Os drones estão cada vez mais parecidos com os mosquitos (pelo menos, a detetar obstáculos)

Uma equipa de investigadores inspirou-se na capacidade de um mosquito de voar e pousar no escuro para desenvolver um novo sistema sensorial para evitar colisões, que foi testado num drone quadricóptero.

Liderados por Richard Bomphrey, cientistas do Royal Veterinary College (RVC), em Londres, analisaram ao detalhe o mecanismo sensorial do mosquito Culex quinquefasciatus e encontraram uma forma de imitar a capacidade do inseto de usar o fluxo de ar para detetar (e evitar) obstáculos.

Mesmo em plena escuridão, os mosquitos são capazes de pousar muito levemente. Esta façanha deve-se à deteção mecânica, uma resposta a estímulos mecânicos que permite a estes insetos sentir os obstáculos sem os ver. Ao contrário dos morcegos, que navegam graças a um sistema de sonar biológico, os mosquitos usam uma combinação de asas, antenas e fluxo de ar.

Estes insetos voam batendo as suas asas alongadas muito rapidamente, produzindo jatos de ar que fornecem sustentação. Se estes jatos encontrarem um obstáculo, os padrões de fluxo de ar mudam de forma e podem ser detetados por uma variedade de recetores na base das antenas do mosquito, chamada órgão de Johnston.

Desta forma, o mosquito é capaz de construir uma imagem do ambiente à sua volta através de “imagens aerodinâmicas”, permitindo mapear o solo e outros obstáculos.

Depois de analisarem o voo do mosquito através de simulações de dinâmica, os cientistas chegaram à conclusão que o órgão de Johnston está idealmente localizado para medir as mudanças no padrão: como se situa nas antenas, este conjunto de recetores deteta mudanças de fluxo de ar com muita facilidade em baixa altitude, com a resposta a diminuir em altitudes mais altas.

Os investigadores descobriram que as maiores diferenças nos padrões de fluxo de ar ocorrem acima da cabeça, o que significa que as antenas dos insetos estão idealmente posicionadas para sentir estas mudanças, apesar de estarem mais afastadas do solo.

A equipa usou as suas descobertas para desenvolver um drone quadricóptero em miniatura, ajustando-o a um dispositivo sensor de inspiração biológica. O dispositivo consistia numa série de tubos de sonda conectados a sensores de pressão diferencial.

Depois, medindo as velocidades do fluxo de ar ao redor do quadricóptero, os cientistas identificaram o local ideal para colocar as sondas de modo a obter a máxima sensibilidade.

Segundo o New Atlas, o quadricóptero conseguiu detetar superfícies a uma distância suficiente para evitar o solo ou as paredes, com pouco ou nenhum processamento de dados. O novo sistema é ainda considerado leve, eficiente em termos de energia e escalável.

Os investigadores consideram que esta capacidade de deteção de superfície pode ser ampliada para helicópteros, tornando-os mais seguros ao voar em condições traiçoeiras e de baixa visibilidade. O artigo científico com os resultados foi publicado na Science.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Até faz o mesmo som que uma melga 🙂
    As autoridades vão querer algo mais silencioso para poder melhor espiar a população enquanto dorme

RESPONDER

Interpol alerta para ameaça do crime organizado ligado às vacinas. Falsificações podem ser fatais

A Interpol emitiu um alerta global aos perigos de burlas à volta da nova vacina para a covid-19. As falsificações podem ser lucrativas para os criminosos e fatais para quem as usar. A Interpol emitiu um …

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …

R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1. “Atualmente, o …

EUA aprovam legislação que pode excluir firmas chinesas do seu mercado de capitais

O Congresso norte-americano aprovou esta quinta-feira legislação que força as empresas chinesas a saírem dos índices bolsistas norte-americanos a menos que cumpram as regras de contabilidade nos Estados Unidos. A legislação, que pode afetar dezenas de …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Vila Verde

A Polícia Judiciária está a fazer buscas na Câmara de Vila Verde, no distrito de Braga, relacionadas com "adjudicações a juntas de freguesia", confirmou esta quarta-feira à Lusa fonte daquela força policial. Segundo a mesma fonte, …

Reino Unido começa a vacinar já na próxima semana

O Reino Unido vai começar a vacinar a sua população contra a covid-19 na próxima semana. Depois da aprovação do uso da vacina da Pfizer, os primeiros a receber a vacina serão os trabalhadores e …

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais. A informação foi confirmada por fonte …

Covid-19 pode ter chegado aos EUA em dezembro de 2019. País prepara-se para o pior inverno da história

Depois de ter sido confirmado que o novo coronavírus já circulava em Itália desde setembro de 2019, agora surge um relatório que refere que a covid-19 pode ter infetado um pequeno número de pessoas nos …

Maior parte dos médicos aposentados que voltam ao SNS prefere trabalhar em tempo reduzido

A maior parte dos médicos aposentados que regressa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) opta por trabalhar em tempo reduzido, adianta o Jornal de Notícias. De acordo com o Jornal de Notícias, do total de 216 …

Bruxelas ameaça avançar com Fundo de Recuperação sem Hungria e Polónia

A Comissão Europeia (CE) está a perder a paciência e, caso não haja progressos nas negociações, ameaça avançar com o Fundo de Recuperação europeu sem a 'luz verde' da Hungria e da Polónia. O ultimato foi …