Dona de animal usado na “Queima do Gato” condenada a multa de 450 euros

zweiff / Flickr

-

A dona do animal usado na “queima do gato”, em Mourão, Vila Flor, foi condenada esta quarta-feira ao pagamento de uma multa de 450 euros.

O Tribunal entendeu condenar Rosa Santos, de 64 anos, a uma pena de multa de 90 dias, a cinco euros por dia, o que perfaz 450 euros. O juiz que leu a sentença no tribunal de Vila Flor esclareceu que a multa pode ser paga ou substituída por trabalho a favor da comunidade.

Este é o primeiro caso mediático que resultou numa condenação no distrito de Bragança, depois da entrada em vigor da lei que criminaliza os maus tratos a animais de companhia.

O processo resultou das queixas de quase uma centena de particulares e associações de defesa dos animais, como a Associação Animal que se constituiu assistente.

A advogada que a representou no julgamento, Alexandra Reis Moreira, considerou a “pena adequada” e afirmou que “este processo também é histórico” por ser “a primeira vez que, em Portugal, se está a discutir a prática de maus tratos a animais inserida numa comunidade“.

A advogada sublinhou ainda que os defensores dos animais conseguiram alcançar os dois objetivos principais com este processo: submeter o caso à censura da Justiça e à censura social, e erradicar a prática”.

Nas festas de São João deste ano, em junho, a população de Mourão já não usou qualquer animal na polémica queima do “vareiro”, um tronco de árvore colocado no largo da aldeia envolto em palha, à qual é ateado fogo.

Dizem as gentes locais que é uma tradição para espantar pragas, mas ninguém conseguiu explicar ao tribunal como surge o ritual de colocar um gato num pote de barro, no topo do tronco a arder, até se partir no chão e o animal sair a correr em chamas por entre a assistência.

Este foi o cenário das festas, em junho de 2015, registado num vídeo que foi partilhado nas redes sociais e gerou a polémica.

As autoridades não conseguiram identificar mais ninguém e apenas se sentou no banco dos réus a mulher que se assumiu na Comunicação Social como dona do gato.

A sentença conhecida hoje refere que não se provou que havia uma tradição da “queima do gato”. E, ainda que houvesse “uma tradição, só pode ser respeitada se for respeitável“.

“Este ano não foi utilizado qualquer animal e não foi por isso que se deixou de cumprir os festejos. Não é preciso provocar sofrimento”, salienta a sentença.

A decisão judicial teve em conta que este facto demonstra que já houve “alguma autocorreção” por parte da população.

O Tribunal sublinhou, contudo, “a ausência de colaboração da população com a Justiça“, durante o julgamento, nomeadamente daqueles que foram testemunhar, censurando e considerando que “não é crível que as pessoas desconhecessem, num meio tão pequeno, o que se passou nas festas de São João, em junho de 2015”.

A arguida não quis falar com os jornalistas e a única que o fez foi a advogadas da Associação Animal, Alexandra Reis Moreira, que considerou “a pena adequada”.

O julgamento começou a 11 de outubro e o Ministério Público não conseguiu identificar mais nenhum participante entre a multidão que assistiu ao ritual, em 2015.

A dona do gato foi a única acusada do crime de maus tratos a animais de companhia, na forma consumada, “em coautoria com indivíduos de identidade não concretamente apurada”.

Durante o julgamento, as testemunhas, essencialmente pessoas da terra, alegaram que a tradição afinal não é a “Queima do Gato”, mas a “Queima do Vareiro”, ou seja, de um tronco (vareiro) erguido no largo da aldeia.

As festas de São João voltaram a decorrer este ano na aldeia, mas em vez do gato colocaram no pote bolas de plástico. Uma delas tinha um prémio de 50 euros que alguém encontrou.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas então e a Comissão de festas como é que fica no meio desta selvajaria?
    Quem meteu o gato no pote e o pôs no topo do pau a arder, não foi a dona do gato, não?

RESPONDER

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …

Ministros das Finanças e da Justiça britânicos demitem-se se Boris Johnson for primeiro-ministro

O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, disse este domingo à BBC que se demite se o candidato à liderança do Partido Conservador Boris Johnson se tornar primeiro-ministro, por se opor a um Brexit sem …

Há 50 anos, Armstrong pousou na lua. Simulação mostra como foi

A equipa do Lunar Reconnaissance Orbiter Camera (LROC) da NASA recriou o pouso na superfície da Lua em 1969, do módulo lunar Apollo 11, conhecido como "Águia", mostrando o que o astronauta Neil Armstrong viu da …

Detido homem de 55 anos suspeito de atear fogo em Castelo Branco

Um homem de 55 anos foi detido pela PJ, em colaboração com a GNR, por suspeitas de incêndio florestal, ateado este sábado na zona de Castelo Branco. A Polícia Judiciária, em colaboração com a GNR, deteve …

A luta continua. Dezenas de milhares de manifestantes nas ruas de Hong Kong

Dezenas de milhares de manifestantes saíram este domingo à rua em Hong Kong, para mais um protesto contra as emendas à lei da extradição, já suspensas, e o Governo da cidade. A marcha arrancou pelas 15h30 …

“Demónio de Taganga” libertado em Portugal por atraso no envio de prova

Um cidadão israelita suspeito de liderar uma rede de prostituição em Taganga, Colômbia, e de estar a tentar replicar o esquema na Península Ibérica foi libertado pelo Tribunal da Relação de Lisboa e está a …

Nave russa Soyuz descola do Cazaquistão rumo à Estação Espacial Internacional

Na hora programada, às 21h28 locais (17h28 em Lisboa), a Soyuz MS-13 descolou do Cazaquistão, com o russo Alexandr Skvortsov, o norte-americano Andrew R. Morgan e o italiano Luca Parmitano a bordo. Os três levavam nos …

Costa quer fazer da Saúde a jóia da coroa da legislatura (e Centeno pode desempenhar funções importantes)

O programa eleitoral do PS foi este sábado aprovado, por unanimidade, no final da Convenção Nacional do partido, que decorreu em Lisboa. O programa eleitoral do PS para as legislativas de 06 de outubro foi apresentado …

Há 20 feridos e suspeita de mão criminosa nos incêndios de Castelo Branco e Santarém

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …