Em discurso emotivo, Obama apela à união. “Não estamos tão divididos como parece”

Larry W. Smith / EPA

Barack Obama discursa no memorial pelos cinco polícias mortos em Dallas

Barack Obama discursa no memorial pelos cinco polícias mortos em Dallas

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou esta terça-feira, na cerimónia de homenagem aos cinco polícias assassinados em Dallas, que os norte-americanos não estão “tão divididos como parece”.

“Estou aqui para salientar que não estamos tão divididos como parece. Estou aqui para dizer que devemos recusar esse desespero”, afirmou Barack Obama, no início do seu discurso na cerimónia de homenagem aos cinco agentes mortos a semana passada em Dallas durante um protesto contra a violência da polícia contra cidadãos afroamericanos.

O assassínio dos polícias Lorne Ahrens, Brent Thompson, Patrick Zamarripa, Michael Krol e Michael Smith aumentou as já tensas relações raciais no país, depois de na mesma semana dois polícias terem matado dois cidadãos negros, Alton Sterling e Philando Castile.

No discurso, o Presidente recordou o “perigo” que a polícia enfrenta diariamente.

“A maioria dos agentes da polícia merece o nosso respeito, não o nosso desdém. Muitas vezes pedimos à polícia que faça imensas coisas e exigimos muito pouco a nós mesmos”, acrescentou.

No entanto, Obama reconheceu que “nenhum de nós é totalmente inocente”, abordando o racismo institucional. “Nenhuma instituição está totalmente imune, e isso inclui a polícia. Se você é negro, tem mais possibilidade de ser parado, revistado ou preso”, afirmou Obama.

Reconhecendo que os assassínios em Dallas “mostraram as falhas da democracia” nos Estados Unidos, Barack Obama disse que o país tem feito grandes progressos em questões raciais, mas sublinhou que “neste momento, a maior preocupação é que os dados mostram que os cidadãos negros são mais vulneráveis a este tipo de incidentes”.

O líder sublinhou que, “quando as pessoas dizem ‘black lives matter‘ [campanha contra violência policial racista], não significa que não estão a dizer que ‘blue lives‘ [campanha em defesa dos polícias] não importam, significa apenas que todas as vidas são importantes”.

“Não se trata de uma questão de comparar o valor das vidas, mas reconhecer que existe um peso em a ser colocado num grupo dos nossos cidadãos. E devemos preocupar-nos com isso. Não podemos ignorá-lo. Não podemos ignorá-lo”, apelou Obama.

Na cerimónia fúnebre, o Presidente dos Estados esteve acompanhado da mulher Michelle Obama, do vice-Presidente Joe Biden e do antigo chefe de Estado norte-americano, residente na área de Dallas, George W. Bush, que também fez um discurso marcante.

“Por vezes, parece que as forças que nos separam são mais fortes do que as que nos unem. As discussões viram-se facilmente para a animosidade. Divergências escalam rapidamente para a desumanização. Demasiadas vezes julgamos os outros grupos pelos seus piores exemplos, enquanto nos julgamos pelas nossas melhores intenções”, alertou.

“No nosso melhor, praticamos empatia, imaginando-nos nas vidas e nas circunstâncias dos outros. Esta é a ponte que pode ligar as divisões mais profundas da nossa nação”, considera o ex-Presidente republicano.

“Não se trata de uma questão meramente de tolerância, mas de aprender com as lutas e as histórias dos nossos concidadãos e encontrar o melhor de nós nesse processo”, concluiu Bush.

AF, ZAP com Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Viagens ao Espaço podem prejudicar o corpo a nível celular. Fígado é o mais afetado

Viagens ao Espaço podem causar o mau funcionamento da mitocôndria de uma célula devido a mudanças na gravidade e radiação, sugere uma nova investigação conduzida pelo Georgetown Lombardi Comprehensive Cancer Center, nos EUA. Investigações com cobaias …

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …