Espanha com mais de 10.000 casos diários. França regista recorde de novas infeções

Guillaume Horcajuelo / EPA

Espanha registou nas últimas 24 horas mais de 10.000 novos casos. A “vizinha” França deu conta de quase 9.000 casos, num recorde desde o início da pandemia.

Espanha contabilizou esta sexta-feira 10.476 novos casos de covid-19, um aumento de quase 1.500 em relação a quinta-feira, elevando para 498.989 o número de infetados desde o início da pandemia, segundo números do Ministério da Saúde espanhol.

O país tem mais 184 mortes com a doença notificadas nas últimas 24 horas, depois das 40 comunicadas na quinta-feira, aumentando o total de óbitos para 29.418.

Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de novas infeções, 3.245 nos números contabilizados esta sexta-feira, um terço do total nacional. Deram entrada nos hospitais com a doença desde quinta-feira 1.070 pessoas, das quais 311 em Madrid, 141 na Andaluzia e 93 na Catalunha.

Tiveram alta do hospital 852 pessoas, o que significa que o número de internados está a aumentar, estando hospitalizadas 7.392 pessoas em todo o país.

O Ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa, anunciou esta sexta-feira um novo pacote de medidas de saúde pública coordenado com as comunidades autónomas que será aprovado na próxima semana, incluindo um registo das pessoas que tomem vacinas experimentais contra a covid-19, o que servirá para monitorizar a sua evolução.

Entretanto, o Governo regional de Madrid decidiu endurecer as medidas de luta contra a propagação da covid-19, limitando a partir de segunda-feira a um máximo de 10 pessoas as reuniões em espaços públicos e privados. Outras medidas anunciadas esta manhã pelo executivo regional estipulam que a afluência vai diminuir de 75% para 60% nos casamentos, bem como nos locais de culto e cemitérios.

Nas festas de casamento passa a ser proibido dançar ou comer de pé, as vigílias ao ar livre terão um máximo de 50 participantes e as em lugares fechados 25, e nos funerais e crematórios será permitido um máximo de 50 pessoas.

A comunidade de Madrid estabeleceu uma distância mínima de 1,5 metros entre as cadeiras nos estabelecimentos de restauração, uma separação que até agora só era necessária entre as mesas. Também passa a ser proibida a participação de público em touradas, que até agora podiam ter uma capacidade máxima de 75% da lotação, e não serão autorizadas atividades de entretenimento ou recreativas públicas em recintos e áreas normalmente não dedicadas a tais atividades.

França com recorde de casos diários

Já a França registou 8.975 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um recorde absoluto desde o início da pandemia no país, revelaram esta sexta-feira as autoridades.

Ao mesmo tempo, o número de hospitalizações voltou também a aumentar, havendo agora 4.671 pessoas internadas e 473 desses pacientes estão nos cuidados intensivos (mais 46 do que na véspera). Só na última semana houve 1.628 internamentos.

No total, desde o início da pandemia, já foram identificados mais de 300 mil casos e a taxa de positividade dos testes continua a subir, sendo agora de 4,5%. Nas últimas 24 horas houve 21 mortos em meio hospitalar, sendo o total de óbitos de 30.706.

Os focos de contaminação no país continuam também a aumentar, com 53 novos focos identificados desde quinta-feira, havendo agora 444 focos de contaminação a serem investigados em todo o território francês.

Estes focos de contaminação não incluem os lares de idosos.

Por sua vez, o Reino Unido registou 10 mortes e 1.940 novas infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, o maior número de casos num único dia desde o fim de maio, de acordo com dados publicados pelo ministério da Saúde britânico.

O número de casos diários está a crescer continuamente há dois meses, em parte porque mais pessoas têm sido sujeitas a testes, mas também porque a proporção de pessoas com resultado positivo está a subir. Na quinta-feira, o Reino Unido tinha registado 13 mortes e 1.735 novos casos de infeção.

O total acumulado desde o início da pandemia de covid-19 passou esta sexta-feira para 41.537 mortes e 342.351 casos de contágio, de acordo com o balanço do Governo.

Esta sexta-feira foi revelado que a cidade de Leeds, no norte de Inglaterra, está a preocupar as autoridades porque a taxa de infeção subiu para 29,4 casos por 100.000 pessoas, mais do dobro da média nacional de 14 casos por 100.000 habitantes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …