Há escolas que separam alunos para melhorar os resultados (e resulta)

Duas escolas da Madeira dividiram os alunos por turmas de acordo com o desempenho académico dos anos anteriores e viram o insucesso escolar baixar consideravelmente.

Em três anos, a Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos do Caniço baixou a taxa de retenção de 20,8% para 4% e a Escola Básica 2.º e 3.º ciclos de Câmara de Lobos viu a taxa de insucesso baixar de 11% para 3,1%.

Estas duas escolas da Madeira dividiram os alunos por turmas consoante o desempenho académico dos anos anteriores, separando os que têm mais dificuldades dos que se saem melhor. Mas, segundo o Público, o sucesso extravasa os números.

“Muitos encarregados de educação têm vindo à escola pedir para os filhos entrarem para o programa”, diz ao jornal Armando Morgado, presidente do conselho executivo da EB 2/3 do Caniço.

No início dos projetos – “Caniço +” e “Estreito +” – houve muita desconfiança por parte dos encarregados de educação, do sindicato dos professores e dos partidos da oposição ao governo social-democrata de Miguel Albuquerque, que receavam que os estudantes se sentissem descriminados.

Se houve discriminação, foi pela positiva. As turmas de recuperação [onde os alunos com maiores dificuldades foram colocados], sempre tiveram mais meios pedagógicos do que as restantes”, explicou António Mendonça.

O “Estreito +” começou por atuar no início de cada ciclo escolar, em duas turmas do 5.º e duas turmas do 7.º ano. Foram formadas turmas, com um máximo de 16 alunos, de desenvolvimento (para os alunos com bom histórico académico) e de recuperação (para os que denotavam mais dificuldades).

“Os resultados foram bastante positivos, com os alunos a terem melhor desempenho e vontade de aprender mais”, afirma António Mendonça.

A Secretaria Regional de Educação faz também um balanço muito positivo dos três anos de projeto. “Os dados disponíveis confirmam que é possível conceber e implementar com sucesso alternativas para manter a maioria dos alunos no ensino regular, como aconteceu no caso destas escolas”, diz ao jornal o gabinete de Jorge Carvalho, secretário regional de Educação.

No Estreito de Câmara de Lobos, desde que o programa chegou à escola, a taxa de retenção caiu de 11% para 3,1%. No Caniço, a taxa global de sucesso subiu de 79,2% (no final de 2014/2015) para os 96% do ano lectivo passado. Em anos mais sensíveis, como o 7.º ano, a taxa de retenção tornou-se residual: 2,6%, quando antes era de 15,2%.

“É sabido que cada pessoa aprende de forma diferente. Não pode, portanto, a escola que se afirma democrática, ensinar de forma igual para todos”, adianta a secretaria regional.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo promulga compra do SIRESP. "Tudo o que acontecer será responsabilidade do Estado”

O Presidente da República promulgou o decreto-lei do Governo com vista à compra, pelo Estado, de 100% do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP). Marcelo Rebelo de Sousa alertou para as …

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …

"Onde está o Boris?". Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os …

Os humanos podem ter sido destinados a reinar sobre a Terra (e já sabemos porquê)

Se voltássemos atrás no tempo, a aleatoriedade dos eventos mudaria completamente o nosso caminho evolucionário. No entanto, os cientistas descobriram que os inúmeros trilhos possíveis poderiam não evitar que fossem os humanos a espécie dominadora. O …

Mau tempo nos Açores faz nove desalojados

Nove pessoas tiveram de ser realojadas na ilha Terceira, no domingo, devido ao mau tempo que está a afetar os grupos central e oriental dos Açores, informou o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros …

Argentina e Uruguai estiveram completamente às escuras no domingo

Uma avaria deixou sem energia, este domingo, praticamente todo o território da Argentina e do Uruguai, além de partes do Brasil e do Paraguai, anunciaram as empresas fornecedoras de eletricidade. "Uma falha maciça no sistema de …