/

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

1

PJ / Facebook

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro.

Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que foi instaurado em paralelo um processo disciplinar interno aos dois agentes de Faro que, “atendendo à gravidade da situação, pode originar suspensão e desarmamento”.

Em causa está a apreensão pela Polícia Judiciária de 375 quilogramas de cocaína dissimulados num contentor que transportava bananas, num centro logístico a norte de Lisboa. Ao todo, foram detidos quatro cidadãos entre os 33 e os 56 anos de idade.

Segundo o Correio da Manhã, que avança mais detalhes sobre a operação, a carga de estupefacientes, oriunda da América Latina, poderia valer até 18 milhões de euros, caso chegasse às ruas ou a outros países da Europa.

Ainda segundo o mesmo matutino, os dois agentes da PSP serviram de escolta ao carregamento e viriam a receber cinco mil euros pelo serviço, mas acabaram por ser apanhados em flagrante pelas autoridades num armazém na zona da Azambuja.

Os detidos foram presentes à autoridade judiciária competente no passado fim de semana, tendo-lhes sido aplicada prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa.

São suspeitos de integrarem uma organização criminosa transnacional dedicada à introdução na Europa de grandes quantidades de cocaína.

Além da carga de estupefacientes, a PJ apreendeu ainda três viaturas, documentos e objetos que comprovam o esquema e o envolvimento dos dois polícias, que agiram a soldo de uma rede com base na zona do Algarve, mas que tem ramificações internacionais.

  ZAP // Lusa

1 Comment

  1. Tolerância zero!!! Sem quaisquer complacências…
    É inadmissível que dois “agentes da autoridade” tenham pactuado com tal ilícito…
    É a própria Instituição que fica beliscada na sua imagem, por causa destes dois indivíduos que não são dignos da farda que envergam nem do crachá que ostentam…
    Por isso, os dois deveriam ser expulsos imediatamente da PSP, sem possibilidade de retorno…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.