Doentes “não-Covid” são empurrados para fora do SNS, denunciam associações

As atenções do Ministério da Saúde parecem estar todas voltadas para o combate à pandemia de covid-19. Várias associações afirmam que os outros doentes têm ficado para trás.

Alexandre Guedes da Silva, presidente da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), disse à Renascença que os doentes crónicos “foram empurrados para a periferia e com a covid-19, foram empurrados para fora do SNS – Serviço Nacional de Saúde”.

Esta é a realidade que se parece sentir no terreno, à medida que o adiamento de consultas, exames e tratamentos alteram rotinas e remetem o cuidado “às pessoas com doenças crónicas para telefonemas e e-mails”.

“Perderam-se milhares de atos médicos, milhares de exames, colocam-se em causa tratamentos porque exigem protocolos de segurança que implicam o acompanhamento do doente. Exames regulares, em muitos casos não foram feitos; há medicação que foi parada porque não havia condições de seguir os sintomas e os efeitos secundários. Sem fisioterapia, muita gente perdeu a capacidade de andar, de deglutir, de escrever”, indica.

Parece certo que, perante este cenário, o estado de saúde e milhares de doentes “não-Covid” se agravou e muitos doentes não resistiram. Aliás, entre as vítimas mortais “não-Covid”, a maioria eram doentes crónicos, “que não foram tratados”.

Tamara Milagre, presidente da EVITA – Associação de Apoio a Portadores de Alterações nos Genes relacionados com o Cancro Hereditário, apresentou recentemente outro dado relevante: os cancros hereditários representam cerca de 10% dos mais frequentes, letais e ainda 10% dos cancros pediátricos.

Acontece que, segundo os cálculos da associação, mais de 2700 diagnósticos de doença oncológica foram cancelados.

Por falta de respostas da ministra da Saúde Marta Temido,as associações de doentes da Convenção Nacional da Saúde voltam-se agora para o Presidente da República, a quem apelam a que exerça o seu poder de influência junto do Governo para que todas as doenças sejam consideradas uma prioridade a combater.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …

Marta Temido antevê dias complicados e alta pressão sobre o SNS (e admite novas medidas)

A ministra da Saúde disse que se vive "um momento muito difícil da evolução da pandemia em Portugal e na Europa" e que "os próximos dias se anteveem complicados e com elevada pressão sobre o …

O maior navio de guerra americano disparou o seu primeiro míssil

O maior navio de guerra norte-americano, o USS Zumwalt, disparou pela primeira vez um míssil. O projétil disparado intercetou com sucesso o alvo de teste. Em 2015, o maior e mais futurista contratorpedeiro da Marinha norte-americana …

Republicanos no Senado preparam-se para um possível "mundo pós-Trump"

Enquanto os republicanos enfrentam um eleição que pode trazer más notícias para o Presidente e o seu partido, alguns começam a se distanciar de Donald Trump, ao mesmo tempo que tentam não atrair a sua …

Dez curiosidades sobre o asteróide Bennu

A primeira missão da NASA a enviar uma amostra de um asteroide antigo chegou ao seu alvo, o asteroide Bennu, no dia 3 de dezembro de 2018. Esta missão, OSIRIS-REX (Origins, Spectral Interpretation, Resource Identification, Security-Regolith …