Lítio no Sexta às 9. ERC vai ouvir Sandra Felgueiras e direção de programas da RTP

José Sena Goulão / Lusa

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) recebeu participações sobre o adiamento do programa da RTP “Sexta às 9” sobre o lítio, encontrando-se a investigar a alteração, confirmou o regulador ao jornal i.

Ao jornal, a entidade reguladora confirma ter recebido participações sobre o adiamento do programa de 13 de setembro para 11 de outubro, já depois das eleições legislativas, levando estas à “abertura de um processo”.

“Este processo segue os trâmites normais de apreciação, que pressupõem que a ERC encete as diligências que considere relevantes para uma decisão fundamentada, entre as quais a habitual audição das partes envolvidas”, que o i aponta como a jornalista e coordenadora do programa Sandra Felgueiras e a direção de informação da RTP.

Esta semana, Sandra Felgueiras e a  a diretora de informação da RTP, Maria Flor Pedroso foram ouvidas na Assembleia da República.

A jornalista disse “era possível” ter emitido o programa a 13 de setembro com o tema do lítio, acrescentando que antes o programa nunca tinha sido suspenso durante campanhas eleitorais. “Se me perguntam diretamente se era possível fazer o programa ‘Sexta às 9’ durante o mês de setembro, a minha resposta é ‘sim, era possível com o lítio’”.

Sandra Felgueiras acrescentou ainda que “nunca” na sua vida, “em oito anos de coordenação” do Sexta às 9, o programa teve “uma suspensão durante um ato eleitoral”.

Rio aponta “razões políticas”

Por sua vez, a diretora de informação da RTP, Maria Flor Pedroso, disse também esta terça-feira no parlamento que o adiamento do programa Sexta às 9 não teve interferência do Governo, e justificou a mudança com a programação eleitoral.

“Eu trabalho em jornalismo há 26 anos. Isto são as chamadas pressões. O jornalismo político é um jornalismo em que nós somos pressionados constantemente por fontes várias. Interferência? Seria coisa que eu jamais toleraria. Eu e a equipa que dirijo”, disse a jornalista da RTP em resposta ao deputado do PS José Magalhães.

Esta quinta-feira, o líder do PSD, Rui Rio, disse acreditar que o adiamento do programa da RTP sobre o lítio se deveu a “razões políticas”.

“Ficou evidente que o que a jornalista Sandra Felgueiras referiu é verdade: houve ali um ajustamento no dia em que o programa foi para o ar e é lícito pensar que foi por razões de ordem política”, disse, citado pela agência Lusa.

José Sena Goulão / Lusa

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar "na cadeira de presidente do CDS"

"À medida que as pessoas se vão eternizando nos lugares, começam a confundir o interesse público com o interesse particular". Por isso, Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar no CDS-PP. Em entrevista à TVI, …

Menos 115 deputados. Itália realiza referendo para reduzir Parlamento

A Itália organiza em 29 de março um referendo sobre a alteração da Constituição e a redução do número de deputados, uma data esta proposta pelo Governo de coligação entre o Movimento Cinco Estrelas (M5S) …

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …

Coronavírus já matou 106 pessoas na China. E já chegou à Alemanha

A China elevou para 106 o número de mortos causados pelo coronavírus e o número de infetados já chegou aos quatro mil. Esta segunda-feira, confirmou-se um caso na Alemanha, sendo agora o segundo país da …

Iniciativa Liberal quer privatizar CGD, TAP e RTP

O Iniciativa Liberal quer privatizar a Caixa Geral de Depósitos, a TAP e a RTP. Esta segunda-feira, no Parlamento, o deputado único João Cotrim Figueiredo defendeu ainda a redução do IVA na eletricidade para uma …