Divórcios pela Internet? Governo avança com projeto-piloto

O Governo vai avançar com um projeto-piloto para a realiação de atos contratuais à distância através uma plataforma digital para notários, advogados e conservatórias.

Em causa estão, de acordo com o Jornal de Negócios, atos como divórcios por mútuo consentimento, escrituras públicas de imóveis, testamentos, autenticação de documentos ou de assinaturas.

O sistema vai ser implementado através da Internet e de uma plataforma de videoconferência do Ministério da Justiça, no âmbito de um regime experimental que vem “testar uma nova abordagem de prestação de serviço público”.

Para garantir que as pessoas envolvidas são quem dizem ser e não estão a ser coagidas a fazer algo que não querem, haverá um conjunto de procedimentos de segurança: autenticação através de cartão de cidadão ou chave móvel digital, a colocação de perguntas às quais só o próprio estará em condições de responder ou formas de assegurar que não há na sala quem não deva lá estar.

O diploma que cria o regime deverá ser aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros. O projeto piloto deverá ficar pronto até dezembro. Se correr bem, pretende-se que perdure no tempo e fique para o futuro

Ordens têm dúvidas

Jorge Batista da Silva, bastonário da Ordem dos Notários, aplaudiu a iniciativa. Porém, em declarações ao Jornal de Negócios, levanta algumas dúvidas, como o facto de a medida vir abranger um número muito elevado de profissionais, “cerca de 36 mil pessoas”.

Já Luís Meneses Leitão, bastonário dos Advogados, disse que a Ordem defendeu que deveria ser sempre obrigatória a presença de um mandatário, sugestão que o Governo não seguiu.

José Carlos Resende, bastonário dos Solicitadores e Agentes de Execução, também se preocupa com a segurança. “Mesmo havendo prova de vídeo, é importante que estejam presentes dois tituladores para que no limite não se diga amanhã que as partes não entenderam ou que foram coagidas de alguma forma”, disse. Por outro lado, considera a medida “muito interessante e muito necessária nesta altura”.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …

Reino Unido quer reconhecer animais como seres com sentimentos

O Governo britânico anunciou um amplo plano de defesa dos animais que inclui medidas como o reconhecimento dos animais como seres com sentimentos, a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus …

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …