Escolas norte-americanas registam duas situações de violência armada por semana

Cristobal Herrera / EPA

Agentes da polícia após o tiroteio na escola de Parkland, na Florida, Estados Unidos

Nas escolas norte-americanas registam-se tiros duas vezes por semana, incluindo situações de suicídio, homicídio, tiroteio com a polícia e ataques entre estudantes. Este ano, incidentes do género originaram mortes mais do que uma vez por mês, segundo um banco de dados compilado por advogados.

Como noticiou o Guardian, as escolas são um dos locais mais seguros para os jovens nos Estados Unidos (EUA), com os tiroteios nesses recintos a representarem apenas uma pequena fração da violência que as crianças e os adolescentes enfrentam diariamente. Mas essa realidade tem vindo a aumentar nos últimos tempos.

Desde o tiroteio em Columbine, em 1999, pelo menos 233 mil crianças foram expostas a situações de violência armada durante o horário escolar, em 243 escolas do país, referiu o Washington Post.

De acordo com os especialistas da área, cerca de 1.300 jovens norte-americanos, com 17 anos ou menos, morrem todos os anos devido a ferimentos de bala, sendo mais propensas a serem mortas nas próprias casas ou nos bairros do que nas escolas.

A violência doméstica é particularmente mortal, referiu o Guardian. A 16 de novembro, um pai matou a tiro os três filhos e a esposa, em San Diego. O quarto filho, de nove anos – também atingido pelo pai -, morreu dias depois. Esse episódio de violência doméstica foi mais mortal do que qualquer um dos ataques em escolas norte-americanas até 2019, de acordo com as notas do Washington Post e do New York Times.

“Os tiros nas escolas são apenas a ponta do iceberg quando falamos de violência armada contra crianças e adolescentes”, indicou Ruhi Bengali, membro da Everytown for Gun Safety, uma organização norte-americana para controle de armas.

Uma análise da Everytown for Gun Safety mostra que 20% de todos os tiros nas escolas provêm de situações não intencionais, mas mesmo esses “resultaram num número razoável de feridos. Os suicídios por armas de fogo, sem intenção de prejudicar ninguém, representaram 12% de todos os incidentes”, contou a responsável.

Como acontece com outros tipos de violência armada nos EUA, os estudantes negros são desproporcionalmente afetados. Estes representam apenas 15% da população escolar mas perfazem 24% das vítimas, acrescentou Ruhi Bengali.

Embora as autoridades locais ofereçam apoio aos jovens atingidos por este tipo de incidentes, não existem alterações na lei: os legisladores republicanos bloquearam qualquer lei para controle de armas nos últimos 25 anos, notou ainda o Guardian.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …