Em dois meses, 41 milhões ficaram sem emprego nos EUA. É mais do que “uma Califórnia”

Justin Lane / EPA

Cerca de 2,1 milhões de pessoas pediram subsídio de desemprego nos Estados Unidos na semana passada, elevando para 41 milhões os pedidos em dois meses, devido à pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas.

De acordo com o Departamento do Trabalho norte-americano, na semana anterior as pessoas que se inscreveram para os subsídios foram mais de 2,4 milhões, com o número a recuar à medida que os vários estados vão retomando a atividade.

A média de pedidos em quatro semanas baixou para 2,6 milhões, em comparação com a média de 3 milhões registada na semana anterior.

Na última semana de março foi registado um recorde de pedidos de subsídios, mais de 6,8 milhões, tendo os números descido gradualmente desde então, embora continuem a refletir o impacto da pandemia no mercado laboral norte-americano.

O número total de despregados durante estes dois meses supera já a população da Califórnia, o estado norte-americano mais populoso (34 milhões de pessoas).

“Embora os pedidos estejam em declínio, o ritmo pode estar apenas a caminhar para o planalto (…) Se os pedidos permanecerem na casa dos milhões durante as próximas semanas, isto pode significar que a implementação de medidas mais relaxadas pelo Governo não é suficiente para estancar o fluxo de norte-americanos desempregados”, analisou o economista sénior Glassdoor Daniel Zhao, citado pelo NYP.

A pandemia do novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 355.736 pessoas e infetou mais de 5,7 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais dos países.

De acordo com os dados recolhidos pela agência de notícias francesa, já morreram pelo menos 355.736 pessoas e há mais de 5.705.890 infetados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan.

Pelo menos 2.280.300 casos foram considerados curados pelas autoridades de saúde.

Os Estados Unidos, que registaram a primeira morte ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de mortes e casos, com 100.442 e 1.699.933, respetivamente. Pelo menos 391.508 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Reino Unido com 37.460 mortes em 267.240 casos, Itália com 33.072 mortes (231.139 casos), França com 28.596 óbitos (182.913 casos) e Espanha com 27.118 mortes (236.769 casos).

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente do Líbano pede ajuda na ONU para a reconstrução pós-explosão

O Presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu na quarta-feira à comunidade internacional apoio para a reconstrução do principal porto do país e dos bairros de Beirute destruídos pela catastrófica explosão ocorrida em agosto. Na sua intervenção pré-gravada …

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …