E a mais recente coisa inteligente é… um relógio de parede

Glance

O Glance é o smartwatch que vais poder pendurar em casa

O Glance é o smartwatch que vais poder pendurar em casa

A tecnologia está a assistir a uma pandemia de “inteligentificação”. Todo e qualquer objecto parece poder tornar-se mais inteligente e passar a dispôr de um leque mais abrangente de funcionalidades que, até agora, pareciam ser impossíveis de conjugar.

A CES mostrou-nos mais uns quantos exemplos desta realidade: frigoríficos com portas transparentes, sensores digitais de glúten e até patos de borracha que se conectam ao teu smartphone.

A fila de utensílios domésticos que ainda não foram explorados por uma empresa tecnológica com o objectivo de o deixar mais “smart” está a encurtar e, desta vez, à custa dos relógios de parede.

O Glance é o smartwatch que vai poder pendurar em casa e a proposta deste relógio é simples: condensar toda a informação dos teus wearables, trackers, apps e gadgets de sua casa num dispositivo simples que se cruza facilmente com o teu olhar.

O mostrador tem 12 polegadas de diâmetro e a sua bateria é capaz de aguentar até 6 meses.

Nele pode consultar coisas como a sua agenda, os teus ciclos de sono ou a chegada de um Uber que chamaste há 10 minutos.

A informação é disponibilizada de forma original e sempre articulada com o mostrador analógico que foi claramente utilizado para não o descaracterizar da sua categoria de “relógio de parede”.

“O problema com os telemóveis é que monopolizam totalmente a tua atenção”, escreve David Rose em The Enchanted Objects, a obra que inspirou o CEO e fundador da Glance, Anton Zriashchev, a criar este relógio.

“Há uma oportunidade de nos descolarmos deste ecrã e espalhar aplicações por objectos do dia-a-dia, como secretárias, roupa, jóias. Simplesmente por todo o lado. Seria uma forma muito mais simpática de interagir com tecnologia”, diz Rose.

E é com base nessa filosofia que podemos olhar para o Glance como um objecto do processo de descentralização tecnológica a que assistiremos nos próximos tempos.

Isto significa que objectos tão simples como o seu relógio de parede podem fornecer informações tão úteis quanto a chegada de um novo e-mail à tua caixa de correio e no futuro, quem sabe, até as paredes do teu quarto o poderão fazer.

É a internet das coisas a funcionar na sua plenitude.

Shifter

PARTILHAR

RESPONDER

Para ouvir a nova música dos Pearl Jam tem de apontar o telemóvel para a Lua

A banda de rock norte-americana Pearl Jam está empenhada em usar as tecnologias ao serviço da criatividade e da promoção do novo disco, que vai ser lançado no dia 27 de março. Uma semana antes do …

Roedor gigante pré-histórico tinha um cérebro de apenas 113 gramas

O crânio de um roedor que viveu há dez milhões de anos, na América do Sul, indica que, apesar de este animal ter sido grande e pesado, o seu cérebro era totalmente o oposto. De acordo …

"Estrela da Morte". Trump tem máquina de desinformação de mil milhões de dólares para ser reeleito

Face às eleições presidenciais dos EUA que se realizem este ano, Donald Trump montou uma máquina de desinformação, conhecida por "Estrela da Morte", avaliada em 1 mil milhão de dólares. Enquanto se desenrolam as primárias democratas …

Procura mundial de petróleo pode alcançar o seu nível mais baixo numa década por causa do coronavírus

O surto de coronavírus afetará de forma "significativa" a procura global por petróleo, podendo esta atingir o seu nível de procura mais baixo numa década, alerta a Agência Internacional de Energia (IEA). Com a desaceleração da …

Vitória SC 1-2 Porto | “Dragão” cola-se à liderança

A Liga NOS está ao rubro. O FC Porto foi a Guimarães vencer o Vitória SC por 2-1 e está a apenas um ponto da liderança do campeonato, na sequência da derrota do Benfica no …

Ventura não faz "fretes". Chega não viabilizará Governo do PSD se não houver cedências

Para governar com a direita, o PSD precisa do recém-eleito Chega. No entanto, há características que separam os partidos: enquanto que os sociais-democratas se querem estabelecer ao centro, André Ventura estabelece linhas vermelhas e não …

Egito atinge 100 milhões de habitantes (mas não há grandes motivos para celebrar)

A população do Egito atingiu os 100 milhões de habitantes, tornando-se no país árabe mais populoso e o terceiro em África atrás da Etiópia e da Nigéria, anunciaram ontem as autoridades. O calculador eletrónico instalado no …

Coronavírus: Há mais dois casos suspeitos em Portugal

Há mais dois casos suspeitos de infeção por coronavírus em Portugal. Os doentes, que vieram da China, já foram encaminhados para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e para o Hospital de São João, no …

Morreu o ator Tozé Martinho

O ator António José Bastos de Oliveira Martinho, mais conhecido como Tozé Martinho, morreu este domingo aos 72 anos. Tozé Martinho morreu este domingo, aos 72 anos. O ator foi levado para o Hospital de Cascais, …

NASA já tem um preço para a próxima alunagem

O responsável pelos voos tripulados da NASA, Doug Loverro, revelou esta semana que a agência espacial vai precisar de  35 mil milhões de dólares nos próximos quatro anos para conseguir voltar a pisar a Lua …