/

CMVM alerta que empresa de Windoh não está autorizada a operar em Portugal

1

windoh / Facebook

Diogo Figueiras / WINDOW (@windoh)

A CMVM refere que “a referida entidade não se encontra legalmente habilitada para realizar publicidade ou prospeção de clientes dirigidas à celebração de contratos de intermediação financeira”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) avisou esta sexta-fera os investidores de que a entidade Blvck network, do youtuber Diogo Figueiras, conhecido por Windoh, não está autorizada a operar em Portugal, segundo um comunicado divulgado no site do regulador.

A entidade alertou assim “para o facto de que a entidade Blvck network não estar autorizada nem registada junto da CMVM para o exercício de qualquer atividade de intermediação financeira em Portugal, conforme o disposto nas alíneas a) e b) do n.º 1 do artigo 295.º do Código dos Valores Mobiliários”, lê-se na mesma nota.

A CMVM disse ainda que “a referida entidade não se encontra legalmente habilitada para realizar publicidade ou prospeção de clientes dirigidas à celebração de contratos de intermediação financeira”.

O regulador aconselhou os investidores a “consultar a lista de intermediários financeiros autorizados” ou a lista de entidades habilitadas a prestar serviços financeiros em Portugal em regime de Livre Prestação de Serviços (LPS), bem como a “lista de analistas financeiros independentes”, na sua página da Internet.

“Todas as pessoas e entidades que tiverem estabelecido qualquer relação comercial com a entidade acima identificada poderão contactar a CMVM através dos contactos gerais, por contacto telefónico 213177000 ou por e-mail para [email protected] ou, ainda, através do Apoio ao Investidor, por contacto telefónico 800 205 339 (linha verde), ou por e-mail para [email protected]”, rematou o regulador.

  ZAP //

1 Comment

  1. É… os putos alienados vão já a correr consultar a lista de “vigaristas oficiais” antes de torrar o dinheiro dos pais!…
    Os velhotes, se consultassem médicos a sério, também não cairiam nas vigarices dos Calcitrin’s apadrinhadas por parasitas sem vergonha como o Goucha, etc…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.