“Eu confio na Ciência.” Enfermeira de Nova Iorque foi a primeira a receber a vacina nos Estados Unidos

Mark Lennihan / EPA

Sandra Lindsay, uma enfermeira de Nova Iorque, foi a primeira a receber a vacina nos EUA

Quando funcionários do Centro Médico Judaico de Long Island, nos Estados Unidos, pediram que voluntários da equipa estivessem entre os primeiros a receber a vacina contra a covid-19, Sandra Lindsay levantou a mão e disse “sim” ao desafio. Em mente, a enfermeira tinha o combate ao ceticismo e entendeu que seria a pessoa indicada para dar o exemplo.

Esta segunda-feira, a enfermeira Sandra Lindsay foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a covid-19 nos Estados Unidos, o país mais afetado pela pandemia.

Quando aceitou o desafio de ser uma das primeiras a receber a vacina, a diretora de enfermagem dos cuidados intensivos do Centro Médico Judaico de Long Island disse que queria dar o exemplo – especialmente como uma mulher negra que entende o legado do tratamento médico desigual e racista em pessoas de cor.

“Essa era a meta de hoje. Não para ser a primeira a tomar a vacina, mas para inspirar pessoas que se parecem comigo, que são céticas em relação à vacinação”, disse a enfermeira em entrevista telefónica ao The New York Times.

Nos Estados Unidos, os profissionais de saúde e os residentes em lares de idosos serão os primeiros a receber as vacinas contra a covid-19. De acordo com a agência Lusa, as primeiras de quase três milhões de doses enviadas em lotes fizeram o seu trajeto em camiões a partir da fábrica da Pfizer em Kalamazoo, no Michigan, em direção aos centros de distribuição, onde as autoridades de cada estado determinam o destino de cada dose.

Este processo vai repetir-se semanalmente, quando a entidade reguladora de medicamentos, a Food and Drug Administration (FDA), decidir se dará luz verde à segunda vacina contra a covid-19, produzida pela farmacêutica Moderna.

Um dos obstáculos para as autoridades é vacinar rapidamente milhões de pessoas, começando pelos médicos e enfermeiras, mas também por idosos e trabalhadores em lares. Além disso, as reações da vacina configuram uma preocupação para os responsáveis: entre os efeitos adversos, estão a febre temporária, fadiga e dores.

A FDA disse que a vacina da Pfizer/BioNTech parece segura e muito eficaz, mas os especialistas preferem esperar pelos resultados da sua aplicação em massa para ter uma melhor perceção das características do produto.

Espanha prevê vacinação a partir de 4 ou 5 de janeiro

Salvador Illa, ministro da Saúde espanhol, disse esta segunda-feira que a vacinação contra a covid-19 deverá começar a “4 ou 5 de janeiro“, depois de a Agência Europeia do Medicamento aprovar a vacina no dia 29 de dezembro. O governante tranquilizou ainda as comunidades autónomas espanholas dizendo que “haverá vacinas para todos”.

“A chegada das vacinas será progressiva e suficiente. Espanha vai receber 140 milhões de doses” e o país está preparado para que, assim que o medicamento chegue, a população possa ser imunizada “com todas as garantias necessárias”, declarou, numa intervenção num fórum informativo.

A vacinação deverá começar entre o pessoal de saúde, as pessoas que vivem em lares e também as pessoas com deficiências, de acordo com o plano de vacinação aprovado pela União Europeia (UE).

Esta terça-feira, em comunicado, o chefe da UNICEF pediu para que os professores estejam entre os que têm acesso prioritário às vacinas contra a covid-19. “A pandemia de covid-19 causou estragos na educação em todo o mundo. Vacinar professores é um passo crucial para recolocá-la no seu caminho”, afirmou.

Estar entre os primeiros a receber a vacina “ajudaria a proteger os professores do vírus, permitiria que ensinassem presencialmente e, em última análise, manteria as escolas abertas”, lê-se no documento.

O texto refere ainda que “o encerramento de escolas atrapalhou a aprendizagem de quase 90% dos alunos em todo o mundo”. Devemos “fazer tudo o que está ao nosso alcance para salvaguardar o futuro da próxima geração. Isso começa por salvaguardar os responsáveis ​​pela abertura desse futuro”, frisou Fore.

Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …

"Integral confiança". Chega segura militantes acusados de agredir homossexual

O Chega anunciou, esta sexta-feira, que mantém "integral confiança" nos candidatos e estruturas local e distrital de Viseu, referindo que só se pronunciará sobre alegadas agressões de motivação homofóbica naquela cidade depois de apurados os …

Há dezenas de autarcas envolvidos em processos sem fim à vista

Dezenas de autarcas foram neste mandato acusados por corrupção, negócios imobiliários duvidosos e abuso de poder, entre outros, em processos judiciais que se arrastam, na maioria, sem desfecho à vista a dois meses de novas …

Milhares de pessoas manifestam-se na Austrália contra o confinamento

Milhares de australianos manifestaram-se, este sábado, em várias cidades do país contra as restrições impostas pelo Governo para controlar o aumento de casos de covid-19. Em Sidney, cerca de mil manifestantes protestaram contra o confinamento decretado …

Há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado

Há 406 farmácias de 104 laboratórios em Portugal continental com testes comparticipados pelo Estado. Saiba quais. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) atualizou recentemente a lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes …

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …