Caos nas Urgências deixou doente 6 dias à espera de cama

-

O caos impera nas Urgências dos hospitais públicos, devido ao surto de gripe, e há casos em que doentes urgentes têm uma espera média de 13 horas antes do atendimento. Em Famalicão, uma mulher esteve seis dias à espera de uma cama.

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, já reagiu à situação, considerando “absolutamente inaceitável” que uma mulher tenha estado seis dias à espera de uma cama nas urgências do Hospital de Famalicão, tendo ordenado a abertura de um inquérito.

“Determinei de imediato a abertura de um inquérito pela Inspecção-Geral das Actividades em Saúde e pedi à Administração Regional de Saúde do Norte que também fizesse o mesmo”, afirma o ministro à margem da tomada de posse dos Corpos Gerentes da Misericórdia do Porto.

O governante salienta ainda ter a certeza de que o “hospital irá retirar consequências dessa situação”.

Esta terça-feira, o Correio da Manhã noticiou que uma mulher esteve seis dias à espera de uma cama, no Hospital de Famalicão, integrado no Centro Hospitalar do Médio Ave.

A doente recebeu alta hospitalar na segunda-feira.

“Há outros doentes que estão há mais de 48 horas em macas nos corredores e numa sala sobrelotada à espera de passar para o internamento”, refere o CM na mesma notícia.

Doentes urgentes esperam 13 horas no Amadora-Sintra

A situação caótica é um pouco generalizada, por todo o país, fruto da afluência de pacientes devido ao aumento dos casos de gripe.

O Diário de Notícias reporta que “os casos mais complicados são os hospitais de São João, no Porto, Vila Franca de Xira, Portimão e Amadora-Sintra”.

O Amadora-Sintra será de todos o caso mais complicado e, de acordo com este diário, que cita os dados do portal do Serviço Nacional de Saúde relativos às 9 da manhã desta quarta-feira, os doentes urgentes, que recebem a pulseira amarela na triagem, “têm um período de espera de cerca de 13 horas na urgência geral“.

No São João, no Porto, e em Vila Franca de Xira, os tempos médios de espera para os casos urgentes são de cerca de sete horas e em Portimão, a espera é “superior a 11 horas”, conforme salienta o DN.

Perante o aumento dos casos de gripe, vários centros de saúde alargaram o horário dos Serviços de Atendimento de Situações Agudas (SASU) para responder à elevada procura.

Ministro diz que “as coisas estão a correr muito bem”

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, admite que há uma “grande” afluência de pessoas às urgências, mas diz que “as coisas estão a correr muito bem”.

“Temos dezenas de unidades hospitalares e centenas de centros de saúde e o que verificamos é que este ano as coisas estão a correr muito bem, com o esforço enorme dos profissionais de saúde”, nota ainda.

O governante frisa que, sempre que alguma coisa corre menos bem, há a intervenção imediata das direcções dos hospitais e das administrações regionais de saúde para corrigir o que há para corrigir.

“Temos hoje o maior número de médicos no SNS de que há memória, temos mais enfermeiros, estamos a investir nos equipamentos e estamos a criar condições para que o Inverno passe e as pessoas sejam bem acolhidas“, salienta.

O objectivo do Ministério da Saúde é que a população tenha, ano após ano, mais condições, sustenta ainda Adalberto Campos Fernandes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há que tirar conclusões que podem ser graves. Os doentes não podem ser usados como pedras politicas, à que investigar e tirar ilações criminais, pois está em jogo e em perigo a vida de pessoas. Se for assim e se tiver a coragem de mudar muito lixo que está a mais nesta sociedade de jogadas porcas, tudo bem, caso contrário, começamos 2017 como outros anos do 25 de Abril de 1974 em que não há responsabilidades criminais, mas sim responsabilidades politicas, estas, devido à imunidade que criaram para safar as irresponsabilidades dos políticos. Pobre País, pobre Povo nas mãos desta corja de gente. O País não tem culpa dos políticos que tem e das máfias que criaram.

  2. Politicamente é o mais que se ouve nestes casos “INQUÉRITO”!!! Resultados nunca ninguém os vê…. ou será que inquérito quer dizer… portugueses, vão à bordamerd@merd@?!!!!! Triste POVO, pobre NAÇÃO….

RESPONDER

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …

Termina esta terça-feira o prazo para reclamar das despesas para IRS

O prazo para consultar e reclamar das despesas gerais e familiares apuradas pelo fisco para efeitos de deduções à coleta termina esta terça-feira. Os contribuintes têm até esta terça-feira, 31 de março, para consultar e reclamar …

Ryanair avança com lay-off em Portugal a partir de 1 de abril

A Ryanair vai avançar com o lay-off simplificado, considerando o recurso à medida "indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho". Segundo a comunicação da sucursal em Portugal aos sindicatos relativamente à …

Recibos verdes arriscam ficar sem apoio em abril

A Segurança Social só vai disponibilizar o formulário para requerer apoio por paragem total de atividade a partir de 1 de abril. O apoio para minimizar os danos económicos dos trabalhadores independentes que enfrentem paragem …

Ex-benfiquista Jiménez só sai do Wolves por 90 milhões

O Wolverhampton só está disposto a negociar Raul Jiménez por uma verba a rondar os 90 milhões de euros. O antigo jogador do Benfica é perseguido por Arsenal e Manchester United. Raul Jiménez tem dado que …

Mais 1.035 casos de covid-19 em Portugal. Cerco sanitário no Porto rejeitado

A Direção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de 7.443 pessoas infetadas com covid-19 até às 11h desta terça-feira, um aumento de 1.035. O número de vítimas mortais subiu para 160. De acordo com o novo boletim …

Reclusos podem ser libertados para evitar "catástrofe" nas prisões

O contágio de covid-19 entre guardas e reclusos nas prisões portuguesas será tão ou mais “catastrófico” do que nos lares de terceira idade. A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, prometeu que vai decidir o …

FNE defende exames em setembro e cancelamento das provas de aferição

A Federação Nacional de Educação (FNE) defende que as provas de aferição e os exames de 9.º ano devem ser cancelados "e que os exames de 11.º e 12.º anos devem ser adiados para setembro". Esta …