Enólogos provam vinho de 5 mil euros que esteve um ano no Espaço

Frederik Vandaele / Wikimedia

Garrafas de Chateau Petrus 2000.

Especialistas provaram uma garrafa de Chateau Petrus 2000, um vinho raro e caríssimo, que esteve na Estação Espacial Internacional durante um ano.

Uma equipa de cientistas enviou 12 garrafas de Chateau Petrus 2000 e 320 videiras de Merlot e Cabernet Sauvignon para a Estação Espacial Internacional (EEI) para investigar agricultura sustentável.

Agora, enólogos tiveram a sorte de experimentar um copo deste vinho de Bordéus que custa mais de 5 mil euros.

As garrafas e as videiras chegaram à EEI através da nave espacial da Northrop Grumman. Estiveram lá durante um ano, tendo sido expostas ao stress único do ambiente de microgravidade da estação.

Assim que regressaram à Terra, seguiram para o Institute of Vine and Wine Science (ISVV), da Universidade de Bordéus, em França. Os investigadores analisaram as mudanças sofridas durante a sua estadia no Espaço e, na semana passada, revelaram as descobertas preliminares numa conferência de imprensa.

De acordo com a VICE, os investigadores esperam que as descobertas feitas sirvam para apoiar uma iniciativa que visa aproveitar o potencial da microgravidade para a produção de produtos agrícolas resistentes às alterações climáticas.

Já em 1994, uma estudante da Universidade de Colorado, nos Estados Unidos, tentou fazer cerveja a partir de fermento enviado para a EEI. No entanto, só conseguiu produzir uma pequena quantidade que, segundo a própria, não era muito saborosa.

Nesta experiência, para surpresa dos investigadores, todos os 320 fragmentos de videira sobreviveram à estadia no Espaço e alguns já foram replantados.

“Elas estão a desenvolver-se muito, muito mais rápido do que as videiras normais”, disse Michel Lebert, diretor de Ciência da Space Cargo Unlimited, responsável pelo projeto de agricultura sustentável.

O sabor do vinho também sofreu alterações significativas. Um grupo de 12 enólogos e críticos abriram duas garrafas de Chateau Petrus 2000 e provaram o vinho para perceber as mudanças. Uma delas esteve na EEI, enquanto a outra era uma garrafa normal. Numa prova às cegas, onze dos doze participantes detetaram diferenças.

“Eu diria que as diferenças que mais encontrei foram com características florais acentuadas”, disse Jane Ansen, crítica de vinhos com um diploma em degustação na ISVV, citada pela VICE.

À medida que o Petrus envelhece, certos sabores são esperados, como violeta e peónia. Nas garrafas normais, esses sabores estavam, comparativamente, mais moderados.

Ansen estima que uma garrafa normal teria de envelhecer mais um par de anos até atingir os sabores da garrafa que esteve na Estação Espacial Internacional.

Os investigadores levantam a hipótese de que o stress sentido no Espaço, promovido pela microgravidade, acelerou o processo natural de envelhecimento que ocorre nas garrafas de vinho e levou as videiras a desenvolverem uma resiliência que está a contribuir para o seu rápido crescimento na Terra.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …