Empresas de comunicações ameaçam subir preços das mensalidades

As empresas de telecomunicações ameaçam subir os preços das mensalidades, se o Parlamento avançar com a proposta da ANACOM para limitar os montantes a pagar em caso de quebra de contrato de fidelização.

Em causa a proposta do regulador entregue no Parlamento para limitar, e muito, o custo da quebra do período de fidelização pelos clientes. A proposta foi esta quarta-feira detalhada aos deputados pelo presidente da ANACOM. João Cadete de Matos explicou que querem evitar abusos.

As medidas enviadas à Assembleia da República e ao Governo alterariam a Lei das Comunicações Eletrónicas, mantendo o período máximo de fidelização em 24 meses.

No entanto, se o cliente quiser rescindir o contrato na primeira metade do período de fidelização terá de pagar ao operador, no máximo, apenas 20% das mensalidades que ainda estavam por pagar. Se a quebra acontecer na segunda metade do período de fidelização o montante desce para 10%.

A ANACOM é agora fortemente criticada pela Associação dos Operadores de Comunicações Electrónicas (APRITEL), de acordo com a TSF. A associação que representa as grandes empresas da área fala num “atentado ao setor” e à inovação tecnológica, pondo em causa a nova tecnologia 5G.

A secretária-geral referiu que uma consequência económica evidente será, naturalmente, o aumento das mensalidades e dos custos de adesão aos serviços de comunicações. Daniela Antão diz que “na prática estamos perante um fim dissimulado da fidelização através da eliminação quase total das compensações possíveis em caso de quebra”.

“Sem a possibilidade de alguma estabilidade contratual, o setor não vai conseguir ter preços compatíveis com o poder de compra em Portugal, com um impacto grave. É evidente que se o cliente puder sair com uma compensação irrisória os operadores terão de ter alguma reciprocidade nos benefícios que estão a entregar ao consumidor, sendo mau para todos”, defende a representante das empresas.

A APRITEL acusa a ANACOM de não ter ouvido o setor nem de ter feito qualquer análise económica às consequências da proposta que entregou para mudar as fidelizações.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Estas empresas são mesmo um grupo de mafiosos.
    As fidelizações apenas são uma forma de EXTORQUIR dinheiro aos consumidores.
    Reconheço que é preciso uma forma de evitar clientes insensatos que poderiam pedir um serviço de forma irresponsáveis e que traria custos injustificáveis ao operador.
    Agora uma fidelização de 2 anos… POR FAVOR, VÃO ROUBAR OUTRO.
    E pior que tudo de pois de fidelizado por 2 anos, apenas renovam nova fidelização…
    Isto não tem nada haver com inovação ou qualquer outra treta, apenas querem é ficar com o nosso dinheiro.
    O governo se quisesse impunha uma lei com fidelizações limitadas a 6 meses e depois era livre, obrigando que os valores atuais apenas fosse atualizados até ao máximo da inflação.
    Se os operadores não estão satisfeitos que se ponham a andar que haveria muitas empresas pelo mundo fora que estariam interessadas neste mercado (que deve ter das infraestruturas mais atuais e modernas da Europa ou mesmo do Mundo)

  2. Se as operadoras concertarem uma posição comum, isso é cartelização e como tal deverá ser punida severamente por lei. Se, em lugar de ignorarem completamente o disposto legalmente quanto à defesa da privacidade e acesso a dados pessoais aceitando que quando as pessoas escolhem não querer ser contactadas para ações promocionais isso é para ser levado a sério, deixando assim de efetuar chamadas telefónicas sistemáticas para clientes, potenciais ou não, muitas delas usando números não identificados, deixarem também de iludir inúmeros jovens à procura de emprego com a ilusão de uma carreira comercial aborrecendo constantemente as pessoas nos seus lares e ainda acabarem com contratos abusivos cheios de cláusulas reconhecidamente irregulares, para não ir mais longe, então não só poupariam dinheiro que iriam ter reflexo nos seus resultados, como se calhar acabariam por corrigir a imagem desastrosa que a generalidade das pessoas/consumidores têm dos operadores de telecomunicações.

  3. Bah, quem manda no país, são as grandes companhias ou os governantes…..(até há quem chame os que se governam!!!)!!!!!!!!!! Qual o problema?!!! Xuxalismo é caro….. E lá vamos cantando e rindo no país dos otarinhos…. Afinal onde existe o tal país das maravilhas e do paraíso tão apregoado pela nossa “ilustre” classe política….?!!!! De certeza que não fica à beira mar plantado.. deve ser noutra galáxia a muitos milhões de anos-luz!!!!!!!!

  4. O 5G esta contratado a empresa que mais barata tem esta tecnologia do mundo que é a huawei e que vai vender essa tecnologia a Portugal …por isso as empresas querem o que so lucro?? Investimento? Bom o Investimento e fraco muito fraco existem muitos pontos negros no país onde so existe uma adsl e nem 11mb chega ate a ter … por isso estou de acordo com todos os que criticam as mediocres empresas de telecomunicacoes deste país que vejam so …apenas sao 2 …pois as outras duas so teem serviços em cidades

    • Pelo menos essas empresas servem para alguma coisa roubar o desgraçado e prestar péssimos serviços, tudo serve para roubar, desde as chamadas para lá para corrigirem erros de facturas, ou reclamar sobre os problemas da net… tudo, tudo serve para roubar…… e nada baratas… 2.00 euros. Não sei para que serve a ANACOM e o Governo do país da Alice das maravilhas…. Se são paus mandados das grandes empresas então vão para casa e poupem largos milhões aos países… Os (des)governantes pulhíticos) vivem no país da Alice das Maravilhas, e os tugas otários vivem no inferno criado por eles.

RESPONDER

Se quer um coração saudável, desligue a televisão e tome um bom pequeno-almoço

É conhecida como a refeição mais importante do dia e não é por acaso. Os hábitos de vida que seguimos diariamente têm um impacto direto na nossa saúde vascular. Numa investigação recentemente apresentada na reunião anual …

Determinada temperatura das bebidas que aumenta risco de cancro

Cientistas da Universidade de Ciências Médicas de Teerão publicaram novas provas sobre a relação entre o consumo de bebidas quentes e o cancro do esófago. De acordo com o estudo publicado na revista International Journal of …

Descobertos 83 buracos negros supermassivos no Universo inicial

Astrónomos do Japão, de Taiwan e dos EUA descobriram 83 quasares alimentados por buracos negros supermassivos no universo distante, numa época em que o Universo tinha menos de 10% da sua idade atual. "É notável que …

Joy Milne consegue cheirar a doença de Parkinson antes de ser diagnosticada

Atualmente, não existe nenhum teste diagnóstico definitivo para o Parkinson, mas isso pode mudar graças a Joy Milne, uma mulher que consegue detetar a doença antes que os sintomas apareçam. Parece demasiado bizarro para ser verdade, …

Filho de José Eduardo dos Santos libertado da prisão. Estava preso desde setembro de 2018

O antigo presidente do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos, que se encontrava em prisão preventiva desde 24 de setembro de 2018, encontra-se já em liberdade, disse hoje à agência Lusa fonte oficial. A …

Naufrágio no Nilo é a primeira prova de que Heródoto não estava a mentir sobre os barcos egípcios

Um navio naufragado encontrado no rio Nilo pode ter permanecido inalterado durante mais de 2.500 anos. Agora, está finalmente a revelar os seus segredos: cientistas pensam que este navio revelou uma estrutura cuja existência tem …

A gravidade influencia a maneira como tomamos decisões

Todo e qualquer organismo vivo na Terra evoluiu a longo de milhares de anos sob um campo gravitacional constante, com a gravidade desempenhando um papel fundamental no comportamento e na cognição humana. Um estudo recente publicado …

"Atentado" na Disneyland Paris era apenas uma avaria nas escadas rolantes

Por volta das 21h00 em Paris, produziu-se um movimento de pânico na Disney Village, no parque de diversões francês da Disney. Rapidamente se multiplicaram mensagens sobre um "atentado". Ao jornal belga DH, uma fonte afirmou que …

Cientistas alargam limites físicos do grafeno

Até onde vão os limites físicos do grafeno? Uma equipa de cientistas do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga, respondeu a esta questão e desafiou-os. Uma equipa de investigadores dos Departamentos de Materiais Quânticos …

Ilusionista britânico diz que vai travar o Brexit com o poder da mente

Uri Geller é um ilusionista israelista, com nacionalidade britânica, que se tornou famoso nos anos 1970 em programas de televisão em que realizava demonstrações dos seus alegados poderes paranormais. Agora, Geller deixa um aviso a Theresa …