Domingues rejeita que saia da administração da CGD zangado com o Governo

João Relvas / Lusa

António Domingues, o novo presidente da Caixa Geral de Depósitos

António Domingues, o novo presidente da Caixa Geral de Depósitos

O presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos rejeitou esta sexta-feira que tenha renunciado à liderança do banco público “zangado” com o Governo.

“Não, por amor de Deus, porque é que haveria de sair zangado?”, questionou António Domingues, em resposta às questões dos jornalistas sobre a sua demissão, à margem da entrega de prémios ‘Exame: 1000 Melhores PME’, em Lisboa.

O presidente demissionário recusou fazer mais comentários, referindo que hoje é dia de premiar as Pequenas e Médias Empresas (PME), num evento a decorrer na sede da CGD.

Domingues apresentou a demissão do cargo, juntamente com mais seis administradores, em novembro passado. Na altura, avançou-se que a demissão de abandonar a Caixa aconteceu por se ter tornado um assunto “demasiado politizado”.

Em causa estava a polémica com a entrega das declarações de rendimentos e património da equipa ao Tribunal Constitucional, algo que o ex-presidente acabou mesmo por fazer para mostrar que a sua saída nada tinha que ver com este caso.

Entretanto, o Governo socialista apresentou Paulo Macedo, ex-ministro da Saúde do Governo PSD-CDS, para lhe suceder ao cargo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Infarmed já autorizou compra do medicamento para Matilde e outra criança

O Infarmed já autorizou a compra do medicamento Zolgensma para a bebé Matilde e para uma outra criança do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, que também sofre de atrofia muscular espinhal tipo I, avança …

Reino Unido. Boris Johnson e Jeremy Hunt descartam eleições antecipadas

No Reino Unido, Boris Johnson e Jeremy Hunt participaram na última sessão de perguntas e respostas com os militantes conservadores. Os dois candidatos à sucessão de Theresa May defenderam o fim da cláusula especial para …

Índia vai lançar missão à Lua na próxima segunda-feira

A agência espacial da União Indiana informou nesta quinta-feira que vai efetuar na próxima segunda-feira o lançamento da nave não-tripulada para a Lua depois de a missão ter sido abortada esta semana. O organismo Indian Space …

Proprietários em centros históricos podem reclamar IMI dos últimos quatro anos

Os proprietários de imóveis localizados em centros históricos classificados pela UNESCO podem reclamar o imposto municipal sobre imóveis (IMI) pago nos últimos quatro anos, escreve o Dinheiro Vivo esta quinta-feira. A notícia agora avançada pelo Dinheiro Vivo …

Nuno Freitas é o novo presidente da CP

O Governo nomeou Nuno Freitas como novo presidente da CP – Comboios de Portugal, num Conselho de Administração alargado a cinco elementos, sucedendo a Carlos Nogueira, cujo mandado terminava no final deste ano. De acordo com …

Erros na prescrição obrigam a novas medidas de segurança para medicamentos para cancro e doenças inflamatórias

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) recomenda novas medidas de segurança para evitar erros na prescrição e administração de medicamentos com metotrexato. Devido a erros de prescrição, a Agência Europeia do Medicamento recomenda novas medidas de …

Cartel de construtoras dos estádios do Mundial do Brasil investigado

Foi aberto um processo administrativo para investigar um cartel mantido por empresas de engenharia que atuou nas obras dos estádios usados no Mundial de futebol do Brasil, em 2014. O Governo brasileiro informou esta quarta-feira que …

Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal "será praticamente inexistente"

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e …

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, esta quarta-feira, uma investigação à Amazon para determinar se a empresa usou informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes, quebrando as regras comunitárias na área da concorrência. A Comissão Europeia abriu uma investigação …

Parlamento não sabe o que fazer ao Acordo Ortográfico

Depois de dois anos de meio, foram ouvidas 16 entidades, recebidos 20 contributos escritos, houve uma petição, um projeto de resolução chumbado e uma iniciativa legislativa de cidadãos. Mas a Assembleia da República continua sem …