Encontro histórico. Donald Trump vai reunir com Kim Jong-un

Michael Reynolds / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente norte-americano vai reunir-se com o seu homólogo norte-coreano, em maio, anunciou, esta sexta-feira, um dirigente sul-coreano.

A reunião foi proposta por Kim Jong-un, que ofereceu a suspensão do programa nuclear e balístico em troca do início de negociações, informaram hoje representantes sul-coreanos em Washington.

O diretor do gabinete de Segurança Nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, que liderou a delegação sul-coreana enviada a Washington, entregou hoje a Donald Trump uma carta que lhe entregou na segunda-feira Kim Jong-un, durante uma reunião em Pyongyang.

O Presidente dos Estados Unidos já afirmou que “estão a ser feitos grandes progressos” em relação ao processo de desnuclearização da Coreia do Norte, confirmando ainda a reunião que está a ser planeada entre os dois homólogos.

“Kim Jong Un falou sobre a desnuclearização (…) não apenas sobre uma suspensão”, escreveu Trump, na sua conta oficial do Twitter.

O chefe de Estado afirmou ainda que “estão a ser feitos grandes progressos, mas as sanções permanecerão até se chegar a um acordo. A reunião está a ser planeada!” e rejubilou-se pelo facto de ultimamente não terem sido “feitos testes de mísseis pela Coreia do Norte”.

O encontro entre os dois líderes pode acontecer em maio, anunciou Chung Eui-yong, mas o local ainda não está decidido.

Rússia, China e Japão reagem ao anúncio da reunião

Reagindo a esta notícia, o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, disse que Moscovo encara a cimeira – ao mais alto nível – entre os EUA e a Coreia do Norte como um “passo no sentido da normalização” da situação península coreana.

“Vemos o encontro como um passo no bom caminho. Acabámos de tomar conhecimento do encontro. Esperamos que se realize”, afirmou o responsável russo, numa conferência de imprensa em Adis Abeba, Etiópia.

Lavrov acrescentou ainda que a cimeira é “sem dúvida necessária para normalizar a situação na península coreana”.

O Governo da República Popular da China também saudou o anúncio da reunião. “Saudamos os sinais positivos dados pelos EUA e pela Coreia do Norte no sentido de um diálogo direto”, disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Geng Shuang.

“O próximo passo é a manutenção deste momento positivo, alcançar sinergias para o trabalho conjunto no sentido de restaurar a paz e a estabilidade na península da Coreia”. O mesmo responsável disse ainda que as partes envolvidas devem mostrar “coragem política e poder de decisão, envolvendo-se em contactos bilaterais e multilaterais”.

Por sua vez, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, afirmou que as sanções à Coreia do Norte foram preponderantes para a decisão de Pyongyang em dialogar com os EUA.

Agrada-me a mudança da Coreia do Norte em querer realizar uma reunião para discutir a desnuclearização, que é o resultado da alta pressão feita pelo Japão, EUA, Coreia do Sul e pelos restantes membros da comunidade internacional”, declarou o governante.

O primeiro-ministro japonês anunciou que viajará para os EUA em abril para se encontrar com o Presidente norte-americano de forma a analisarem os contactos e enfatizou que concorda “totalmente” com a forma como Trump tem vindo a lidar com o problema norte-coreano.

“O Japão e os EUA mantêm uma posição firme e de máxima pressão sobre a Coreia do Norte até que tomem medidas concretas de abandonar irreversivelmente o desenvolvimento de armas nucleares e mísseis”, concluiu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

      • Pense nisso da próxima vez que precisar de medicamentos ou terapêuticas que tenham originado nos EUA. Sendo DE LONGE o país que mais inovação produz na área médica, é mais que certo que se alguma vez foi ao médico beneficiou de algo que foi inventado nos EUA. Pense também nisso da próxima vez que usar a internet, invenção Americana. Só para dar 2 exemplos.

        Pense também que não fosse a intervenção Americana na 2a Guerra, e durante a Guerra Fria, hoje toda ou quase toda a Europa estaria sob o jugo Soviético. A Europa deve a liberdade, democracia, e prosperidade económica aos EUA.

  1. Prémio Nobel da Paz para Donald J. Trump.
    E já agora: Pena máxima para Hillary Clinton, Barack Obama, e associados (onde se incluem alguns de nós, portugueses (cherne, etc).

RESPONDER

Estudantes indicaram professor que foi decapitado a jihadista (em troca de dinheiro)

Investigadores acreditam que vários estudantes indicaram por dinheiro quem era o professor Samuel Paty ao jihadista que o decapitou na sexta-feira ao lado da escola onde trabalhava na região de Paris. O ministro da Educação, Jean-Michel …

Portugal regista mais 15 óbitos, 1.876 novos casos e 1.932 recuperados

Portugal contabiliza esta terça-feira mais 15 mortos relacionados com a covid-19 e 1.876 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim, …

Há ratos e répteis no Centro Hospitalar de Viseu. Ala psiquiátrica está em "péssimas condições"

O alerta partiu do bastonário da Ordem dos Médicos que denunciou a "péssima condição" a que os utentes estão sujeitos. Miguel Guimarães desafiou esta segunda-feira a ministra da Saúde a visitar o departamento de Psiquiatria do …

Portugal é pouco poupador, tem condições de trabalho precárias e pouca escolaridade

Portugal é um país envelhecido, com idosos a viverem sozinhos, pouco poupador e onde o trabalho é precário, os patrões e empregados têm baixa escolaridade e há poucas mulheres na polícia, revela uma publicação da …

País em duodécimos seria uma "irresponsabilidade". Bloco acusa Governo de chantagem “inaceitável”

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, falou, em entrevista à Rádio Observador, sobre as negociações com o Governo para a aprovação do Orçamento de Estado para 2021. Em entrevista à Rádio Observador, a coordenadora …

Não se sabe como foram infetadas 41% das pessoas em Portugal. Novo confinamento é "para evitar"

De acordo com a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, neste momento não se sabe como foram infetados 41% dos doentes, sendo apenas possível "identificar um contacto com alguém que tivesse sintomas de covid-19 ou que …

Chega acusa PSD de covardia por recusar proposta de revisão constitucional

O PSD vai chumbar a proposta de revisão constitucional do Chega. Em reação, André Ventura acusou os sociais-democratas de ter uma "atitude covarde". Em declarações ao jornal Público, o líder da bancada social-democrata, Adão Silva, disse …

Impedida de participar, Rússia terá planeado ciberataque aos Jogos Olímpicos de 2020

Uma investigação conjunta do Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido e agências norte-americanas concluiu que os serviços militares russos estavam a planear um ciberataque em grande escala aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos que iam …

Bazuca europeia "não é suficiente". Economista francês defende rendimento mínimo de 120 mil euros para jovens

O economista francês Thomas Piketty considera que a "bazuca" da União Europeia (UE) "não é suficiente" para recuperar da crise pandémica, sobretudo para reduzir as desigualdades económicas. Nesse sentido, defende impostos mais elevados sobre os …

EUA querem abrigar submarinos nucleares numa caverna na Noruega. Região teme reação da Rússia

Uma antiga base naval do Ártico da época da Guerra Fria nos arredores de Tromso, na Noruega, pode em breve hospedar submarinos nucleares dos Estados Unidos. De acordo com a Norwegian State Broadcasting Corporation, a base …