Domingues ficou ofendido. Governo tentou evitar demissão (que “só peca por tardia”)

Tiago Petinga / Lusa

António Costa e Mário Centeno

António Costa e Mário Centeno

O Governo tentou que o presidente do conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos demissionário, António Domingues, recuasse na decisão de abandonar o cargo, disse hoje o comentador Luís Marques Mendes na SIC.

“Entre sexta-feira e este domingo – e por isso é que o Ministério das Finanças só anunciou este domingo a demissão – foram feitas várias tentativas de que ele recuasse na sua decisão”, sem êxito, explicou o comentador social-democrata.

Segundo Marques Mendes, a promessa feita a António Domingues de que não teria de apresentar qualquer declaração de rendimentos “nunca devia ter sido feita“.

“Eu julgo que António Domingues, apesar de ter de ir apresentar ao Tribunal Constitucional as declarações de rendimentos, pensava que elas permaneceriam confidenciais”, mas, com a aprovação da proposta do PSD introduzida através de uma alteração ao Orçamento do Estado para 2017 “não tinha escapatória”, sustentou.

Houve, inclusive, uma repetição da votação da lei na Assembleia da República na passada quinta-feira – um procedimento pouco habitual -, e “os três partidos que a tinham aprovado mantiveram a sua votação”, numa jogada que Marques Mendes classificou como “xeque-mate”.

“António Domingues considerou que esta era uma lei ad hominem, aprovada especificamente para esta situação, para o obrigar a tornar pública a sua declaração de rendimentos, e ficou ofendido com a sua aprovação”, observou.

Marques Mendes expressou o desejo de que “este seja o fim desta novela e que o assunto se resolva com rapidez, porque a Caixa anda há quase um ano a ser falada”.

O comentador televisivo frisou ainda que toda esta polémica “não vai afetar de forma nenhuma a recapitalização da Caixa, que irá por diante independentemente da equipa” que a executa.

BE diz que demissão já só peca por tardia

A deputada do BE Mariana Mortágua considerou este domingo que a demissão de António Domingues da presidência da Caixa Geral de Depósitos “já só peca por tardia” porque “quem não reconhece a lei não serve” para o banco público.

“A demissão de António Domingues da presidência da administração da Caixa Geral de Depósitos já só peca por tardia. O inexplicável arrastamento deste processo ao longo de três meses foi prova de uma irresponsabilidade que agora se encerra”, disse Mariana Mortágua numa declaração na sede do BE, em Lisboa.

Na opinião da deputada bloquista, “quem não reconhece a lei não serve para a Caixa Geral de Depósitos”.

“Quem se demite por não estar disposto às regras de transparência a que o cargo obriga, nunca esteve à altura de assumir esse cargo”, disse a deputada bloquista.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoalmente não concordo que estes senhores queiram ficar isentos de escrutinio publico. Quem desempenha funções publicas só tem de ser transparente, a bem da imagem do próprio, do Estado e de todos nós contribuintes.
    O que me parece estranho porém, é porque razão a Lei, “feita á medida”, passou e agora chumbam a sua aplicação. Alguém nesta história virou a casaca, ou estavam distraídos quando a votaram a Lei (feita á medida), poderiam estar eventualmente com uma ” disfuncionalidade cognitiva temporária”, ou, parece-me mais isto, alguém tentou “entalar” o governo. Se a ideia foi esta, foi conseguida, tendo em conta as confusões todas que se geraram com esta questão.

RESPONDER

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …

Um dos videojogos mais famosos do mundo é acusado de propaganda anti-Rússia

Call of Duty é uma das franquias de maior sucesso na história dos videojogos, mas atualmente existem pedidos para boicotar o seu último lançamento devido à descrição de conflitos militares do jogo. Call of Duty: Modern …

Nova aplicação rastreia todos os seus passos em troca de descontos

Todas as pessoas gostam de aproveitar descontos, negócios e saldos. A Miles é uma nova aplicação que lhe oferece isso em troca de algo: a sua privacidade. A app rastreia todos os seus movimentos, disponibilizando descontos …