Em teletrabalho, Tiago Mayan fez campanha em Aveiro, Braga, Guimarães e até nas ilhas

Manuel de Almeida / Lusa

O candidato presidencial apoiado pela Iniciativa Liberal, Tiago Mayan Gonçalves

Um computador, uma mesa, uma cadeira e um painel da campanha, colocados numa sala ampla, foram o cenário em que Tiago Mayan passou o dia de teletrabalho, que acabou com declarações de apoio da Iniciativa Liberal (IL) Açores e Madeira.

Esta quinta-feira, no penúltimo dia de campanha, o candidato liberal transferiu todas as ações para o online. Com “escritório” montado numa sala de um segundo andar, com vista para o mar, Mayan foi a Aveiro, Braga, Guimarães, Açores e Madeira.

Nuno Barata, deputado eleito pela IL para a Assembleia Legislativa dos Açores, considerou que, de todos os candidatos que estão a concorrer nestas eleições presidenciais, o “Mayan é o único que não é populista, é o único que não diz o que as pessoas querem ouvir”.

Da Madeira veio a promessa de uma poncha e de um voto no domingo. Nuno Morna, vice-coordenador da IL Madeira, afirmou estar de “alma e coração” com Tiago Mayan.

“Numa eleição completamente desestruturada ter alguém que vem falar de ideias que prevalecem acima do imediatismo dos faits divers, faz com que, com toda a honra e com um enorme orgulho no próximo domingo, eu e muitos madeirenses, iremos fazer a cruzinha à frente do teu nome”, afirmou, dirigindo-se ao candidato, a quem agradeceu ainda “pela fabulosa campanha”.

Para Mayan, estes são apoios importantes até porque, reforçou, quer ser “Presidente de todos os portugueses” e, por isso, foi perentório em defender o fim do cargo Representante da República nas ilhas.

À conversa veio ainda o tema da autonomia, da qual o candidato apoiado pela IL, diz ser um “feroz defensor”, a pandemia de covid-19 e a crise económica e social que também se sente nestes territórios.

Antes de “viajar para as ilhas”, Mayan falou ainda com elementos das associações Comercial de Braga e Vimaranense de Hotelaria (Guimarães), de quem ouviu as preocupações relacionadas com os efeitos da pandemia nos negócios e as dificuldades dos empresários.

Tiago Mayan, que passou o dia apenas com um assessor, os jornalistas e em teletrabalho, comentou que esta é a forma possível de fazer campanha em consequência da pandemia e das medidas de confinamento.

“Não é a mesma coisa que estar com as pessoas presencialmente e poder interagir com elas, mas é a forma possível. Claro que, de alguma forma, eu queria estar em contacto com as pessoas e esta foi a forma possível”, frisou.

“O país não pode ser gerido em ciclos de 15 dias”

Em relação ao encerramento das escolas, anunciado na quinta-feira, Mayan disse, segundo o Observador, que esta é mais uma decisão “unilateral” que “pode ser legítima” e que quando o Governo toma estas decisões “tem de assumir a responsabilidade”.

O país não pode ser gerido em ciclos de 15 dias. Este é um Governo que não sabe planear o futuro. Isto não é governar. O Presidente da República tem de ter uma palavra quanto a isto”, atirou o candidato liberal.

Questionado sobre se concordava com o encerramento de escolas, Tiago Mayan disse que isso “depende da análise científica e epdemiológica”. “Concordo que estamos num ponto onde nunca julgaríamos estar. Já ouvi várias versões, até da boca do próprio primeiro-ministro, de que não há um problema de contágio nas escolas mas sentem a necessidade de fechamento para passar outro tipo de mensagem”.

Mayan apontou que, “se essas são as medidas consideradas necessárias, temos de começar a planear as contingências, associar as medidas a uma resposta”, nomeadamente para os pais que terão de ficar em casa a cuidar dos filhos.

As eleições presidenciais, que se realizam em plena epidemia de covid-19 em Portugal, estão marcadas para domingo e esta é a 10.ª vez que os portugueses são chamados a escolher o Presidente da República em democracia, desde 1976.

A campanha eleitoral termina na sexta-feira. Concorrem às eleições sete candidatos, Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP) Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), o ex-militante do PS Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans e presidente do RIR – Reagir, Incluir, Reciclar, João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas sugerem que os gorilas não batem no peito apenas para se exibir

Os cientistas sugerem que o ato de bater no peito permite aos gorilas machos sinalizar o seu tamanho e assim evitar brigas desnecessárias. De acordo com o jornal The Guardian, cientistas que estudam gorilas-das-montanhas (Gorilla beringei …

Médicos alertam que Navalny pode sofrer paragem cardíaca "a qualquer momento"

Alexei Navalny está cada vez mais em risco de insuficiência renal. Médicos próximos do opositor russo alertam que pode sofrer uma paragem cardíaca "a qualquer momento". Médicos próximos do opositor russo Alexei Navalny, detido e em …

Perto de sequenciar 1 milhão de genomas, cientistas querem desvendar segredos genéticos

O projeto All of Us está a recolher informações genéticas, registos médicos e hábitos de saúde de mais de um milhão de pessoas. Os dados podem ser usados para desvendar segredos genéticos. O primeiro esboço do …

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …