Com os EUA fora de equação, Erdogan diz que ofensiva na Síria pode ocorrer a qualquer momento

Tolga Bozoglu / EPA

Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse hoje que uma ofensiva turca pode ser lançada a qualquer momento no norte da Síria, depois de Washington anunciar que não se envolveria numa operação contra os curdos.

“Há uma frase que repetimos o tempo todo: poderíamos entrar (na Síria) em qualquer noite sem aviso prévio. Está absolutamente fora de questão tolerarmos as ameaças desses grupos terroristas”, disse Erdogan numa conferência de imprensa.

Os Estados Unidos anunciaram na noite de domingo que a Turquia lideraria “em breve” uma incursão militar no norte da Síria e que as tropas norte-americanas estacionadas no país deixariam a região antes desta operação contra a milícia curda das Unidades de Proteção do Povo (YPG).

“A Turquia avançará em breve com a sua operação há muito planeada no norte da Síria”, revela um comunicado da Casa Branca, citado pelo Expresso. “As Forças Armadas dos Estados Unidos não apoiarão nem estarão envolvidas na operação, e as forças norte-americanas, tendo derrotado o ‘califado’ territorial do Daesh, deixarão de estar na área circundante”, lê-se ainda.

A Casa Branca fez este anúncio surpresa num comunicado que relatou uma conversa telefónica entre o Presidente dos EUA, Donald Trump, e Erdogan.

As YPG lideraram a luta contra o grupo Estado Islâmico (IS), numa frente com outros aliados árabes (na Frente Democrática da Síria/SDF) com o apoio dos Estados Unidos e de outros países ocidentais, como a França.

Mas a Turquia considera as YPG um grupo “terrorista” por causa de seus vínculos com o Partido dos Trabalhadores Curdos (PKK), uma organização curda que realiza atentados em solo turco desde 1984.

O objetivo da operação é eliminar a principal milícia curdo-síria, as YPG, e o seu braço político, o Partido da União Democrática (PYD) no território sírio a leste do rio Eufrates.

O chefe de Estado turco confirmou na conferência de imprensa que a retirada norte-americana já havia começado no nordeste da Síria.

Erdogan também disse que uma reunião com Trump, que foi acordada durante a conversa por telefone, “provavelmente ocorrerá na primeira metade do próximo mês em Washington”.

No seu comunicado, a Casa Branca também levantou a possibilidade de confiar à Turquia a responsabilidade dos combatentes europeus do EI, atualmente detidos na Síria pelos curdos.

Erdogan disse hoje que autoridades norte-americanas e turcas trabalharão nessa questão difícil.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais um bonito serviço do Trump e companhia!…
    Os curdos, que eram os únicos que combatiam eficazmente o Daesh e que eram ativamente apoiados pelos EUA, de um dia para o outro, não só perdem o apoio dos americanos, como foram entregues de bandeja à ditadura da Turquia que os quer exterminar!!!
    Depois admitam-se que no medio-oriente ninguém goste dos americanos e que aconteçam atentados contra os interesses americanos!…
    Foi assim que o Bin Laden começou…

RESPONDER

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …

Novo vídeo mostra morcegos vivos em laboratório de Wuhan (e adensa o mistério sobre a origem da pandemia)

Para já, é possível afirmar que o consenso científico aponta para a origem zoonótica do novo coronavírus, que confirma a versão chinesa de que o patógeno passou de morcegos para um animal e desse para …

Canal 11 anuncia jogos que não transmite (e avisou 5 minutos antes)

Sucedem-se os casos de jogos de futebol que, apesar de estarem inseridos na programação oficial do canal, não são transmitidos, ou são transmitidos noutro dia. Último caso aconteceu em Varzim. O Canal 11 revolucionou a transmissão …

Quadro clínico do candidato do PS à Câmara de Viseu “agrava-se substancialmente”

No domingo, João Azevedo foi internado na unidade de cuidados intensivos coronários do Centro Hospitalar Tondela-Viseu devido a um problema cardiovascular e o estado de saúde agravou-se nas últimas horas. A situação clínica do candidato do …

Turquia 0-2 País de Gales | Rumo aos “oitavos” à boleia de Bale

O País de Gales venceu hoje a Turquia por 2-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A do Euro2020 de futebol, disputado em Baku, no Azerbaijão, ficando mais perto dos oitavos de final. Num jogo …

É impossível fiscalizar novas regras da DGS para eventos familiares. "Tem de ser na base da denúncia"

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) passou a recomendar a realização de testes à covid-19 em eventos familiares com mais de dez pessoas, como casamentos e baptizados. Mas para fiscalizar esse tipo de situações, só "na …

Aprovado prolongamento de apoios às rendas até ao final do ano

Os apoios às rendas foram concedidos no ano passado, para fazer face às dificuldades criadas pela pandemia de covid-19. A comissão parlamentar de Economia aprovou, esta quarta-feira, o prolongamento dos apoios às rendas habitacionais e comerciais …

PSD volta a apresentar queixa à CNE contra Rui Moreira

Esta quarta-feira, o PSD/Porto acusou o movimento independente liderado por Rui Moreira de enviar informação da apresentação da sua recandidatura à Câmara Municipal "para emails institucionais" do município, acrescentando que vai apresentar queixa à Comissão …

Para Rio, as críticas de Ana Catarina Mendes são de "quem não tem nada para dizer"

As águas entre o PS e o PSD estão agitadas, depois da troca de galhardetes entre o presidente social-democrata, Rui Rio, e a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes. Depois de ter sido acusado por …