Dona de animal usado na “Queima do Gato” condenada a multa de 450 euros

zweiff / Flickr

-

A dona do animal usado na “queima do gato”, em Mourão, Vila Flor, foi condenada esta quarta-feira ao pagamento de uma multa de 450 euros.

O Tribunal entendeu condenar Rosa Santos, de 64 anos, a uma pena de multa de 90 dias, a cinco euros por dia, o que perfaz 450 euros. O juiz que leu a sentença no tribunal de Vila Flor esclareceu que a multa pode ser paga ou substituída por trabalho a favor da comunidade.

Este é o primeiro caso mediático que resultou numa condenação no distrito de Bragança, depois da entrada em vigor da lei que criminaliza os maus tratos a animais de companhia.

O processo resultou das queixas de quase uma centena de particulares e associações de defesa dos animais, como a Associação Animal que se constituiu assistente.

A advogada que a representou no julgamento, Alexandra Reis Moreira, considerou a “pena adequada” e afirmou que “este processo também é histórico” por ser “a primeira vez que, em Portugal, se está a discutir a prática de maus tratos a animais inserida numa comunidade“.

A advogada sublinhou ainda que os defensores dos animais conseguiram alcançar os dois objetivos principais com este processo: submeter o caso à censura da Justiça e à censura social, e erradicar a prática”.

Nas festas de São João deste ano, em junho, a população de Mourão já não usou qualquer animal na polémica queima do “vareiro”, um tronco de árvore colocado no largo da aldeia envolto em palha, à qual é ateado fogo.

Dizem as gentes locais que é uma tradição para espantar pragas, mas ninguém conseguiu explicar ao tribunal como surge o ritual de colocar um gato num pote de barro, no topo do tronco a arder, até se partir no chão e o animal sair a correr em chamas por entre a assistência.

Este foi o cenário das festas, em junho de 2015, registado num vídeo que foi partilhado nas redes sociais e gerou a polémica.

As autoridades não conseguiram identificar mais ninguém e apenas se sentou no banco dos réus a mulher que se assumiu na Comunicação Social como dona do gato.

A sentença conhecida hoje refere que não se provou que havia uma tradição da “queima do gato”. E, ainda que houvesse “uma tradição, só pode ser respeitada se for respeitável“.

“Este ano não foi utilizado qualquer animal e não foi por isso que se deixou de cumprir os festejos. Não é preciso provocar sofrimento”, salienta a sentença.

A decisão judicial teve em conta que este facto demonstra que já houve “alguma autocorreção” por parte da população.

O Tribunal sublinhou, contudo, “a ausência de colaboração da população com a Justiça“, durante o julgamento, nomeadamente daqueles que foram testemunhar, censurando e considerando que “não é crível que as pessoas desconhecessem, num meio tão pequeno, o que se passou nas festas de São João, em junho de 2015”.

A arguida não quis falar com os jornalistas e a única que o fez foi a advogadas da Associação Animal, Alexandra Reis Moreira, que considerou “a pena adequada”.

O julgamento começou a 11 de outubro e o Ministério Público não conseguiu identificar mais nenhum participante entre a multidão que assistiu ao ritual, em 2015.

A dona do gato foi a única acusada do crime de maus tratos a animais de companhia, na forma consumada, “em coautoria com indivíduos de identidade não concretamente apurada”.

Durante o julgamento, as testemunhas, essencialmente pessoas da terra, alegaram que a tradição afinal não é a “Queima do Gato”, mas a “Queima do Vareiro”, ou seja, de um tronco (vareiro) erguido no largo da aldeia.

As festas de São João voltaram a decorrer este ano na aldeia, mas em vez do gato colocaram no pote bolas de plástico. Uma delas tinha um prémio de 50 euros que alguém encontrou.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas então e a Comissão de festas como é que fica no meio desta selvajaria?
    Quem meteu o gato no pote e o pôs no topo do pau a arder, não foi a dona do gato, não?

RESPONDER

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …