Economista confessa falsificação e peculato na Universidade de Coimbra

David Abrantes / Flickr

Universidade de Coimbra

Universidade de Coimbra

Um economista de 52 anos acusado de desviar 400 mil euros da Universidade de Coimbra entre 1997 e 2004 confessou em tribunal a prática da falsificação de documento e peculato, justificando que não tinha experiência e perdeu “o controlo da situação”.

De acordo com o Ministério Público, o economista passou recibos verdes em nome da mãe, colocou em contas bancárias suas e do seu pai dinheiro de projetos de investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), criou uma empresa fictícia à qual emitia ordens de pagamento e falsificou assinaturas.

Em tribunal, o arguido, que é acusado de peculato, falsificação de documento e branqueamento em forma continuada, confessou a falsificação dos documentos, bem como a apropriação dos fundos destinados a projetos de investigação, mas não do valor de que é suspeito de desviar.

No entanto, ao contrário da acusação, o arguido sublinhou que as suas contas e do seu pai eram utilizadas para fazer pagamentos a despesas não elegíveis relacionadas com os projetos de investigação da FCTUC ou para fazer adiantamentos a bolseiros, quando o financiamento ainda não tinha chegado.

Ao todo, o arguido estima, com recurso à sua memória, que o valor de que se terá apropriado será de apenas 20 mil euros, entretanto devolvidos.

O economista frisou em tribunal que a utilização de contas bancárias pessoais já era recorrente no caso dos coordenadores dos projetos da FCTUC, recordando que o próprio Tribunal de Contas identificou “1,2 milhões de euros dos quais não há documentos“.

Para fazer face a despesas não elegíveis ou garantir o pagamento de salários, viagens, alojamentos e até roupa para bolseiros, o arguido começou a desviar o dinheiro para as suas contas, referindo que chegou a pagar despesas com o seu próprio cartão de crédito.

O meu mal foi o de misturar tudo“, juntando na mesma conta pessoal as suas despesas e as despesas de projetos de investigação, explanou, referindo que, sendo muitos projetos e muito dinheiro, o caso transformou-se numa espécie de bola de neve e acabou por perder o controlo da situação.

O arguido justificou-se várias vezes ao juiz João Ferreira de que “era novo” e que “não tinha experiência”, considerando que foi “ingénuo” ao lidar com a situação, falsificando documentos e utilizando a sua conta pessoal.

Falsificações nunca são ingénuas“, respondeu o juiz que preside ao coletivo.

Confrontado com o advogado que representa a universidade, que questionou se a falta de experiência era compatível com “a conta paralela” do seu pai e “com a falsificação”, o arguido sublinhou que a FCTUC “não é a perfeição”.

“Assumo os meus erros, mas não aceito que queiram limpar o jardim, pondo o lixo no meu jardim”, notou.

Sobre a acusação de branqueamento por utilizar contas em nome do pai, o economista recusou que recorria às mesmas para cobrir qualquer prática ilegal, mas apenas por ter receio de que a sua conta pessoal fosse penhorada, por situações anteriores à sua entrada na FCTUC.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parlamento tem dois deputados infetados, um inconclusivo e quatro isolados

O parlamento informou esta terça-feira ter sido notificado da existência de dois deputados com teste positivo ao novo coronavírus, um com teste inconclusivo, que será repetido, e ainda outros quatro em isolamento profilático por determinação …

Proibição de circulação. Governo rejeita ter "vários pesos e várias medidas"

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, rejeitou esta terça-feira que o Governo tenha “vários pesos e várias medidas” tendo em conta as exceções à circulação dos cidadãos entre concelhos entre 30 de outubro e …

Pfizer pode ter vacina ainda neste ano. Guterres exige que esteja “disponível e acessível” para todos

A farmacêutica Pfizer está otimista em relação à perspetiva de fornecer uma vacina contra a covid-19 ainda em 2020. O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, exigiu que esteja “disponível” e “acessível” para todos. Albert Bourla, …

Nem um carro consegue esmagar este besouro indestrutível

O diabólico besouro de ferro tem um dos mais resistentes exoesqueletos naturais. A forma como este animal consegue sobreviver pode inspirar o desenvolvimento de novos materiais com a mesma dureza. Engenheiros da Universidade da Califórnia e …

OSIRIS-REx recolheu demasiadas amostras do Bennu (e está a perder parte delas)

A NASA revelou que a sonda OSIRIS-REx conseguiu recolher uma grande amostra de partículas do asteróide Bennu - tanto material que fez com que a tampa do compartimento não fechasse corretamente. Na semana passada, a sonda …

Cientistas captam atmosfera de um extraordinário exoplaneta que não deveria existir

Uma equipa de cientistas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, captou a atmosfera de um exoplaneta "que não deveria existir" ao analisar dados do telescópio TESS da agência espacial norte-americana (NASA). O planeta em causa …

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …