Encontrada a primeira carta que relatava o regresso de Cristóvão Colombo depois de descobrir a América

Prang Educational Co., 1893. 40802Y U.S. Copyright Office

Ilustração da chegada de Cristóvão Colombo à América em 1492.

O documento mais antigo que relata o regresso de Cristóvão Colombo depois de descobrir a América acaba de ser encontrado pelo Arquivo da Nobreza, dependente do Ministério da Cultura, no seu trabalho de tratamento técnico e digitalização do Arquivo dos Condes de Villagonzalo.

“Nosso muito alto, excelente e poderoso príncipe, rei de Castela, de Aragão da Sicília, de Granada e nosso amado príncipe irmão”, pode ser lido em português no verso da carta datada de 4 de março de 1493 e escrita por João II de Portugal a Fernando, o Católico, onde o ato de Colombo se anuncia pela primeira vez. Está escrito no mesmo dia em que Colombo chegou a Lisboa depois da sua aventura.

“O interesse deste documento reside, especialmente, no início da sua data, já que poderíamos estar diante do primeiro testemunho do regresso bem-sucedido de Colombo depois de sua aventura oceânica, além das suas cartas e jornais. A chegada fortuita a Lisboa do navegador concedeu ao monarca português o furo de descobertas e deu lugar a uma batalha diplomática entre os tribunais castelhano e português pelo controlo da expansão atlântica”, explicou o Arquivo à ABC.

Na parte de trás do documento, no endereço da carta, podemos ver o selo de armas do Rei de Portugal, excecionalmente bem preservado, e o ponto de fecho na forma de um semicírculo.

Esta instituição pretende expor a carta ao público a partir da semana que vem na exposição sobre a assinatura do Tratado de Tordesilhas, que pode ser visitada em Toledo.

Neste processo de descrição e tratamento técnico do Arquivo dos Condes de Villagonzalo, que é de propriedade privada, mas é guardado pelo Arquivo da Nobreza, foram encontradas há dois meses duas cartas oficiais de João II de Portugal relacionadas com o Tratado de Tordesilhas. São os primeiros documentos relativos a esta viagem após a partida de Palos de la Frontera em 3 de agosto de 1492.

O segundo documento é também uma carta de João II de Portugal a Fernando, o Católico, desta vez datado de 25 de maio de 1493, e é um testemunho de como o rei português concordou em paralisar a partida de suas caravelas. A carta do monarca constitui o começo das negociações que dariam origem ao Tratado de Tordesilhas, enquanto as conversas com o papa Alexandre começaram em relação às terras descobertas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

DiCaprio explica como reverter a crise climática

Ice on Fire é um documentário HBO produzido e narrado pelo ator norte-americano Leonardo DiCaprio que retrata a atual crise climática. A grande produção foi discutida esta segunda-feira em Lisboa, onde se falou do contexto …

Descoberto fóssil de macaco que viveu há 4,2 milhões de anos no Quénia

Uma equipa internacional de investigadores descobriu restos fósseis de um pequeno macaco que viveu no Quénia há 4,2 milhões de anos. Os responsáveis pela investigação, que será publicada na revista Journal of Human Evolution, são cientistas …

Air France acusada de negligência no desastre do voo Rio de Janeiro-Paris

A justiça francesa acusou a Air France de negligência, na sequência da investigação ao acidente aéreo do voo Rio de Janeiro-Paris, que causou 228 mortos em 2009, confirmou esta quarta-feira a AFP. O Ministério Público considerou …

Governo "está preparado” para eventual greve dos camionistas

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, disse esta quarta-feira que “não perdeu as esperanças no esforço de conversação” com os representantes dos camionistas, mas garantiu que “o Governo está preparado para o que vier …

Carga misteriosa e contradições nos passageiros. Revelados novos dados sobre o MH370

A França é o único país que continua a investigar o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines em Março de 2014. E emergem novos dados sobre o que apuraram os magistrados envolvidos no caso, …

Foi avistada uma alforreca gigante no Reino Unido

A alforreca gigante, a maior alguma vez encontrada em águas britânicas, foi avistada na Cornualha, no Reino Unido, no sábado, por uma bióloga e repórter da BBC. Segundo o Washington Post, a criatura foi avistada, no …

Montepio condenado a ressarcir cliente que culpou de ataque informático

O Tribunal da Relação de Guimarães condenou o banco Montepio a pagar a uma cliente de Barcelos os 28.596 euros que em quatro dias foram retirados da sua conta, na sequência de ataque informático. Por acórdão …

Crew Dragon. Já se sabe o que causou a misteriosa explosão da nave da SpaceX

A NASA e a SpaceX explicaram, finalmente, o motivo da explosão da nave espacial Crew Dragon. Apesar de terem sido divulgadas imagens da explosão, nenhuma das agências explicou as razões do desastre. As imagens da nave …

Turistas britânicos encorajados a afixar cartazes de Maddie durante as férias

Turistas britânicos com viagens marcadas para o estrangeiro estão a ser encorajados a levar cartazes de Madeleine McCann pela campanha oficial lançada pelos pais para encontrar a criança inglesa desaparecida em Portugal em 2007. “Vai de …

Crianças preferem ser YouTubers do que astronautas

A maioria das crianças entrevistadas prefere mais ser YouTuber do que ser astronauta. De uma lista de cinco profissões, a de cosmonauta foi a menos escolhida entre crianças americanas e britânicas. Há 50 anos, a ida …