Portugal regista mais duas mortes e 399 casos positivos de covid-19

Tiago Petinga / Lusa

Covid-19: Conferência de imprensa da DGS

Portugal regista, esta quinta-feira, mais duas mortes e 399 novos casos positivos de covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, registaram-se 56.673 casos positivos e 1.809 mortes devido ao novo coronavírus.

Nas últimas 24 horas, o número de pacientes internados em hospitais aumentou para 317 – mais seis do que ontem. Desses doentes, 35 estão em unidades de cuidados intensivos – menos três do que na quarta-feira. Há mais 173 pacientes recuperados, elevando para 41.357 o número de pessoas curadas desde o início da pandemia.

Os dois óbitos ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, que totaliza agora 656 óbitos e 29.146 casos confirmados de infeção – mais 214 do que ontem. Do total das 1.809 mortes, 846 foram no Norte, 253 no Centro, 656 em Lisboa e Vale do Tejo, 22 no Alentejo, 17 no Algarve, 15 nos Açores, não se registando nenhuma na Madeira.

O número de infetados no surto de covid-19 que obrigou ao fecho de dois restaurantes, na Comporta, na costa alentejana, subiu para 22, após a deteção de quatro novos casos positivos, indicou hoje a autoridade de saúde.

Em resultado dos últimos testes, “temos 18 trabalhadores dos restaurantes infetados e mais quatro familiares com casos positivos confirmados, sendo 22 no total”, disse à agência Lusa a delegada de saúde pública de Alcácer do Sal, Tamara Prokopenko.

Apesar de os dois restaurantes estarem localizados na freguesia do Carvalhal, no concelho de Grândola, as 22 pessoas infetadas residem na freguesia da Comporta, no concelho vizinho de Alcácer do Sal, ambos no distrito de Setúbal, onde está concentrado o trabalho das autoridades de saúde.

Os funcionários infetados dos dois restaurantes, alguns de nacionalidade estrangeira, têm entre 20 e 50 anos.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.