/

“Mais próximos do normal”. Espanha levanta obrigação de máscaras no exterior na próxima semana

Mariscal / EPA

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou hoje que as máscaras vão deixar de ser obrigatórias nos espaços exteriores em Espanha a partir de sábado, dia 26 de junho.

“Este será o último fim de semana com máscaras em espaços exteriores”, avançou o chefe do Governo de Espanha no início do seu discurso no encerramento de uma reunião do Círculo de Economia, realizada em Barcelona.

“Estamos a ficar mais próximos do normal a cada dia. Queremos que a economia se recupere e seja justa e duradoura”, referiu Sánchez, citado pelo El País.

Desta forma, Espanha segue o caminho traçado por estados como França, que desde a última quinta-feira deixou de exigir o uso de máscara na rua.

A partir da próximas semana será possível andar sem máscara em espaços exteriores desde que seja mantida a distância de segurança de 1,5 metros, de acordo com os documentos técnicos que as comunidades autónomas acordaram com o Ministério da Saúde.

Antoni Trilla, professor de Medicina Preventiva da Universidade de Barcelona, refere ao jornal espanhol que esta é uma boa altura para a decisão ser tomada devido ao estado epidemiológico do país e às altas temperaturas que se têm feito sentir – o que pode inibir ainda mais a disseminação do vírus.

Ainda assim, o especialista frisa que “não é aconselhável ficar em contacto com outras pessoas durante muito tempo caso não se esteja a usar máscara. Dentro de casa será importante continuar a usá-las”.

Segundo Pedro Sánchez, será realizado um Conselho de Ministros extraordinário para aprovar a medida na próxima quinta-feira.

  Ana Isabel Moura, ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE