“Enorme aflição”. Declarações de Rui Rio sobre o Chega agitam o PSD

Filipe Farinha / Lusa

As declarações de Rui Rio sobre um eventual entendimento com um “Chega” mais moderado geraram alguma agitação no PSD, levando alguns antigos líderes e militantes a criticar a posição do líder laranja.

A notícia é avançada esta terça-feira pelo jornal i, que dá conta que alguns sociais democratas ficaram em choque, e as declarações em causa foram proferidas por Rui Rio na semana passada, em entrevista à RTP3.

“Se o Chega evoluir para uma posição mais moderada penso que as coisas se podem entender”, disse Rui Rio, abrindo um porta para o partido de André Ventura mas frisando, contudo, que esta mesma porta se pode fechar.

“Depende do Chega”, frisou o líder do PSD. “Se o Chega continuar nesta linha de demagogia e populismo como tem tido, está aqui um problema, porque aí não é possível um entendimento com o PSD. Face àquilo que tem sido o Chega, descarto. Espero que o Chega possa evoluir para um plano mais moderado. Tem de mudar”.

Segundo o i, o antigo deputado José Eduardo Martins foi um dos primeiros a reagir.

“Isto é só a confissão de uma enorme aflição. O Dr. Rio saberá bem, acho eu, espero eu, que o Chega se mudar não faz sentido. A mudança que faz falta não virá nem do Chega nem do triste suicido do CDS. Não é de nada disso que a direita democrática e liberal está à espera”, atirou o também antigo secretário de Estado, na sua conta no Facebook.

Ao mesmo diário, o antigo líder do PSD Rui Manchete disse que um Chega mais moderado não seria o Chega, considerando ainda que, no seu entender, este caminho escolhido por Rui Rio não levará o partido a governar o país.

“Se o Chega for uma coisa muito moderada, já não tem nada a ver com o Chega. O Chega, tal como se apresentou, foi como um partido de um certa violência do ponto de vista político, e portanto, teríamos outro partido”, observou.

“Por este caminho, o PSD não vai ter grandes possibilidades de ser Governo”, disse ainda, notando que optar por uma aliança com uma força política com as características do Chega “é descaracterizar por completo o PSD”.

“Deitar areia para os olhos dos militantes”

Em declarações ao i, o antigo deputado Carlos Abreu Amorim, crítico de Rui Rio, não poupou também nas críticas. “Neste momento, o líder do PSD falar sobre hipóteses de coligações só serve para deitar areia para os olhos dos militantes, que estão muito descontentes com a colagem cada vez mais evidente do PSD ao PS”.

Sem dúvidas, afirma ainda: “Rui Rio admitiu uma aliança com o Chega, porque na semana anterior tinha feito um favor desbragado a António Costa. Tentou reequilibrar a sua imagem junto do eleitorado do PSD. Só é enganado por isto quem quer”.

O “favor” a que Carlos Abreu Amorim se refere é o fim dos debates quinzenais, aprovado recentemente no Parlamento com os votos “solitários” do PS e PSD.

A política portuguesa, continua o ex-deputado, “é comandada pelo diálogo entre António Costa e Rui Rio, sendo que Rui Rio [surge] numa posição subordinada e secundária a António Costa (…) [Rui Rio] Pisca o olho à direita e faz o jogo da esquerda socialista”.

Trata-se de uma “jogada política”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

57 COMENTÁRIOS

  1. Muito interessante ver os socialistas da bancada PSDois a saltarem da cadeira quando a agulha se posiciona para lá do socialismo. Gostava de ver o Rui Rio a assumir esse corte ideológico.

    Falta ainda em Portugal um liberalismo conservador laico. Nenhum, IL, Chega, PSD ou CDS consegue cobrir esta falta. Eu quero a liberdade em todos os eixos e quero conservar a cultura Portuguesa. Desconfio que milhares de Portugueses, de todas as cores e feitios sentem o mesmo, querem ver esta alternativa e anseiam ouvir o grito que os liberte de todas as falácias da atualidade.

    • O que António parece não compreender é que o PSD de Rio é a coisa mais próxima daquilo que você deseja. O PSD é evidentemente um partido que ao longo dos anos se tem pautado por uma posição social democrata, mas a sério! Defensora de liberalismo social e económico mas só até onde começa o Estado Social Keynesiano, que é algo que chateia imenso os anarco-capitalistas do neoliberalismo.

      Agora a mim o que me cheira é que o Sr. não assume bem aquilo que realmente quer porque “liberalismo conservador” é um oxímoro. É como dizer “cópias originais” ou “um firo escaldante” – Um absurdo semântico. Se é conservador, a primeira coisa que é contra, é liberalismo social. Ora sem liberalismo social só há meio liberalismo. Você deve é estar a referir-se ao liberalismo económico estilo Hayek ou Firedman, ou seja, neoliberalismo. Essa espécie faz cá tanta falta como a fome, porque ataca o Estado Social. Portugal não tem estrutura, nem cultura nem sequer condições geo-estratégicas, para ser um país anarco-capitalista, como você deseja.

      • Uhau, é fantástico aquilo que se projeta nos outros quando se pretende apenas ouvir a própria voz. Muito bom. Portanto, devo votar em quem?

        • Em branco, se não gosta de nenhum, ou no mais próximo das suas ideias se suportar o compromisso. Eu em geral voto no Partido da Terra que é um partido ecologista de centro político. Mas como infelizmente parece estar em declínio, poderei ter de mudar.

          O Partido mais próximo das minhas ideias depois do MPT é o PSD, e foi aquele em que mais votei quando não votei no MPT. Como também acho muito importante combater a corrupção e promover a rectidão, votei em Paulo Morais para presidente e em Rio nas últimas legislativas.

          Se o Sr. me disser que não defende o neoliberalismo nem elogia o Reaganismo e o Thatcherismo baseados em Hayek e Friedman… Então eu terei de aceitar que projectei em si ideias erradas. Caso contrário foi uma projecção acertada.

          Nota: não me refiro a projecção Jungiana porque, essa implicaria que fosse eu um neoliberal… E nada poderia estar mais longe da realidade.

  2. Este líder laranja anda todo borrado. O gajo terá recebido um pedido de favor do PS para ver se consegue pôr o Chega mais moderado. Afinal andam ambos (Costa/Rio) com o “cu oh Ana” ! O Chega está imparável e poderá até chegar a um dos dois primeiros lugares da preferência do povo. o Chega está a concentrar todos os descontentamentos espalhados pelo país, e são tantos. São a voz do povo sem voz.

    • E isso é sempre um perigo, quando se chegam aos extremos, sejam de direita, sejam de esquerda. É pena que o Chega não seja mais moderado e mais consciente quando falam. Tudo deve ser ponderado para que saibamos o que realmente pensam e assim, o Chega é ou parece ser um partido de extrema direita, o que não é bom para Portugal, tão mau como a extrema esquerda que temos agora…

        • Por isso a resposta anterior. Não me conhece. Não sabe a minha idade e qual a experiência de vida que tenho, em vários países. Sou acima de tudo pela justiça e pelos direitos de quem trabalha, a sério, neste País, e que, até agora tem sido maltratado e explorado pelo desgoverno que temos nos últimos anos. Além disso, o roubo descarado virou quase lei, ninguém é apanhado pela “Justiça” que temos, e vamos vivendo alegremente com um primeiro ministro mentiroso todos os dias e por um PR que deve estar esclerosado, no mínimo. Enfim, é a minha opinião e deverá ser respeitada, tal como respeito as dos outros, mesmo podendo dar uma resposta que não concorde. A liberdade de expressão, essa, ainda não a perdemos. A outra… já ponho em dúvida muito a sério.

          • Por favor entenda… Eu acredito que aqui entre a esmagadora maioria dos intervenientes, ninguém está minimamente interessado na opinião do outro. A malta vem para aqui não trocar mas vender ideias, por isso não vai levar ideias novas pra casa.

            O minha laraxa do “Nunca pensaste… Ponto!” não é no sentido de ofender mas sim de constatar o seguinte: Quem está no Governo? o PS. Qual o Partido que mais esteve no governo até hoje? O PS. E você nunca pensou viver num país governado à Esquerda? Ok, nada mais tenho a acrescentar.

            Agora repare… você diz “Sou acima de tudo pela justiça e pelos direitos de quem trabalha, a sério, neste País, e que, até agora tem sido maltratado e explorado pelo desgoverno que temos nos últimos anos.” – mas você acha que alguém vai chegar aqui e vai dizer que é a favor da injustiça e de remover os direitos de quem trabalha??? Por isso é que eu sou alérgico a ver as pessoas encher a boca com estas frases feitas em que vistas bem as coisas, não estão a dizer nada senão banalidades.

            “Nos últimos anos”?.. “O roubo descarado virou quase lei”?.. Mas quando é que não foi assim? No governo do Cavaco (BPN/SLN, etc…)? No do Guterres? No do Passos? Sempre assim foi e sempre assim será porque o ser humano não foi feito para ter o poder que os governantes têm. Quando uma pessoa se sente impune ou acima da lei, a tentação é maior que tudo e não pense você que se lhe fosse dado esse poder todo, que faria diferente porque não faria. A oportunidade faz o ladrão e pura e simplesmente, a única forma de evitar isto é melhor educação a montante e melhores instituições a juzante. As pessoas têm que sentir que ser governante é um acréscimo de responsabilidade e não de poder. As pessoas têm de sentir que mesmo sendo governantes, estão abaixo da lei e sofrem se não a cumprirem. Mas as mentalidades mudam-se de berço, não é depois em adulto.

      • O CHEGA parece tudo menos um partido de extrema direita AS SUAS OPINIÕES SÃO O QUE TODO O povo quer . Efgl patriotas no poder,ver uma democracia correcta , transparente, numa eticaz CONTRA a corrupção ,justiça imparcial penas elevadas para alta ladroagem com confisco de bens. Eu quero um Portugal para os que querem construir e não para os que o querem destruir, porque a sua bandeira não é a nossa.. fora de Portugal quem não quer ser Português. Já viu a fome que por aí vai e o dinheiro gerido por quem continua a ir para interesses pessoais, como a 46 anos. Se os esquerdistas só pretendem arrasar para governar (não há um único país do mundo onde ele tenha tido resultados, os partidos do arco do aARCO DO PODER NAO SAO Partidos. São maçonaria com os seus negócios próprios e por isso os cofres do estado está vazio. Pense por si vendo o que aconteceu desde o 26 de Abril.

    • O CHEGA é a voz do povo sem voz? Dos surdos-mudos?… Bom, olhe que eu conheço muitos surdos e surdos-mudos e nenhum vota Chega…

      O Chega é um fenómeno populista por isso é que está “imparável”. Os partidos como o Chega, normalmente “páram” quando “chegam” ao poder. Como o Chega nunca chegará ao poder, continuará nesse sentido, imparável na sua corrida sem fim.

      É evidente que o Desventura está a “concentrar todos os descontentamentos espalhados pelo país”. Enquanto ele disser que tem a solução contra tudo e contra todos e não for possível provar o contrário, a maioria ignorante da população (porque a maioria é-o), continuará a acreditar no discurso “Pai Natal” do Desventura. Mas um dia que ele se aproximasse do poder é que as pessoas ainda vão ficar mais descontentes porque esse animal é mais corrupto do que todos os corruptos a quem aponta o dedo.

      Estamos a falar de um idiota que falsificou assinaturas para registar o partido, um gajo que na sua tese de doutoramento disse que era necessário tirar poder à polícia e ajudar mais a minorias… E agora apregoa o contrário de tudo isso. Um bandalho que criticava os outros políticos por acumularem cargos e assim que conseguiu ser doputedo, quis acumular com o tacho da Cofina. E teve de ser despedido para largar a duplo tacho, à força. Isto mostra logo que o que Desventura diz e o que ele faz são universos paralelos… Jamais se tocam ou vêem.

      • O Ventura só é deputado (e a voz dos indignados) nos tempos livres – ao contrário do que “pregou às suas ovelhinhas”, ainda mantém o principal tacho como consultor da Finpartner – uma daquelas consultoras que tanto contribuírem para a corrupção, perdão, para a evolução…
        .
        Também me parece um exagero dizer-se que o PS é um partido de esquerda!…

        • No conceito deste Eu, quem vota no PS, esses são “as ovelhinhas” do Costa ! Este gajo tem que curar-se quanto antes. O delírio é mau presságio.

          • E boa parte são mesmo!!
            Mas eu não falei do Costa; falei do consultor vigarista do Chega que continua a mentir descaradamente aos palermas que votaram nele e, só vai ao Parlamento quando tem alguma folga na consultora!…

      • André Ventura é um homem inteligentíssimo, que põe qualquer deputado em sentido. André Ventura, um homem que se licenciou como uma nota fabulosa e tirou na Irlanda um doutoramento com nota de excelência. Qualquer parlamentar ou mesmo governante já teme o confronto com ele. Todas as mentiras e corrupções quase descaradas que assolam o país, são escalpelizadas por este senhor, dia a dia, sem dar tréguas. É isso que hoje nós precisamos em Portugal, como pão para a boca. Toda a oratória patética do Miguel Queiroz parece encerrar algum desespero pela sua previsão de alteração do statu quo vigente. No fundo, trata-se de um indivíduo que defende, algo sub-repticiamente, o mamanço da gamela, sob a capa da social democracia. É com ilusionistas destes que se modela a continuidade da nossa pobreza franciscana.

        • Amém!!
          Afinal o Ventura vigarista é mesmo um pastorinho e vai aparcer a 13 de Maio para salvar a nação!…
          Há mesmo crentes para tudo…

    • O povo esclarecido, trabalhador e honesto vai votar em quem?
      Dos 46 anos de demagogia e empobrecimento quem se aproveita?
      Não há alternativa. Votamos CHEGA, até que nos desiludam!

      • Alguém esclarecido, no Chega de Ventura, não vota de certeza absoluta!!
        As vigarices e mentiras do Ventura não foram suficientes para “acordar”?!
        Já para não falar nos 17 anos no PSD em que estava tudo bem com o “regime”!…

        • A única alternativa é pores essa cabecinha a trabalhar; em vez de ires atrás do rebanho do salvador/pregador/consultor vigarista feito deputado!!

          • Este gajo está sem conteúdo oratório. Está esgotado, assim como esgotado está a governação esquerdoide que está a levar o país para a desgraça.

  3. O CHEGA é uma lufada de ar fresco de entre a pobreza da política atual em Portugal. O Povo que ser ouvido, por entre as misérias governativas que o tem destroçado. É hora de abanar com esta desgraça. É hora de acabar com esta mediocridade de políticos e com o brutal volume de impostos que ninguém tem a sensatez de atenuar. Portugal necessita, urgentemente, de coragem para construir caminhos novos de vivência democrática, sob pena de hipotecarmos irremediável e eternamente o país.

    • O Chega é tão “ar fresco” como o Salazar, um Bolsonaro, um Maduro ou um esgoto a céu aberto!…
      Quando o povo precisar de “consultores financeiros” mafiosos como o Ventura para ser ouvido, mais vale procurar um novo Salazar – o povo ficaria novamente na miséria mas sempre teria as estorinhas de Fátima, etc, para se “distrair”!…

  4. Se o PS não viu inconveniente em contrair matrimónio com a extrema-esquerda, não me parece que o PSD caso um dia se encontre na mesma situação o recuse também com o CHEGA. Uma coisa que irá acontecer é que o GHEGA irá ter muito mais votação porque muita coisa vai mal e quanto mais não seja servirá de voto de protesto uma vez que os tradicionais partidos chafurdam sempre na mesma comida alterando apenas de tempos a tempos algum condimento para calar a malta.

  5. O Chega é para Portugal o que Bolsonaro foi para o Brasil, soluções primárias para questões complexas e sempre foi eufórico contra a corrupção (que pratica largamente, tanto que está desmantelando os órgãos que investigam os corruptos). Agora disputa o posto de pior presidente do mundo, fazendo uma gestão completamente incompetente. Tomem cuidado, ou os portugueses também caem nessa esparrela da extrema direita e na ânsia de uma coisa nova, vão ter o pior de sempre…. Estou vendo o mesmo filme com personagens diferentes….

  6. Revela bem que Ventura vai tendo cada vez mais votos. Revela ao mesmo tempo a pobreza e decadência da política em Portugal, nomeadamente dos principais partidos. Marcelo incluído pois é cúmplice do sistema instalado.
    De modo que o terreno apresenta-se cada vez mais favorável para Ventura e para novos partidos que apareçam. A abstenção também continuará a aumentar.

  7. A democracia dá-nos a todos o direito de termos a nossa própria opinião, por isso dentro do respeito que se deve ter por todas as opiniões aqui expressas, não deve haver lugar a ataques pessoais, eu, desde que há eleições livres em Portugal sempre votei, quanto mais não fosse para cumprir um dever de cidadania, ao longo dos tempos verifiquei que as promessas feitas pela maioria dos políticos depois de eleitos, caiam sempre em saco roto, de seguida era tudo para eles e para os eleitores migalhas, no entanto cumpri sempre com o meu dever de cidadão, não por acreditar mas…, mas agora decidi mudar de opinião e, mudar o meu sentido de voto, porque nesta já longa data que leva a nossa democracia, concluo que, a única coisa que todos temos em comum é, poder-mo-nos expressar livremente, porque no resto continuamos na mesma, uns estão cada vez mais ricos, e os outros cada vez mais pobres, por isso aquela igualdade que muitos propalam nunca passou de meras promessas, face a tudo isto a democracia ainda está por cumprir, por tudo isto ainda estamos à espera que apareçam políticos de palavra e honra.

  8. Está malta não olha para as sondagens e não vê que só o PS tem mais intensões de voto que as capelinhas da direita todas juntas!! Ganhem juízo.

    • Isso acontece precisamente porque o PS não é bem esquerda e, tem ido buscar muitos votos ao PSD!…
      Na verdade, e, basta analisar a governação actual, não há grandes diferenças entre os governos do PS e os governos do PSD… e, não estou a dizer que há alternativas melhores!…

      • Não é bem esquerda, diz o artolas Eu ! Nunca foi é tão tão esquerda. Costa é grande admirador e próximo do PCP (aliás o pai era comunista). O PS alguma vez se tinha encostado a estes radicais de esquerda? Este Eu tem que curar-se, se ainda for a tempo.

        • Ai João, João… nota-se logo que és bastante limitado, mas, pode dizer-se que os governos PS são tão de esquerda como tu és inteligente!!
          Percebes melhor assim?
          O Costa pode ser admirador de quem quiser – caso não tenhas percebido à primeira, eu falei do(s) governo(s) PS!…
          O PCP é quase uma “peça de museu” e, de esquerda, também tem pouco mais do que a “cassete”!…
          Se o melhor argumento para tanto disparate é que o pai do Costa era comunista, está tudo dito sobre a confusão que vai nessa cabecinha… melhor era só dizeres que um PR Marcelo é de extrema-direita só porque o seu pai foi ministro do Estado Novo!!

    • Pois isso é que é perigoso. Hegemonia de um só partido seria o pior que nos poderia acontecer. Precisamos de Ventura, urgentemente.

  9. Comentar mais para quê, pois eu apoio e voto em André Ventura e se o PSD+CHEGA+CDS eu voto nesta coligação.
    Não quero o que o meu país seja como a Venezuela, Cuba, Coreia do Norte Síbéria etc… São estas as Ditaduras perigosas.
    Nunca vi alguém de esquerda ir viver para esses países, PORQUE SERÁ??????????

    • Ai Jaime, Jaime… imagina que Ventura (e os padrecos do CDS) governavam Portugal e aplicavam a censura ao modo do seu querido Salazar – lá se ia a tua liberdade para debitares ignorância e disparates em público…
      Melhor (e para a desgraça ser completa) só mesmo uma coligação do PS, PSD, CDS, CHEGA!!
      Venezuela, Cuba e Coreia do Norte são “paraísos” para qualquer ditador, logo são o local perfeito para o CHEGA de Ventura…
      Mas o teu melhor exemplo foi mesmo a Sibéria – que é “apenas” uma província russa e, só é governada por um ditador de extrema direita chamado Putin… outro “ídolo” nacionalista mafioso para o Ventura (e companhia)!!

    • Era melhor que “seja” como Chile, Argentina e outras ditaduras de extrema direita. Portugal de Salazar e Pide não era uma ditadura perigosa?

  10. Não percebi qual o espanto, então o Ventura não é uma criação do Passos Coelho? Os Coelhistas deveriam estar satisfeitos, era o caminho que o PaF queria, privatizar SNS, Escolas públicas, CGD, Estradas etc etc
    porque as empresas lucrativas já tinham sido Ven/dadas, tipo REN,EDP,CTT, a TAP foi naquela famigerada noite etc etc.

  11. Acho, é que o PSD, vai seguir o mesmo caminho do CDS… Ainda não perceberam, que os Portugueses, já atingiram o limite… estão fartos!!!

RESPONDER

Justiça angolana manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

A justiça angolana ordenou o encerramento e apreensão de todos os templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, estando o processo de selagem a ser feito “de forma gradual”, disse à …

"Reality show" afirma que vai enviar concorrente à Estação Espacial Internacional

Space Hero, uma unidade de produção com sede nos Estados Unidos que afirma ser a "primeira empresa de media espacial", alega que garantiu um lugar numa missão da SpaceX para a Estação Espacial Internacional de …

Oceanbird: O navio movido a energia eólica que vai revolucionar a indústria da navegação

A transportadora Oceanbird deverá transportar 7 mil carros e será movido a energia eólica, e por isso deverá tornar o processo de deslocação de veículos mais sustentável. De acordo com um relatório do The Driven, um …

"Esqueceu-se disto". Parque Nacional na Tailândia envia lixo deixado pelos visitantes por correio

Se deitar lixo ao chão no Parque Nacional Khao Yai, na Tailândia, esse mesmo lixo será enviado de volta para sua casa. Os infratores também serão registados na polícia local. O Parque Nacional Khao Yai, no …

Banco britânico HSBC permitiu branqueamento de esquema de Ponzi de milhões de dólares

O banco britânico HSBC permitiu que fossem transferidos milhões de dólares para todo o mundo de forma fraudulenta, mesmo depois de ter tomado conhecimento da fraude, de acordo com documentos secretos revelados, divulgou hoje a …

Este é o primeiro aeroporto 5 estrelas do mundo devido aos seus protocolos contra covid-19

A Skytrax, órgão que examina e classifica aeroportos em todo o mundo, costuma chamar a atenção do setor pelo menos uma vez por ano, durante a sua cerimónia de prémios. Este ano, o World Airline Awards, …

Há alguma ligação entre stress, insónias e sistema imunitário? Estudo americano sugere que sim

Um estudo realizado por neuro-cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugere que poderá existir uma relação entre o stress, as insónias e um fraco sistema imunitário. Investigadores do laboratório Cold Spring Harbor e da …

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …

Histórico: Filipe Albuquerque vence 24 Horas de Le Mans e sagra-se campeão mundial de LMP2

O português Filipe Albuquerque, da United Autosports, venceu este domingo as 24 Horas de Le Mans em automobilismo, na categoria LMP2, a segunda mais importante, e sagrou-se campeão mundial de resistência a uma corrida do …

Convenção do Chega chumba (duas vezes) lista de André Ventura para a direção nacional

A proposta do presidente do Chega, André Ventura, para a direção nacional do partido foi hoje chumbada na convenção que decorre em Évora, ao não conseguir reunir os dois terços dos votos dos cerca de …