Encontrado gafanhoto com 128 anos escondido num quadro de Van Gogh

Vincent van Gogh (1853–1890)

“Olive Trees” de Van Gogh, 1889

Uma conservadora de um museu fez uma descoberta surpreendente num quadro de Vincent Van Gogh, pintado há 128 anos: deparou-se com um gafanhoto embutido na tinta.

A descoberta aconteceu quando a especialista Mary Schafer, do Museu de Arte Nelson-Atkins, em Kansas City, nos EUA, examinava a pintura “Olive Trees” (Oliveiras) de Van Gogh.

O objectivo da conservadora era explorar o processo de criação do pintor holandês. Mas eis que aconteceu a descoberta surpreendente: um gafanhoto embutido na tinta.

“Estava a observar a obra com o microscópio e deparei-me com o corpo minúsculo de um gafanhoto a meio da pintura, preso ali desde 1889″, salienta a conservadora, citada pela BBC.

“Isto diz-nos que Van Gogh estava a pintar ao ar livre e imaginámo-lo a lutar com os elementos, lidando com o vento, os insectos, e depois transportando a pintura molhada do campo para o seu estúdio”, explica a especialista.

A conservadora está habituada a encontrar areia, em quadros com cenas de praia, e restos de plantas, em pinturas que retratam florestas. E por isso, inicialmente, pensou que era “a impressão de uma pequena folha”, refere em declarações ao Live Science. Mas tratava-se afinal de “um insecto minúsculo”.

Mary Schafer contactou o professor de paleontologia Michael Engel, da Universidade do Kansas, nos EUA, para tentar descobrir mais detalhes sobre a pintura de Van Gogh. E foi este especialista que estudou o gafanhoto, concluindo que lhe faltam o tórax e o abdómen que poderiam dar sinais sobre a sua última refeição e, logo, indícios da estação em que terá morrido.

Engel também não encontrou sinais de movimento na pintura circundante ao gafanhoto, concluindo, assim, que o insecto já estava morto, provavelmente colado ao pincel de Van Gogh, quando aderiu ao quadro, destaca a BBC.

Pintado no sanatório

Van Gogh pintou “Olive Trees” em 1889, numa altura em que estava internado no sanatório Saint-Rémy-de-Provence, a cerca de 30 quilómetros de Arlés, no sul de França.

Cerca de um ano antes, o pintor tinha cortado parte da sua orelha esquerda, após uma disputa com o artista francês Paul Gauguin, de acordo com uma das versões sobre o incidente.

Na altura, Van Gogh chegou a queixar-se do incómodo de pintar ao ar livre, em parte por causa dos insectos, numa carta enviada ao irmão mais novo, o comerciante de arte Theo van Gogh.

“Devo ter apanhado algumas centenas de moscas nas quatro telas que te estou a enviar, já para não dizer poeira e areia”, escreveu Van Gogh em 1885, segundo cita a BBC.

ZAP // BBC

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

A Bitcoin tem uma verdadeira ameaça: os supercomputadores quânticos

Apesar de o valor da Bitcoin não parar de aumentar, tendo chegado esta semana aos 8.000 dólares, há quem esteja preocupado com uma tecnologia emergente, que ameaça seriamente a blockchain, plataforma por trás da criptomoeda: …

Se Puigdemont quer receber pensão, tem que reconhecer intervenção de Madrid

O presidente do governo destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, terá de reconhecer a intervenção do Estado espanhol naquela comunidade autónoma se quiser receber os 112 mil euros anuais correspondentes à pensão a que tem direito …

Nações Unidas divulgam vídeo da fuga de soldado norte-coreano

O Comando das Nações Unidas publicou, esta quarta-feira, um vídeo que mostra a deserção de um soldado norte-coreano que, no passado dia 13, cruzou a fronteira para a Coreia do Sul enquanto era baleado pelos …

Benfica em Vila do Conde, FC Porto recebe V. Guimarães e Sporting o Vilaverdense

O sorteio realizado, esta quarta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que o Benfica vai até Vila do Conde, onde visita o Rio Ave, e que FC Porto e Sporting recebem o Vitória de …

Primeiro-ministro libanês suspende demissão após pedido do Presidente

O primeiro-ministro demissionário libanês anunciou, esta quarta-feira, em Beirute que suspendeu o pedido de demissão do Governo depois de um pedido do Presidente nesse sentido. Numa intervenção transmitida pela televisão local, Saad Hariri disse ter decidido …

PJ detém 10 seguranças, entre os quais 3 polícias

A Polícia Judiciária deteve dez pessoas, entre as quais dois agentes da PSP e um militar da GNR, sob suspeitas de crimes de sequestro, exercício ilegal de segurança privada e corrupção. As dez detenções, de nove …

Documentos sobre roubo de Tancos fechados num cofre e com consulta condicionada

O chefe do Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte, foi ouvido na Comissão de Defesa Nacional sob sigilo, no âmbito do roubo de armas em Tancos. As informações prestadas estão classificadas como confidenciais e ficam …

Ratko Mladic condenado a prisão perpétua por genocídio e crimes contra a Humanidade

O Tribunal Penal Internacional para-a ex-Jugoslávia (TPI-J) condenou, esta quarta-feira, o antigo chefe militar sérvio-bósnio Ratko Mladic a prisão perpétua pelos crimes cometidos na guerra da Bósnia (1992-1995). O Tribunal Penal Internacional para-a ex-Jugoslávia (TPI-J) condenou …

Surpresa geral com a mudança do Infarmed de Lisboa para o Porto

Trabalhadores, deputados, indústria farmacêutica e até a própria Infarmed foram apanhados de surpresa com a decisão do Governo de mudar a sede da Autoridade Nacional do Medicamento de Lisboa para o Porto. A decisão de deslocalizar …

Escrava sexual mata agressor e é condenada a prisão perpétua

O caso é de 2004, mas voltou a debate público recentemente, depois de a Fox ter publicado uma reportagem sobre a vida na prisão da menina que matou o seu abusador. "Imagina aos 16 anos seres …