Espanha emite mandado de captura contra Netanyahu

World Economic Forum / Flickr

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

A justiça espanhola emitiu um mandado de captura contra Benjamin Netanyahu – a partir de agora, o primeiro-ministro de Israel será detido se colocar os pés no país vizinho. 

Em causa está a responsabilidade política do primeiro-ministro israelita no massacre da chamada “Flotilha da Liberdade”, que ocorreu em 2010.

O mandato de captura espanhol contra Benjamin Netanyahu, visa ainda outros seis responsáveis do governo de Israel, nomeadamente o antigo ministro da Defesa, Ehud Barak, o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman, e o ex-ministro dos Assuntos Estratégicos Moshe Ya’alon, actual ministro da Defesa.

Também o ex-ministro do Interior, Eli Yishai, o ex-ministro Benny Begin e o vice-almirante Maron Eliezer, responsável directo pela operação militar, são visados pela justiça espanhola.

O caso é da competência do Tribunal Nacional de Espanha e centra-se no ataque perpetrado por forças israelitas contra o navio “Mavi Marmara”, que carregava ajuda humanitária com destino a Gaza.

Em reacção a este mandato de captura, um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros israelita fala numa “provocação” e refere que as diplomacias dos dois países estão a “trabalhar” para que o mesmo seja cancelado.

ZAP

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Estes espanhois são mesmo estupidos, tratem mas é de ver quem vos quer matar com ataques terroristas, e deixem-se de brincadeiras de mau gosto.

  2. Os espanhois nao sao estúpidos… UM JUIZ espanhol tem decidido esto. Irmao luso, por favor nada de generalizar. Não faz bem a ninguém.

  3. realmente os espanhóis são doidos, claro que os israelitas não são santos, mas nenhum governo seria perto dos palestinianos, basta ver a ultima onde de ataques com facas,antes com homens e mulheres bombas e tudo o mais. Já todos vimos que não se consegue negociar com “terroristas” e dos primeiros que houveram saíram da Palestina, lembremos Arafat. Dito isto preocupem-se com a possível independência da Catalunha.

  4. É tão triste quando as primeiras pessoas a comentar são desprovidas de neurónios e coração. A pessoa “Sinceramente” mostra que não se importa com as mortes das pessoas que com boas intenções decidiram acabar com o sofrimento da população de Gaza que basicamente vive no maior Ghetto do Mundo. a semelhança do que os Nazis fizeram com os Judeus na Segunda Guerra. Este/a é a pessoa desprovida de coração.
    O acéfalo “Paulo” para que não sabe ler senão sabia que com esta crise dos esfaqueamentos já morreram 10 vezes mais Palestinianos do que Israelitas. Para uma onde de ataques por parte dos Palestinianos está um bocado estranho não ? Eu até lhe aconselharia a ler exactamente o que se passa com os Palestinianos desde 1947 mas duvido que tenha a capacidade de ler.

    • Realmente há que ter pena dos coitados da Palestina… mas pensando um pouco se eles tivessem o poderio de Israel aquele país ainda existia?! Penso que está tudo dito.

      • Calado serias um poeta! Já pensaste em quem financia o autodenominado ISIS?? Porque será que uns islamitas radicais nunca atacam Israel?

    • Oh coitadinhos dos palestinianos, não fazem mal a uma mosca… Eheheheh!
      Já o governo espanhol em vez de se preocupar com a ajuda humanitária, preocupe-se com as redes bombistas também vindas da Palestina.

    • Impavido: Não se preocupe, há quem o compreenda. Eu, por exemplo.
      Estas pessoas só devem ler o que vai nos jornais, nem distinguem o que é propaganda ou não, por isso, são o espelho da ignorância.
      Se ao menos se preocupassem com o que se passa no mundo, tentavam ver os dois lados da história. Mas não. Devem pensar também que todos os muçulmanos são terroristas, esquecendo-se que até os cristãos já mataram “infiéis” em nome de Deus.
      Não devia ser só em Espanha, mas no mundo TODO, porque cometeu crimes contra a Humanidade. E não é só ele, não.

    • Lamento os comentários do comentarista Paulo. É por demais conhecido que num conflito, seja ele qual for, ninguém tem razão a 100%….
      Mas, recordemos um pouco a Historia ao ilustre comentarista Paulo, com efeito ao ao período anterior a 1947. Recordemos-lhe que as 12 tribos de Israel das quais surgiram os Judeus são anteriores a Cristo e que em Gaza / Palestina havia uns quantos nómadas sem qualquer conceito de nacionalidade – logo, quem e segundo o factor idade, tão querido por si, quem tem direito à terra?

      Por outro lado, os ingleses (Balfour) sempre jogaram com ambos, dando origem a esta confusão toda…

  5. Era mais eficiente se o mandado tivesse sido emitido durante uma qualquer visita do homem a Espanha. Assim, não põe lá os pés. A não ser que tenha validade internacional como aconteceu com o Pinochet.

  6. oh impavido ja te alistavas no hamas para vestir o famoso colete, nao? querias que os israelitas continuassem a morrer aos magotes em atentados suicidas? ja que gostas tanto de historia recua ate 2000 anos atras quando os judeus foram expulsos da JUDEIA! Deves ser descendente de Torquemada!

  7. Custa-me ler alguns dos comentários que aqui se escrevem. Só escrevo para agradecer ao IMPAVIDO pelo facto de ter a lucidez de ver o lado dos oprimidos e entender a luta deles. Não estou de acordo com as suas formas de luta, mas gostava de saber qual seria a atitude dos portugueses caso a Espanha resolvesse anexar parte do nosso território com colonatos e massacres, escorraçando-nos das melhores terras como é o caso de Israel.
    Talvez não fizéssemos nada, a avaliar por Olivença, mas isso não seria por sermos maiores mas pelo contrário.

  8. Acho muito bem !!! Pelo menos os espanhóis têm-nos no sítio !!! Não
    são como os políticos ( e não só ) poortugas subservientes aos sionistas que são o problema mundial nº 1 !!!

  9. Pois é, quem atacou Israel na intenção de os aniquilar de vez e em 6 dias viu tudo virado do avesso deve sentir uma grande frustração, agora continuam alguns ainda a sofrer as consequências mas a vida é assim mesmo, quanto aos espanhóis será melhor que vão olhando para dentro e verifiquem bem aqueles que mantêm à força sob a sua alçada. O que se pretende aqui na Europa é impingir uma democracia cada um à sua maneira com o apadrinhamento de todos no entanto os buracos estão cada vez mais à vista, temos agora o caso do senhor Hollande que depois da casa assaltada afirma fazer uma guerra sem tréguas ao EI quando tem a casa a abarrotar de islâmicos, será que os vai eliminar a todos?.

      • SKYTURTLE

        As terras são melhores porque são trabalhadas ao contrário dos árabes que regra geral parasitam…
        Quem conhece o esforço que Israel desencadeou para subsistir, transformando pedras em terrenos agrários, água salinizada em água potável, deserto em florestas, etc., não se atreveria a proferir tais impropérios.

RESPONDER

Coreia do Norte reitera que não tem infetados. Coreia do Sul desconfia

A Coreia do Norte reafirmou que não regista nenhum caso de coronavírus (covid-19), numa declaração feita por um alto responsável pelo setor da Saúde de Pyongyang citado esta quinta-feira pela Agência France Presse. A Coreia do …

Ovar já tem linha telefónica própria para retirar pressão à Saúde 24

A Linha de Apoio Covid Ovar vai garantir assistência atempada à comunidade de 55.400 habitantes do concelho e é exclusiva para utentes que suspeitem ter sintomas do novo coronavírus. O Município de Ovar ativa, esta quinta-feira, …

Durão Barroso defende coronabonds (mas a prioridade é outra)

Em entrevista à SIC Notícias, Durão Barroso concordou com a criação dos ​​​​​​​coronabonds, mas defendeu que a prioridade é resolver "a crise humanitária". Durão Barroso considerou, em entrevista à SIC Notícias, que as instituições europeias têm …

Do empréstimo milionário à nacionalização. As soluções da TAP para resistir à crise

A TAP está a enfrentar uma das suas piores crises, face à pandemia de covid-19, e há várias soluções em cima da mesa, desde um empréstimo com aval do Estado à nacionalização da empresa. Para fazer …

"Matem-nos". Presidente das Filipinas autoriza disparos contra quem violar quarentena

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ordenou aos agentes da polícia e aos militares que disparem sobre qualquer pessoa que esteja a causar "problemas" durante o isolamento obrigatório, decretado devido à da pandemia de Covid-19. De …

Há mais de nove mil casos de covid-19 em Portugal. Número de recuperados sobe para 68

Um mês desde o primeiro teste positivo confirmado do novo coronavírus no país, Portugal tem um total de 9.034 casos confirmados de Covid-19, segundo o Relatório da Direção Geral da Saúde sobre a situação epidemiológica …

Ramalho Eanes: "Nós, os velhos, se for necessário oferecemos o nosso ventilador"

O antigo Presidente da República apelou aos mais "velhos", como ele, para darem o exemplo neste combate ao coronavírus, caso Portugal passe por uma situação semelhante à de Itália ou Espanha. Em entrevista à RTP, o …

"Profundamente preocupados". 13 países enviam recado a Viktor Orbán

Portugal e mais 12 países, entre os quais França, Bélgica e Espanha, garantiram, numa declarações conjunta, que apoiam a iniciativa da Comissão Europeia para verificar se as medidas de emergência implementadas respeitam os valores europeus. Os …

Da gripezinha ao "problema mundial". Bolsonaro fala com Trump e anuncia mais medidas

Jair Bolsonaro mudou de tom. Esta quarta-feira, o Presidente brasileiro anunciou um novo pacote financeiro de apoio a medidas para "manutenção de empregos", uma das suas maiores preocupações diante da pandemia de covid-19. O Presidente brasileiro, …

Bale não abdica de salário milionário e quer ficar em Madrid

Bale vai rejeitar todas as propostas que receber para sair do Real Madrid no final da temporada. O jogador não aceita uma redução do seu salário de 19 milhões de euros anuais. Gareth Bale não tem …