Domingues ficou ofendido. Governo tentou evitar demissão (que “só peca por tardia”)

Tiago Petinga / Lusa

António Costa e Mário Centeno

António Costa e Mário Centeno

O Governo tentou que o presidente do conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos demissionário, António Domingues, recuasse na decisão de abandonar o cargo, disse hoje o comentador Luís Marques Mendes na SIC.

“Entre sexta-feira e este domingo – e por isso é que o Ministério das Finanças só anunciou este domingo a demissão – foram feitas várias tentativas de que ele recuasse na sua decisão”, sem êxito, explicou o comentador social-democrata.

Segundo Marques Mendes, a promessa feita a António Domingues de que não teria de apresentar qualquer declaração de rendimentos “nunca devia ter sido feita“.

“Eu julgo que António Domingues, apesar de ter de ir apresentar ao Tribunal Constitucional as declarações de rendimentos, pensava que elas permaneceriam confidenciais”, mas, com a aprovação da proposta do PSD introduzida através de uma alteração ao Orçamento do Estado para 2017 “não tinha escapatória”, sustentou.

Houve, inclusive, uma repetição da votação da lei na Assembleia da República na passada quinta-feira – um procedimento pouco habitual -, e “os três partidos que a tinham aprovado mantiveram a sua votação”, numa jogada que Marques Mendes classificou como “xeque-mate”.

“António Domingues considerou que esta era uma lei ad hominem, aprovada especificamente para esta situação, para o obrigar a tornar pública a sua declaração de rendimentos, e ficou ofendido com a sua aprovação”, observou.

Marques Mendes expressou o desejo de que “este seja o fim desta novela e que o assunto se resolva com rapidez, porque a Caixa anda há quase um ano a ser falada”.

O comentador televisivo frisou ainda que toda esta polémica “não vai afetar de forma nenhuma a recapitalização da Caixa, que irá por diante independentemente da equipa” que a executa.

BE diz que demissão já só peca por tardia

A deputada do BE Mariana Mortágua considerou este domingo que a demissão de António Domingues da presidência da Caixa Geral de Depósitos “já só peca por tardia” porque “quem não reconhece a lei não serve” para o banco público.

“A demissão de António Domingues da presidência da administração da Caixa Geral de Depósitos já só peca por tardia. O inexplicável arrastamento deste processo ao longo de três meses foi prova de uma irresponsabilidade que agora se encerra”, disse Mariana Mortágua numa declaração na sede do BE, em Lisboa.

Na opinião da deputada bloquista, “quem não reconhece a lei não serve para a Caixa Geral de Depósitos”.

“Quem se demite por não estar disposto às regras de transparência a que o cargo obriga, nunca esteve à altura de assumir esse cargo”, disse a deputada bloquista.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoalmente não concordo que estes senhores queiram ficar isentos de escrutinio publico. Quem desempenha funções publicas só tem de ser transparente, a bem da imagem do próprio, do Estado e de todos nós contribuintes.
    O que me parece estranho porém, é porque razão a Lei, “feita á medida”, passou e agora chumbam a sua aplicação. Alguém nesta história virou a casaca, ou estavam distraídos quando a votaram a Lei (feita á medida), poderiam estar eventualmente com uma ” disfuncionalidade cognitiva temporária”, ou, parece-me mais isto, alguém tentou “entalar” o governo. Se a ideia foi esta, foi conseguida, tendo em conta as confusões todas que se geraram com esta questão.

RESPONDER

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …

Venezuela. Maduro ordena construção de novo satélite de telecomunicações

Nicolás Maduro anunciou que a Venezuela vai ter um novo satélite de telecomunicações, que vão ser feitos investimentos para ativar as redes 4G e 5G nas operadoras estatais e para levar fibra ótica aos venezuelanos. "Ordeno …

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …