Erdogan prometeu. E está mesmo a fazer “a grande limpeza”

unaoc / Flickr

Recep Erdogan, Presidente da Turquia

Recep Erdogan, Presidente da Turquia

O Presidente turco, Recep Erdogan, prometeu este domingo eliminar “os vírus” facciosos no Estado, ao dirigir-se a uma multidão de simpatizantes depois da tentativa fracassada de golpe de Estado de sexta-feira. E já há 6.000 detidos.

Tayyip Erdogan veio este domingo assegurar que vai continuar a “limpar o vírus” responsável pela tentativa de golpe de Estado, numa referência a Fethullah Gulen.

“Vamos continuar a eliminar os vírus de todas as instituições do Estado. É um vírus, como um cancro, que se propaga a todo o Estado”, afirmou Erdogan numa cerimónia na mesquita de Fatih, em Istambul, em memória das vítimas dos militares rebeldes.

De microfone na mão, o Presidente turco apelou também aos seus partidários para continuarem nas ruas a manifestar o apoio ao regime.

Erdogan admitiu já a reintrodução da pena de morte, para ser aplicada a quem desencadeou a tentativa de golpe de Estado.

Este golpe de Estado foi uma dádiva de Deus”, afirmou Erdogan na noite do golpe de estado.

A Turquia foi alvo de uma tentativa de golpe de Estado na sexta-feira à noite.

O último balanço aponta para 161 mortos entre civis e forças leais ao presidente Recep Erdogan, 1.440 feridos e 2.839 militares revoltosos detidos.

Yildirim adiantou que 20 militares revoltosos morreram no decurso da tentativa de golpe de Estado, números que contrariam o balanço inicialmente avançado pelas Forças Armadas, que apontavam para 104 mortes entre os militares, abatidos pelas forças leais ao presidente Erdogan.

Detenções não param de aumentar

Além dos quase 3.000 militares rebeldes que se renderam ou que foram detidos, não param de aumentar as detenções entra a hierarquia do estado turco.

Este sábado, a polícia turca prendeu 10 juízes do Danistay, um dos órgãos supremos da Judicatura da Turquia e a autoridade máxima para contenciosos administrativos.

As detenções foram efectuadas no quadro de um mandado de captura emanado das autoridades presidenciais contra 140 juízes do Supremo Tribunal, também conhecido por Yargitay.

Segundo o ministro turco da justiça, Bekir Bozdag, até este domingo de manhã já tinham sido feitas 6.000 detenções.

A grande limpeza continua”, diz o ministro.

Gulen nega envolvimento e suspeita de Erdogan

O imã muçulmano oposicionista Fethullah Gulen, acusado por Erdogan de ter fomentado o golpe de Estado, negou este domingo qualquer envolvimento no golpe.

Gulen sugere mesmo que poderá ter sido o próprio presidente turco, Recep Erdogan, a instigá-lo.

Em entrevista publicada este domingo no The New York Times,  o clérigo muçulmano, que vive em exílio voluntário nos Estados Unidos desde 1999, disse “ignorar” se os autores da tentativa de golpe de estado são ou não seus simpatizantes.

“A minha mensagem aos turcos é que nunca vejam com bons olhos um golpe militar no país”, disse Culen.

“A democracia nunca pode ser atingida através de uma intervenção militar”, concluiu.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Creio bem que quem acabará por ser limpo será essa “amigo” do Daesh chamado Erdogan. A Turquia quer histórica quer actualmente está a precisar de uma boa lição. Já cometeu crimes a mais e ainda não pagou a factura. Talvez não esteja longe de o vir a fazer e talvez um regime militar não fosse má ideia… por algum tempo, pelo menos até asfixiar o EI, coisa que o Erdogan não parece muito interessado, sempre lhe chega algum do apoio que dá, “travestido”, a esse grupo de assassinos em massa.

  2. Esse “califa” Erdogan, com a sua popularidade a cair com os seus “engenheiros” cria um pseudo gole de estado para:
    1 – Testar a eficácia da sua máquina e controlo;
    2 – Passar por coitadinho e assim reforçar a sua popularidade perante os burros, conseguindo o apoio de um povo manipulado, enganado por essa falsa, satânica ideologia politica chamada islamismo, passando de besta a bestial;
    3 – Ter o pretexto para assim impor medidas cruéis e desumanas como a pena de morte, o sequestro da democracia, leis marciais, mudar a constituição e aniquilar a democracia (o verdadeiro objectivo do islamismo);
    4 – Fazer uma limpeza judicial, militar e policial (Chefias militares e policiais de topo, bem como juízes e procuradores destituídos), livrando-se assim dos críticos;
    5 – Sequestrar a democracia e impor o pesadelo islâmico com a infame Sharia;
    Mustafá Kemal Ataturk estará dando voltas ao ver os islamistas a tomar o poder por meios muito baixos e a tentarem impor a sharia.
    Mas esperem, a coisa não vai ficar por aqui, nem os militares, penso que muito em breve assistiremos a um verdadeiro golpe de estado, com a deposição desse nojento Erdogan e seus sequazes; a ver vamos

RESPONDER

Bancos impedidos de cobrar comissões por operações digitais. Acesso a jogos online limitados

Os bancos vão ficar impedidos de cobrar comissões por operações de pagamento através de plataformas digitais dos prestadores de serviços, segundo uma proposta do PEV com alterações do PS aprovada no Parlamento. O projeto de lei …

Pessoas assintomáticas devem usar máscara, diz Centro Europeu de Controlo de Doenças

Num relatório divulgado na quarta-feira, o Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) referiu que as máscaras podem reduzir a propagação do novo coronavírus de pessoas assintomáticas, recomendando a sua utilização. De acordo com o Público, …

Portugal ultrapassa as 400 vítimas mortais. Cordão sanitário em Castro Daire equacionado

Portugal regista esta quinta-feira 409 mortos associados à covid-19, mais 29 do que na quarta-feira, e 13.956 infetados (mais 815), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Trata-se de um aumento de 6% …

"Em segundo plano". OM alerta para falta de resposta para doentes prioritários não covid-19

A Ordem dos Médicos (OM) alertou esta quinta-feira para a falta de resposta aos doentes prioritários não covid-19, que diz estarem a ser relegados para segundo plano, em áreas que “não podem esperar” como a …

Lagarde contraria Draghi. Perdão de dívida às empresas é “impensável”

A presidente do Banco Central Europeu considera "impensável" conceder um perdão de dívida generalizado das dívidas contraídas pelas empresas, ao contrário do que sugeriu o antigo presidente do BCE, Mario Draghi. “Parece-me totalmente impensável. Não é …

No Norte, espera-se duas semanas para fazer testes à covid-19

Na Área Metropolitana do Porto, muitos esperam duas semanas para realizar o teste à covid-19, denunciam vários autarcas. Em causa está a falta de material e equipamentos. Mais de metade dos casos confirmados de covid-19 em …

António Costa adia decisão sobre reabertura das escolas para o fim do mês

O Governo anuncia, esta quinta-feira, a decisão em relação às atividades letivas no terceiro período, depois de ter ouvido durante dois dias especialistas, representantes da comunidade escolar, partidos, sindicatos e os órgãos consultivos do Ministério …

Sánchez insta a oposição a seguir o exemplo de Portugal (e exige solidariedade europeia sem fissuras)

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, pediu esta quinta-feira à oposição de direita para seguir o exemplo de Portugal, onde o presidente do PSD, Rui Rio, fez um “discurso emotivo” a desejar “boa sorte” e a oferecer …

Clube alemão vendeu 100 mil bilhetes para um jogo contra um "adversário invisível"

O Lokomotive Leipzig, da quarta divisão alemã, vendeu mais de 100 mil bilhetes virtuais a um euro cada para um jogo contra um "adversário invisível", a realizar no próximo dia 8 de Maio. A venda de …

Rui Pinto aceita revelar passwords dos discos encriptados que lhe foram apreendidos

Uma das condições para Rui Pinto ser colocado em prisão domiciliária terá passado pela sua colaboração com as autoridades. O hacker português vai revelar as passwords dos discos rígidos encriptados que lhe foram apreendidos. Rui Pinto, …