Uma das doenças mais mortais do século XVIII voltou a aparecer nos países ricos

O escorbuto, doença associada aos marinheiros dos Descobrimentos, não desapareceu por completo e continua a fazer vítimas em países desenvolvidos como os EUA e a Austrália.

Nos dias que correm, é difícil associar desnutrição a um país rico, desenvolvido e com altos índices de obesidade como os Estados Unidos. No entanto, a verdade é que uma das doenças mais mortais do século XVIII está a regressar a esta nação (que desperdiça um quarto da sua comida por ano).

Estamos a falar do escorbuto, uma doença simples de tratar e que é causada pela falta de uma única vitamina, mais propriamente a vitamina C, que pode ser encontrada em muitos tipos de fruta e legumes.

Esta doença ficou amplamente ligada à época dos Descobrimentos, quando os marinheiros, que passavam meses no mar com uma dieta pouco variada e escassa, começavam a ficar com sintomas como perda de dentes e sangue nas gengivas. Depois, surgiam as dores nas articulações e feridas que não cicatrizavam. Em três meses sem ingerir vitamina C, muitos deles morreram.

A falta desta vitamina aumenta os riscos de hemorragias, infeções e ataques cardíacos. O tratamento para o escorbuto foi descoberto em 1747 e passa simplesmente por ingerir pequenas quantidades de vitamina C todos os dias.

Mas, pelos vistos, esta doença ainda não desapareceu por completo e uma das suas vítimas foi precisamente Sonny Lopez, norte-americano de Springfild, Massachusetts, que foi pedir aconselhamento médico a Eric Churchill quando começou a sentir os mesmos sintomas que os marinheiros do século XV.

Segundo o médico, este não foi o primeiro paciente que apareceu no consultório com esta deficiência vitamínica. “Diagnostiquei o primeiro caso há cerca de cinco ou seis anos. Foi muito dramático porque se tratava de alguém com uma doença mental que só comia pão e queijo”, explicou o especialista, citado pelo Science Alert. “Dessa época até agora,  já diagnosticámos entre 20 a 30 pessoas com escorbuto”, acrescenta.

Churchill e a sua equipa do Baystate High Street Health Centre começaram a questionar os pacientes sobre os seus hábitos alimentares e, atualmente, estão a fazer uma investigação sobre o escorbuto em ambiente urbano.

Lopez, que não tem muitas condições financeiras e passou vários anos a comer apenas uma refeição por dia, optava por comidas mais calóricas para tentar controlar a fome. A receita que recebeu do médico foi “comer uma laranja por dia”.

“Muitas pessoas que passam dificuldades para comprar comida acabam por escolher alimentos ricos em gordura, com muitas calorias e que enchem. São as comidas que nos enchem e nos satisfazem mais do que frutas e verduras”, aponta o médico.

Porém, muitos dos pacientes de Churchill têm peso a mais ou são obesos, mostrando que comer excessivamente não é sinónimo de ingerir todas as vitaminas necessárias.

Além disso, de acordo com o mesmo site, os casos de escorbuto não acontecem apenas nos EUA. Em 2016, um relatório desenvolvido na Austrália indicou que havia uma incidência assustadora de casos entre pacientes diabéticos.

“Quando lhes perguntei sobre a alimentação que faziam, uma pessoa disse que comia pouca ou quase nenhuma quantidade de fruta e legumes, enquanto outros comiam esses alimentos mas estavam a cozinhá-los de forma excessiva. Isso destrói a vitamina C”, explica Jenny Gunton, médica e investigadora do Westmead Institute for Medical Research à ABC.

Churchill concluiu no seu estudo que pessoas mais pobres sofrem mais com a doença. “A pobreza no mundo magoa as pessoas de muitas formas – da exposição à violência à falta de voz e oportunidade, passando pelo acesso limitado à comida saudável e atendimento médico”, diz, considerando que este tipo de doença não deveria existir em países desenvolvidos.

PARTILHAR

RESPONDER

Criança de dois anos ficou esquecida oito horas em carrinha escolar

Uma menina, de dois anos, ficou esquecida, esta segunda-feira, durante oito horas numa carrinha escolar em Porto de Mós, no distrito de Leiria. De acordo com a SIC Notícias, a criança, de dois anos, costumava viajar na …

Donald Trump felicita "louco Bernie" pela vitória no Nevada

O senador norte-americano agradeceu aos apoiantes a vitória nas eleições primárias democratas, no sábado, no estado do Nevada. "Deixem-me agradecer o apoio das pessoas do Nevada. A coligação multigeracional e multirracial não só ganhou no Nevada, …

Investimento de 2,9 milhões no bloco operatório do Hospital da Figueira da Foz

O Ministério da Saúde anunciou, este domingo, que a remodelação do bloco operatório central do Hospital Distrital da Figueira da Foz, um investimento de 2,9 milhões de euros, vai avançar. "A necessária autorização ao Hospital Distrital …

Cabrita diz que relatório da IGAI não encontrou falhas no caso da Venezuela

O ministro da Administração Interna assegurou, este sábado, que não houve nenhuma violação das regras de segurança no voo da TAP ou no aeroporto de Lisboa. "Os resultados preliminares que acabei de receber desse relatório são …

Já são conhecidos os primeiros quatro finalistas do Festival da Canção

Bárbara Tinoco, Filipe Sambado, Elisa e Throes + The Shine foram os escolhidos, este sábado, para a final do Festival da Canção, que acontece em Elvas, a 7 de março. Estão decididos os primeiros quatro finalistas …

Ultra-conservadores e conservadores vencem Legislativas no Irão

O ex-presidente da câmara municipal, e candidato derrotado em três eleições Presidenciais, foi o mais votado em Teerão nas Legislativas desta sexta-feira. De acordo com os dados parciais avançados por media locais, este sábado à noite, …

Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridades japonesas confirmaram, este domingo, que o tripulante português do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao Covid-19. "Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa …

Flamengo de Jorge Jesus conquista Taça Guanabara

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Guanabara, ao derrotar na final o Boavista por 2-1, após reviravolta no marcador. Depois de a meio da semana ter empatado 2-2 em casa dos equatorianos do Independiente del …

Covid-19 em Itália. Cidades sob quarentena, mais de 100 infetados e Carnaval de Veneza suspenso

O Governo italiano anunciou, este sábado, o isolamento de uma dezena de cidades, em particular na Lombardia, após serem detetados mais de 100 casos do novo coronavírus e confirmadas duas mortes. "Nas zonas consideradas como de …

O barulho dos oceanos está a dificultar a comunicação entre baleias-anãs

A comunicação de longa distância entre baleias-anãs está a ser gravemente afetada devido ao barulho de fundo dos oceanos — causado principalmente por humanos. O som emitido pelas baleias-anãs é muito característico e apenas muito recentemente …