrital do Norte.

3 em cada 4 incêndios florestais têm origem criminosa, afirma por seu turno o presidente da Liga de Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, que atribiu os restantes 25 por cento a casos de negligência.

Já esta sexta-feira, o Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, admitiu que a indústria do fogo dá dinheiro a muita gente.

“Como se faz isto?”, questiona Jorge Gomes, referindo-se ao incêndio de Águeda, que arde há uma semana, “que recursos foram usados para fazer uma frente de arranque desta dimensão?.

O incêndio deflagrou pelas 4 da manhã “com uma frente de cinco quilómetros de extensão”.

Detida mulher suspeita de atear fogo em Gaia

Já este sábado, a GNR anunciou a detenção de uma mulher de 59 anos, suspeita de ter ateado fogo numa zona de mato nas proximidades de Avintes, Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto.

Em comunicado, a GNR refere que a mulher foi detida pelas 20:30 de sexta-feira por militares do Núcleo de Investigação criminal daquela força policial de Gaia.

A mulher, diz o comunicado da GNR, “é a principal suspeita pela autoria do incêndio que deflagrou numa zona de mato nas proximidades da localidade de Avintes, que colocou em sério risco uma zona arborizada e de habitações”.

O incêndio foi extinto graças à pronta intervenção de populares.

Na ocasião da detenção, a mulher encontrava-se alcoolizada, especifica o comunicado da GNR.

ZAP / Lusa / Bom Dia

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Tanto barulho não sei para quê. Daqui a um ano estará tudo na mesma, tal como estava há 1 ano atrás e há 2, há 3, há 10…
    Como é possível apanharem incendiários pela TERCEIRA VEZ.
    Para o ano que vem, apanham-no pela quarta vez.

      • o “ele-o verdadeiro” não é cego…. é burro e ainda por cima idiota ( sem ofensa ao quadrúpede que deve ter um q.i. 29 vezes superior ao cujo humano)!…. criminosos incendiários e seus colaboradores, instigadores, pagantes e beneficiários deviam ser condenados a pena de morte, pelo fogo. eles adoram o fogo portanto deviam ser colocados no meio dos incêndios!.

        • Ó otário, escolheste bem o nome, fica-te que nem uma luva. O verdadeiro tem razão, pois o que aparece são fogos a favor do vento, coisa que qualquer bombeiro te dirá ser normalíssimo. Por isso os bombeiros receiam o vento. Sem vento isso não acontece. Como se sabe que estava vento? Pela inclinação do fumo, sem vento o fumo sobe na vertical. Percebeste Otário-malcriado-da-silva-ignorante?

        • As faúlhas do fogo com o vento, são lançadas até bastante longe na direcção do vento e provocam imediatamente novos focos… Isso tb é um facto. Mas o fogo original, esse foi de certeza posto.

    • Deve ter esquecido de colocar os seus óculos.
      Então não viu pequenas chamas a várias distancias umas das outras?
      Isso significa que estavam várias pessoas a deitar fogo ao mesmo tempo.
      Não há outra explicação.

  2. Triste triste de saber… é que há métodos de detecção de incêndios de alta-eficiência abaixo de 1 eur por hectare, e por uma questão inexplicável de interesses não são aplicados.

    Criminosos e doidos vão sempre existir, é um facto! Portanto se não podemos alterar essa realidade (porque assim o parece) temos de prevenir o pior cenário possível.

    O povo Português não se revolta… aceita tudo! Não pode ser assim!!!

    Se um político faz me#”$a… tem de ser responsabilizado exemplarmente! Se um polícia faz me”!$#da.. tb tem de comer a sopa!! Se um cidadão faz m#$da tem de ser castigado!! TODOS têm responsabilidades sejam eles quem forem!!! Queixarem-se à mesa de café de nada serve!!!

    Indignem-se… e mostrem a vossa revolta nas ruas!! Senão daqui a 1 ano está tudo igual.. e como alguém disse aqui “Para o ano que vem, apanham-no pela quarta vez..”.

    É triste.. MAS É VERDADE!!!

  3. Gastam-se milhões com o ataque e tostões com a prevenção. Constroem-se torres de vigia e metem lá “putos” que passam o dia agarrados ao computador ou ao smartfone debaixo delas a brincar na internet, sem saberem onde fica o norte, o sul, o este e o oeste. Conhecimento de comunicações e orientação ,nicles .Quase como o “outro” que deu telefones aos pastores esquecendo-se que não havia rede.
    Gastam-se outros milhões em câmaras e circuitos internos de vigilância que passam grande parte do tempo inoperativos por várias razões e acabaram com a vigilância aérea, feita pelos vários aeroclubes do país quase gratuitamente.
    Meus senhores, não há nem torres nem câmaras que vejam tanto como dois observadores,(piloto e observador) a 5000″ de altitude sobevoando a floresta.

  4. É o próprio garoto que diz que não se vê lá ninguém! – o que se vê são focos secundários causados pelas fagulhas que caem junto do material já pré-aquecido pela passagem do ar quente que sobe a encosta. Como é uma floresta de eucalipto começa a emanar gases voláteis e inflamáveis… Há também quem não saiba que o eucalipto provoca projecções de fagulhas a Kms de distância ( de noite e de dia) .
    É por causa deste jornalismo desinformativo que temos um país de inconscientes à procura dos “incendiários” quando na realidade a maioria dos incêndios é causada por actos triviais do dia a dia (negligentes) que nesta época do ano se tornam perigosos – se a floresta estivesse bem gerida e ordenada nada disto aconteceria.

  5. Falar do que não se sabe, como é o caso também é triste. Onde estão os incendiários? Aqui fala-se que um espanhol filmou incendiários, alguém os viu? Algum destes comentadores já andou no meio de um fogo para perceber a dinâmica de um incêndio? Porque pensam que têm morrido tantos bombeiros no combate a incêndios? Alguém anda a deflagrar focos de incêndio que os cercam e matam? Deixem-se de filmes. Há realmente cerca de 75% de fogos com origem criminosa, mas daí a não saberem que uma faúlha incandescente com o vento, cria novo foco de incêndio por vezes a Kms…E qd há centos de faúlhas?

  6. Bem, eu não tenho duvida nenhuma que grande parte dos incêndios têm origem criminosa. Inclusivé as historias de objectos largados a partir de aviões e helicópteros durante a noite não são novas, no entanto, dizer que o que se está a ver é obra de incendiários é mesmo de quem não sabe do que está a falar. Eu já assisti a novos focos ateados a mais de 1km do incendio principal apenas graças à ação do vento forte e fagulhas grandes que devido ao ar quente, seco e forte conseguem viajar muito tempo pelo ar. Como se pode ver pelas imagens os focos novos começam no sentido do vento, que pelas imagens parece estar forte. Se fosse um incendiário e partido do principio que tinha minimamente inteligência, não ia arriscar atear incêndios no sentido do vento podendo ficar lá. A dinâmica de um incendio é muito complicada e imprevisível porque a turbulência gerada é enorme, daí a dificuldade em prever como progride.

  7. Neste assunto existe vários culpados.
    1º os proprietários das casas não cortam o mato a volta das mesmas
    2º as aldeias não se juntam umas as outras para combater o fogo quando ele está rasteiro que é fácil de apagar como faziam á muitos anos (é o deixa arder que ainda não chegou ao que é meu) em Agosto já vi começo de fogo junto á estrada e ninguém o apaga incluindo os emigrantes e os turistas excluindo os velhotes que não podem
    3º os bombeiros só combatem junto ás estradas e preferência de alcatrão, estando sempre a espera dos meios aéreos.
    4º os donos dos terrenos não limpam e não abrem corta fogos para os bombeiros poderem lá ir, porque não querem perder alguns m2 de terreno.
    5º Quanto a quem incendeia. Já ouvi falar na TV que apanharam bidons com combustivel e rastilho semi queimado só podem ser organizações e alguns individuais. Os que fossem apanhados iam presos muitos anos e depois nos meses quentes eram novamente engavetados para não pegarem mais fogos.

    • Ó Francisco, no 1º Lugar dos culpados estão os incendiários, e apesar de alguns proprietários serem negligentes, eles são em 1ºLugar as vítimas.
      E num país com leis e justiça a sério não existiria nem um incendiário, e consequentemente apenas 20% dos fogos.

  8. Quando já não houver mais nada para arder a humanidade tenderá a desaparecer poderá ser que na altura governantes e juízes pensem mandar construir um panteão para todos os incendiários para que se um dia este planeta for descoberto por algum extraterrestre compreendam melhor a razão da sua extinção e a ultima homenagem que a humanidade lhe prestou.

RESPONDER

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …

PSD dá a Costa espaço para reformar o SNS sem o Bloco

O ministro-sombra da saúde de Rui Rio, Luís Filipe Pereira, está a preparar um documento estratégico sobre o SNS. O PSD pretende, assim, ir a jogo na discussão sobre o futuro do Serviço Nacional de Saúde. A …

O Benfica criou um plano para mandar no futebol português

Emails revelados pelo blogue do "Mercado de Benfica" mostram que os quadros do clube debateram entre si uma estratégia a cinco anos para influenciar e dominar as "diferentes áreas do poder da indústria" do futebol português, …

Governo admite baixar portagens para SUVS e crossovers

O ministro Pedro Marques admite passar carros SUV e crossover de classe 2 para 1 nas portagens, afirmando que a atual classe 2 "pode ser um bloqueio a viaturas mais eficientes". O ministro do Planeamento, Pedro …

Portugal continua no caixote do lixo da Moody’s

A Moody's não se pronunciou sobre a notação de crédito de Portugal. Nos próximos seis meses, continuará a ser a única agência a manter o país abaixo do "grau de investimento". A agência de notação financeira …

Consultor Constantino Sakellarides demite-se em divergência com ministro da Saúde

O consultor do ministro da Saúde, Constantino Sakellraideser, entregou, na quinta-feira, uma carta de demissão a Adalberto Campos Fernandes devido a divergências de pensamento. Constantino Sakellarides, o consultor do ministro da Saúde que, há dois anos, …

Kim Jong-un anuncia suspensão de testes nucleares e balísticos

O regime norte-coreano anunciou a suspensão dos testes nucleares a partir de sábado e o desmantelamento da base de Punggye-ri. Este gesto foi bem recebido pelos EUA e aliados, embora não dê indicação de que …